Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
BENEFICIO CANCELADO

Auxílio Brasil: com revisões, famílias podem ter benefício cancelado

Beneficiários passarão por verificação periódica das informações registradas no Cadastro Único

6 Dez 2021 - 16h17Por JD1

De acordo com as regras do programa, os beneficiários passarão por constantes revisões, sendo elas:

Averiguação cadastral periódica da consistência das informações registradas no Cadastro Único (CadÚnico), com o objetivo avaliar se o beneficiário atende às condições de elegibilidade para recebimento dos benefícios;

Revisão cadastral periódica das informações socioeconômicas das famílias beneficiárias com os dados constantes no CadÚnico, avaliando se os beneficiários devem receber os benefícios;

Revisão de elegibilidade com o objetivo de verificar as informações utilizadas para manutenção do pagamento do benefício.

Serão convocadas para a averiguação cadastral as famílias que estejam com o CadÚnico com mais de dois anos sem atualização.

Não será incluída na lista da revisão cadastral a família beneficiária que tenha sido convocada para averiguação cadastral de suas informações.

As famílias poderão saber se estão na lista de revisão cadastral por meio de mensagens nos comprovantes de pagamento dos benefícios ou nos postos da prefeitura que cuidam do Cadastro Único.

Caso o beneficiário não fizer a revisão cadastral no prazo estipulado, poderá ter o benefício bloqueado e, posteriormente, cancelado.

Será realizada ainda a qualificação cadastral de famílias beneficiárias. Nesse caso, a convocação das famílias será feita a partir das informações da averiguação cadastral que mostrem inconsistências em relação ao que consta no CadÚnico.

Novamente, as famílias poderão saber se estão na lista de qualificação cadastral por meio de mensagens nos comprovantes de pagamento ou nos postos da prefeitura que cuidam do Cadastro Único.

Caso a família beneficiária falhe em se apresentar no prazo estipulado, poderá ter o benefício bloqueado ou cancelado de imediato.

Também será feita a revisão de elegibilidade de famílias beneficiárias, que é a verificação das informações utilizadas para manutenção do pagamento do benefício.

Neste caso, o procedimento será realizado a partir da verificação mensal das informações do Cadastro Único, como composição familiar e renda, ou se forem encontradas inconsistências nos dados, como consequência da averiguação cadastral.

Caso alguma irregularidade seja encontrada, a família beneficiária poderá ser suspensa ou até mesmo excluída do programa.

Caso haja suspensão ou cancelamento, o responsável familiar poderá apresentar recurso ao coordenador municipal do Auxílio Brasil.

O prazo para entrada de recursos é de 30 dias, contados a partir da primeira tentativa de saque do benefício pelo responsável familiar, ocorrida depois do bloqueio, suspensão ou cancelamento.

O coordenador municipal deve ter uma decisão sobre o recurso em um prazo de 30 dias, contados da data do registro de entrada no protocolo municipal.

Quem pode e vai receber?

Nos meses de novembro e dezembro, o Auxílio Brasil será pago a quem já era beneficiário do Bolsa Família, exceto aqueles que, ao longo do mês de outubro, tenham deixado de atender as regras do próprio bolsa. Serão cerca de 14,5 milhões de beneficiários, com o valor médio neste mês sendo de R$ 224,41 por família.

Quem recebeu o Auxílio Emergencial, mas não recebia Bolsa Família, não está automaticamente incluído no Auxílio Brasil, precisando se inscrever para receber pelo programa.

Quem ainda não recebia Bolsa Família, mas está inscrito no Cadastro Único e atende os requisitos do programa, poderá ser incluído nos próximos meses, mas não há garantias nem prazos. O Ministério da Cidadania promete adicionar mais 2,4 milhões de beneficiários em dezembro.

Quem ainda não está no CadÚnico precisa se inscrever para poder ter analise feita para o programa.

Leia Também

MS FORTE
Tesouro Nacional classifica MS entre as melhores gestões do País
(Foto: Agência Brasil) SORTUDOS DO MS
Ganhadores de MS acertam a quina e levam prêmio de R$ 38 mil
Raquel dos Passos - SAD PROCESSO SELETIVO SES/AGEPEN
SAD divulga inscrições deferidas e indeferidas em processo seletivo da SES/Agepen
AÇÕES DO GOVERNO MS
MS-352: asfalto é alívio no acesso à Ponte do Grego, palco de tragédias e manifestações
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab ainda tem 916 vagas para indígenas trabalharem nas lavouras de maçãs em SC e RS
FERROESTE
De grãos a celulose, retorno da malha ferroviária vai movimentar cadeias produtivas de MS
Estimativas da safra de café de 2022 são abaixo dos resultados de 2020. Conab afirma que é reflexo das condições climáticas AGRONEGÓCIO
Conab prevê safra de café de 55,7 milhões de sacas em 2022
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
Confira as OFERTAS DA SEMANA do Mercado Julifran em Fátima do Sul
 REUTERS/Paulo Whitaker Colheita de cana-de-açúcar não deve sofrer alterações da previsão publicada em novembro de 2021 ECONOMIA
Moagem de cana no centro-sul deve atingir 565,3 milhões de toneladas em 2022/23
BAIXA RENDA
Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52