Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
domingo, 29 de maio de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
OLIMPÍADA 2024

Atletas de MS terão bolsas de até R$ 7 mil para competir nos jogos olímpicos

A novidade foi anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja nesta semana, durante o lançamento do pacote de investimentos "MS+Esporte", que vai injetar R$ 120 milhões no setor.

22 Out 2021 - 07h34Por Portal do MS

Atletas e paratletas de Mato Grosso do Sul que representaram o Brasil nas Olimpíadas de Tóquio 2020, disputadas neste ano por causa da pandemia de covid-19, receberão do Governo do Estado bolsas de até R$ 7 mil por mês até os próximos jogos olímpicos, que serão realizados em Paris, em 2024. 

A novidade foi anunciada pelo governador Reinaldo Azambuja nesta semana, durante o lançamento do pacote de investimentos "MS+Esporte", que vai injetar R$ 120 milhões no setor.

"Além de praticamente dobrar a Bolsa Atleta e a Bolsa Técnico existente hoje para formação de base em todas as modalidades, criamos uma bolsa específica para atletas de alto rendimento: o 'MS Olímpico'. Até Paris 2024, teremos essa bolsa permanente ajudando e apoiando nossos atletas de alto rendimento", explicou o governador no lançamento do programa.

O Governo do Estado planeja investir cerca de R$ 720 mil no pagamento dos benefícios. Segundo a Fundesporte (Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul), as bolsas serão de R$ 5 mil para atletas e paratletas participantes dos jogos; de R$ 7 mil para medalhistas e de R$ 3 mil para os técnicos.

"Esse valor nos dá total segurança, estabilidade e tranquilidade para continuar e melhorar o trabalho", disse o paratleta Yeltsin Jacques, de 22 anos, dono de duas medalhas de ouro no Atletismo dos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020, conquistadas nas provas de corrida de 1.500 e 5.000 metros na classe T11, para deficientes visuais.

Segundo ele, o valor é suficiente para investir nos treinos, na alimentação adequada e também na compra de materiais esportivos necessários para a excelência nas atividades. "Com essa bolsa a gente mostra que chegou no padrão europeu. O governo está olhando por nós, pela juventude e esses resultados certamente chegarão até os jogos de Los Angeles 2028", afirmou.

Outro beneficiário do novo programa de incentivo é o paratleta Fernando Rufino, de 36 anos, conhecido como Cowboy do Aço. Nas Olimpíadas de Tóquio 2020, ele venceu a prova de 200 metros de paracanoagem, classe VL2, de canoa havaiana para atletas com deficiência física, e garantiu uma medalha de ouro para o Brasil.

"Ser atleta de alto rendimento não é só ter músculo, mas sim ter a tranquilidade de uma vida pessoal e financeira tranquila. Então, esse apoio representa foco total. Com ele, vamos mantar a busca pela alta performance. Esse é nosso objetivo a partir de agora", defendeu o paracanoísta.

Bruno Chaves, Subcom
Legenda foto: Reinaldo Azambuja e Cowboy do Aço celebram medalha conquistada nas Paralimpíadas de Tóquio 2020 (Foto: Chico Ribeiro)

Leia Também

JOGOS ONLINE
Jogos de azar em ascensão no Brasil: regularização segue em debate
JOGOS DE TABULEIRO
Mesas com jogos de tabuleiro confeccionadas em presídio reforçam ensino na rede pública de Paranaíba
BOLSA ATLETA
Beneficiadas pelo Bolsa Atleta,judocas de Mato Grosso do Sul conquistam medalhas nos Jogos Escolares
FESTIVAL DE PESCA EM CORUMBÁ
Com recorde de equipes, Festival de Pesca movimentou economia dos pequenos em Corumbá
Fotos: Sílvio de Andrade FESTIVAL DA PESCA
Festival de Pesca de Corumbá tem 121 peixes capturados e dourado é o destaque
FESTIVAL DE PESCA EM CORUMBÁ
Festival de Pesca de Corumbá será aberto hoje com a participação de 256 equipes
LAÇO COMPRIDO EM JAPORÃ
Com apoio da Fundesporte, Japorã recebe 8° Encontro Estadual do Laço Comprido
FOTO: UNIGRAN DOURADOS UNIGRAN - ABERTURA OLIGRAN
Abertura da 26ª Oligran supera as expectativas e lota ginásio da UNIGRAN
CORRIDA RUSTICA
Atleta de Fátima do Sul conquista medalha de bronze em Corrida Rústica de Ivinhema
COPA DO MUNDO 2022
Brasil é selecionado para o grupo G na Copa 2022; veja as seleções que disputam no grupo