Menu
SADER_FULL
quinta, 18 de agosto de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ENERGIA MAIS BARATA

Aneel vai rever reajuste da Energisa e conta de luz pode ficar mais barata em MS

29 Jun 2022 - 10h13Por Midiamax

A conta de energia elétrica pode ficar mais barata em Mato Grosso do Sul. Isso porque a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) abriu processo nesta terça-feira (28) para rever o reajuste tarifário de 18,16% aplicado pela Energisa em abril deste ano.

O processo considera aprovação da Lei n° 14.385/2022, que prevê devolução de tributos pagos a mais pelos consumidores de energia no ano passado. A tendência é que o reajuste seja reduzido.

O projeto foi sancionado sem vetos pelo presidente Jair Bolsonaro na segunda-feira (27). A publicação consta no "Diário Oficial da União" desta terça-feira (28).

A lei estabelece que a Aneel deve rever o reajuste de distribuidoras que já passaram pelo reajuste tarifário anual, que é o caso da Energisa Mato Grosso do Sul - que atende 74 municípios do Estado -.

No total, há saldo de R$ 48 bilhões em créditos tributários para serem usados, frutos de impostos pagos a mais pelos consumidores na tarifa.

Devolução de tributos
O presidente Jair Bolsonaro sancionou na segunda-feira (28) a lei que pode reduzir as contas de luz em 5,2%, a partir da devolução de tributos recolhidos a mais pelas distribuidoras de energia. 

o STF decidiu que o ICMS cobrado das distribuidoras não deve compor a base de cálculo do PIS/Cofins incidente sobre as tarifas, o que habilitou essas empresas a receberem uma restituição bilionária da União. Mas os valores não pertencem às empresas, e sim aos consumidores, pois os tributos, incorporados às tarifas, são repassados aos usuários.

Reajuste da Energisa em MS
O reajuste de 18,16% na tarifa das contas da Energisa começou a ser aplicado a partir do dia 16 de abril em MS. Segundo a presidente do Concen-MS (Conselho de Consumidores das Áreas de Concessão da Energisa em Mato Grosso do Sul), Rosimeire Costa, a base da tarifa até agora custa R$ 69,00 a cada 100 kWh consumido de baixa tensão. Agora, com reajuste, será de R$ 81,20 a cada 100 kWh.

Assim, a Energisa tem a 3ª energia mais cara do país.

Leia Também

CONCURSO OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso com salário de até R$ 3,8 mil está com inscrições abertas em prefeitura de MS, FAÇA AQUI
PISO SALARIAL
Novo piso salarial para a enfermagem estrangula hospitais
INVESTIMENTO DO GOVERNO MS
Obra na MS-010 avança e anima produtores rurais da comunidade de Furnas do Dionísio
FISCALIZAÇÃO NO ESTADO
AGEMS e ANTT discutem modelos de cooperação para ampliar fiscalização no Estado
100 ENERGIA
Sete bairros da Capital continuam com problemas de energia após tempestade
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
Confira as OFERTAS DA SEMANA do Mercado Julifran em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - JORGE MERCADO
Confira as OFERTAS TOP 10 desta quarta e quinta e concorra à prêmios no Jorge Mercado Atacarejo
TEMPORAL
Vendaval arranca árvores, danifica comércio e derruba portão de quartel em MS
INVESTIMENTO DO GOVERNO MS
Acesso ao isolado Porto Esperança avança: em implantação o trevo com a rodovia BR-262
FEIRA DO ARTESANATO
Divulgada a lista provisória dos selecionados para participação na Feira do Artesanato em Fortaleza