Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CORONAVÍRUS EM MS

ALERTA: Mapeamento Genômico revela 26 linhagens de coronavírus e prevalência da P1 em MS

26 Nov 2021 - 08h07Por Rodson Lima, SES

Com a aproximação das comemorações de final de ano, a Secretaria de Estado de Saúde (SES) faz um alerta para a população e lembra que a pandemia do coronovírus ainda não passou e que há a presença de variantes da Covid-19 em todas as regiões de Mato Grosso do Sul.

O Mapeamento Genômico realizado pela SES identificou 26 linhagens do SARS-CoV-2, sendo que a P1 e suas variantes são as mais prevalentes, correspondendo a 58,1% das amostras sequenciadas por laboratórios de referência nacional.

Segundo o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, apesar de Mato Grosso do Sul apresentar um cenário mais estável da Covid-19, a população precisa estar atenta quanto a eventuais contaminações pelo coronavírus. “Sabemos que estamos próximos das comemorações de final de ano. Então, vale lembrar que mesmo quem tomou a vacina pode ser contaminado pelo vírus. Então, é importante que as pessoas não esqueçam das medidas de biossegurança e faça o uso de máscaras, higienização das mãos e evite aglomerações. Caso, ainda não tomou vacina, que se vacine! Não podemos baixar a aguarda quanto a este virus”

Para o mapeamento genômico, o Laboratório Central de Saúde Pública de Mato Grosso do Sul (Lacen) enviou 963 amostras para sequenciamento nos laboratórios de referência da Fiocruz/RJ, Fiocruz/ AM e Instituto Adolfo Lutz/SP, sendo que 533 foram sequenciadas e mais 119 amostras foram sequenciadas pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, totalizando 652 amostras.

Além da P1, o levantamento também identificou a presença de outra variante, a Delta, conforme explica o diretor do Lacen/MS, Luiz Henrique Ferraz Demarchi. “Das amostras sequenciadas, a variante Delta corresponde a 14,7% dos casos. Ressaltamos todos os cuidados de prevenção, principalmente a vacinação, cuidados de higiene e distanciamento social são essenciais para a redução da transmissibilidade e controle da doença em nosso Estado”.

Variantes

O trabalho, denominado “mapeamento genômico de Mato Grosso do Sul” teve como objetivo conhecer as variantes que mais circulam no Estado e, com isso, subsidiar as autoridades sanitárias na adoção de práticas e ações de combate à Covid-19.

A predominância da variante P.1 tem as seguintes características: maior transmissibilidade, atinge a população mais jovem, apresenta uma evolução mais rápida da doença e maior gravidade da doença, além de diminuir a efetividade das vacinas.

Por isso, a importância nos cuidados de biossegurança e de tomar a vacina contra a Covid-19.

Leia Também

PANDEMIA NO MS
MS tem 8 mortes por covid e influenza nas últimas 24h; 3 das vítimas são de Campo Grande
ALARMANTE
Brasil bate recorde de casos diários de covid-19 com 204,8 mil
COVID-19 NO MS
Com aumento de casos, Fatima do Sul e 55 das 79 cidades do MS tiveram novos registros de covid-19
DEODÁPOLIS - AVANÇO DA COVID-19
Em novo boletim, casos positivos de Covid passam de 180 em Deodápolis
VACINAÇÃO INFANTIL
"Uma cortina de fumaça", diz Geraldo sobre vacina errada da Covid em crianças no MS
FÁTIMA DO SUL - BOLETIM COVID-19
BOLETIM: Fátima do Sul se aproxima de 200 casos, Culturama também registra novos positivos Covid
Alexsandro Nogueira, Comitê Prosseguir VACINA NO MS - CORONAVÍRUS
MS atinge 91% de vacinados acima de 18 anos e Riedel garante testes à população
FOTO: FIOCRUZ VIVA O SUS - VIVA A CIÊNCIA
Fiocruz finaliza o desenvolvimento de 02 novos testes moleculares para o diagnóstico da Covid, veja
IVINHEMA - CASOS DE COVID
Com quase 100 casos em 24h, Covid-19 continuam crescendo drasticamente, veja o boletim em Ivinhema
COVID BOLETIM CORONAVÍRUS
Saúde registra mais de 1.700 casos em 24h e alerta para taxa de positividade e internações