Menu
SADER_FULL
quarta, 26 de janeiro de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ELA JÁ TRABALHOU EM FÁTIMA DO SUL

Abandonada em hospital com tiro nas costas, professora de Dourados morre na Capital

Suspeito do crime levou a vítima até o hospital em uma caminhonete prata e fugiu; caso está sob sigilo

22 Mar 2021 - 07h42Por Campo Grande News

A professora e ex-candidata a vereadora de Dourados, Anderci da Silva, de 44 anos, morreu na noite deste domingo (21) no Hospital Cassems, em Campo Grande. Anderci estava internada no local desde o dia 23 de fevereiro, quando foi deixada na frente do hospital com um tiro na região lombar.

O suspeito do disparo levou a vítima até o local em uma caminhonete prata e fugiu logo em seguida. Anderci deu entrada no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) do hospital e seu quadro clínico gravíssimo,

Neste domingo (21), a professora teve uma piora infecciosa, febre persistente e baixa pressão arterial, conforme apurado pela reportagem. O óbito foi atestado por volta das 19h30.

Sigilo - A investigação sobre o caso está sob sigilo da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) e ainda não há confirmação de prisões. Quatro dias após o crime, a filha de Anderci procurou à Polícia Civil e informou que a mãe era concursada em Dourados, mas passou a morar na Capital com um namorado, em agosto do ano passado.

Desde a mudança, a filha tinha dificuldades de manter contato a mãe e a última vez que as duas teriam se falado foi em dezembro. Segundo ela, o namorado da professora era usuário de drogas. Anderci possuía um veículo Voyage, prata, que não havia sido localizado até o dia 27 de fevereiro, data em que a família foi até à delegacia.

Eleições - A professora concorreu ao cargo de vereadora em Dourados, pelo Partido dos Trabalhadores, mas teve apenas 28 votos. Ainda conforme o portal MS em Foco, a prestação de contas da professora também foi rejeitada pela Justiça Eleitoral e ela teria de devolver R$ 1,3 mil ao partido, por omissão e falhas nos gastos durante a campanha. No entanto, a condenação saiu quando Anderci já estava hospitalizada.

Leia Também

Ana Carolina estava de plantão quando foi encontrada morta em pronto socorro ENCONTRADA MORTA
Médica é encontrada morta dentro de banheiro de pronto-socorro em SP
POLÍCIA CIVIL CONFIRA O EDITAL DE CONVOCAÇÃO
Publicado edital de convocação dos candidatos classificados para a prova de títulos da PCMS
TRAGÉDIA NA IGREJA
Confusão em culto termina com pastor e jovem mortos, 4 baleados e casa incendiada
SOB INVESTIGAÇÃO
Lutador é executado com 12 tiros, sua esposa esta grávida
PLANTÃO POLICIAL CASO DE POLÍCIA
Mulher tenta matar marido com facadas no peito após sofrer humilhações por anos
Rua Vaz de Caminha, no Noroeste, onde fica casa onde crime ocorreu. (Foto: Google Maps)  CRIME NA CAPITAL
Mulher alega ser humilhada há dez anos e esfaqueia o marido em MS
Família abre caixão e encontra corpo de outra pessoa com roupas e peruca da vítima
ESTUPRO DE VUNERALVEL
Mãe vê partes íntimas vermelha, pergunta e filha de 2 anos aponta paro o tio
ASSASSINATO
Assassino diz que matou mulher após sexo em Bandeirantes
Cb image default Imagens: Márcio Rogério / Nova News - Redes Sociais NOVA ANDRADINA - MORTE A ESCLARECER
Corpo de ciclista tinha sinais de violência, ela saiu de casa para pedalar e foi encontrada morta