Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 30 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
TEMPORAL

Semana segue com risco de chuva forte no Centro-Oeste

Depois do calor de 40°C, Mato Grosso do Sul terá muita instabilidade nos próximos dias

4 Nov 2019 - 16h21Por Terra

A semana começou com muito calor  e fortes pancadas de chuva no Centro-Oeste do Brasil. Em Mato Grosso do Sul o que chamou a atenção foi o calor. Na região de Porto Murtinho a temperatura chegou a 40° e foi a mais alta no Brasil durante o domingo, 3 de novembro.  Mas em São Gabriel, o destaque foi para a rajada de vento de 84 km/h que ocorreu na tarde do domingo durante uma forte pancada de chuva.

Grandes volumes de chuva foram acumulados em áreas de Mato Grosso, de Goiás e do Distrito Federal.

No período de 24 horas, entre 23 horas do sábado, 2, e 23 horas do domingo, 3 de novembro, o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) registrou 62 mm em Campo Verde, em Mato Grosso. Na região de Monte Alegre de Goiás choveu 74,6 mm e Gama, no Distrito Federal Foram acumulados 39mm neste período. A região de Goianésia, em Goiás, registrou 56,2 mm.

Durante esta segunda-feira, 4 de novembro, as pancadas de chuva voltam a ocorrer principalmente à tarde e à noite no Distrito Federal e nos outros estados do Centro-Oeste. Porém, a chuva deve cair em pequenas áreas, mas algumas pancadas podem ser moderadas a fortes. Há risco de raios e de rajadas de vento com até 80 km/h.

O sol aparece por várias horas e o dia segue quente e abafado.

Muita chuva a partir de quarta-feira,

partir da quarta-feira, 6 de novembro, áreas de instabilidade crescem sobre o Centro-Oeste. Na quarta, pode chover forte em todos os estados e no Distrito Federal. Há risco de chuva forte também nas capitais.

Na quinta, 7, e na sexta, 8, as áreas de instabilidade devem se concentrar em Mato Grosso do Sul e em Mato Grosso. A chuva deve ser mais volumosa em Mato Grosso do Sul.

A semana é de atenção para temporais e chuva volumosa no Centro-Oeste do país.  As fortes pancadas de chuva devem acontecer principalmente de terça-feira, 5, em diante e especialmente sobre o Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - COVID-19
Vicentina tem mais 05 casos confirmados de Covid-19 e sobe para 27 e tem 68 casos suspeitos
FRIO, AR SECO E COVID-19
Frio, ar seco e covid-19, 'vassourinhas' do sistema respiratório ficam preguiçosas com o frio
Dourados
Estado repassa R$ 6 milhões para auxiliar ações na saúde de Dourados
DOURADOS - TRISTE
Protocolo é seguido e mulher vítima de Covid-19 é enterrada sem despedida de familiares em Dourados
CORONAVIRUS EM RIO BRILHANTE
A situação desandou em Rio Brilhante já são 38 casos da Covid-19 confirmados
SALARIO EM DIA
Governo deposita salários na próxima quinta-feira
EPICENTRO DA COVID-19
Saúde amplia testagem em Fátima do Sul e região de Dourados, novo epicentro da covid-19
MS 1.356 INFECTADOS
MS teve um caso novo a cada 15 min. nas últimas 24 horas e já tem 1.356 infectados por coronavírus
ACIDENTE DE TRABALHO
Funcionário se joga de caminhão sem freio, mas morre atropelado
ASSASSINATO A ESCLARECER
Homem é executado com 6 tiros a 'queima-ropa' durante partida de futebol em MS