Menu
SADER_FULL
sexta, 14 de agosto de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
PANTANAL EM CHAMAS

Reinaldo Azambuja decreta estado de emergência no Pantanal devido incêndios

Reinaldo Azambuja decreta estado de emergência no Pantanal devido incêndios

24 Jul 2020 - 20h49Por Sílvio de Andrade, SUBCOM

Está em vigor deste esta sexta-feira o decreto nº 080 que declara situação de emergência ambiental na área do Pantanal de Mato Grosso do Sul, por 180 dias, assinado pelo governador Reinaldo Azambuja. A medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial, juntamente com a portaria nº 797 do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de MS) que suspende os efeitos das autorizações ambientais de queima controlada pelo mesmo período.

O decreto e a portaria integram um conjunto de ações que o Governo do Estado está tomando para intensificar o combate aos focos de calor na região do Pantanal, com ênfase aos incêndios que ocorrem na borda do Rio Pantanal, em frente a cidade de Corumbá e Ladário. Atendendo a pedidos do governador Reinaldo Azambuja, o governo federal garantiu, na noite desta sexta-feira, todo apoio operacional a nova força-tarefa que entra em operação já neste fim de semana.

O secretário Jaime Verruck, da Semagro (secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), anunciou que os ministros do Meio Ambiente da Defesa, Ricardo Salles e general Fernando Azevedo, atenderam ao governador e solicitaram o planejamento da ação integrada no Pantanal que terá aeronaves e brigadistas. O Estado pediu a disponibilidade de um helicóptero do Ibama e um avião Hércules e um helicóptero Pantera do Exército para transporte dos brigadistas às áreas de difícil acesso.

Helicóptero da Polícia Militar também integrará a força-tarefa, já neste fim de semana, transportando bombeiros. Foto: Chico Ribeiro

“O decreto de emergência e a portaria suspendendo a queima controlada foram necessários diante da situação que estamos passando, onde os índices pluviométricos indicam uma estiagem mais crítica e prolongada dos últimos 30 anos, com efeitos não somente ambientais, mas às exportações de grãos e minérios pelo Rio Paraguai”, afirmou o secretário. Ele citou os focos de calor próximos à Corumbá, que estão causando transtornos à população.

Semagro coordena ações

Verruck adiantou que a frente de combate aos incêndios está em campo, com a coordenação do Corpo de Bombeiros e a participação de brigadistas do Ibama, além da Polícia Militar Ambienta (PMA), que investiga a origem dos focos, sabendo-se que não ocorrem por ações deliberadas dos proprietários rurais. O secretário informou, ainda, que a Semagro alinhou com as prefeituras de Corumbá e Ladário a decretação municipal da situação de emergência.

Bombeiro combate foco de calor em frente ao porto de Corumbá

O decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja se sustenta “no conjunto de fatores ambientais negativos que resultam na propagação de incêndios florestais, no prejuízo à navegabilidade dos rios, culminando na emissão de altíssimos índices de fumaça que prejudicam ainda mais a saúde da população de toda a região, já em emergência de saúde em função da doença Covid-19”.

O ato estabelece que a Semagro coordenará a articulação interinstitucional com os demais órgãos públicos para a definição e a execução das estratégias de combate aos incêndios, os quais já teriam destruídos 300 mil hectares em Corumbá, conforme o PrevFogo/Ibama. “Estamos vivenciando um período atípico com a grande incidência de focos de calor, prevista para o segundo semestre do ano, comprometendo a navegação”, disse Verruck.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADOS - UNIGRAN
Acadêmico de Fisioterapia da UNIGRAN tem trabalho publicado em revista de âmbito internacional
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Homem procura a mulher e filhos que desapareceram na última semana em cidade do MS
HB20 SEDAN
Conheça mais o HB20 Sedan
RINHA DE GALOS
RINHA DE GALOS: local é fechado e proprietário autuado em R$ 7 mil
BORA PRA BONITO - MS
Alguns passeios fantásticos para você fazer em Bonito (MS)! E dicas legais
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Governo do Estado distribui cobertores e máscaras para famílias carentes
100 ALVARÁ
A partir de setembro, microempreendedores individuais não precisarão de alvarás e licenças para func
COVID-19
Prefeito de Ponta Porã testa positivo para o novo coronavírus
VOLTA AS AULAS
Nas redes, pais criam grupo e reclamam de retorno das aulas nas particulares de Campo Grande
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Vamos achar? Seo João Nicolau tem 94 anos e quer rever os três filhos que 'teve por aí'