Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 29 de maio de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
AÇÕES DO GOVERNO DO MS

Obras em saneamento vão passar de R$ 400 milhões, diz governo de MS

Obras em saneamento vão passar de R$ 400 milhões, diz governo de MS

21 Set 2019 - 14h38Por Campo Grande News

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assinou hoje (21), junto com prefeitos e a direção da Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul), um contrato no valor de R$ 119 milhões para obras de saneamento, em 16 cidades do Estado. O tucano revelou que ao todo serão mais de R$ 400 milhões, em três etapas.

Estes investimentos fazem parte de uma parceria com o programa “Avançar Cidades”, sendo financiado pela Caixa Econômica Federal. A primeira edição no Estado, foi no valor de R$ 190 milhões e atendeu 16 municípios. Hoje (21), na sede da Sanesul, foi assinada a segunda fase, que são R$ 113 milhões financiados e mais a contrapartida de R$ 6 milhões (Sanesul).

Para esta edição foram contempladas as cidades: Anaurilândia, Anastácio, Aral Moreira, Bataguassu, Dois Irmãos do Buriti, Figueirão, Iguatemi, Inocência, Itaporã, Japorã, Mundo Novo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Ivinhema e Corumbá.

“A nossa intenção é universalizar o tratamento e coleta de esgoto no Estado, porque se trata de um ganho para população, principalmente na saúde, pois quando se investe R$ 1 real em saneamento, se economiza R$ 5 na saúde”, disse o governador durante o evento.

Reinaldo Azambuja assinou o contrato junto com prefeitos e Caixa Econômica Federal (Foto:  (Foto: Kisie Ainoã)Reinaldo Azambuja assinou o contrato junto com prefeitos e Caixa Econômica Federal (Foto: (Foto: Kisie Ainoã)

Próxima - A terceira fase do programa será no final de outubro, com R$ 136 milhões mais 14 municípios, tendo R$ 136 milhões sendo contemplados com obra na área de saneamento, tendo como foco o tratamento de esgoto.

“Depois deste investimento, teremos 40 municípios com mais de 80% de cobertura de esgoto no Estado”, disse o diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Jr.

O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, ponderou que com estes investimentos muitas cidades “saíram do zero” na coleta de esgoto, para ter uma cobertura substancial. “Só nesta fase são 16 cidades e ainda tem mais entrega no final de outubro”.

O diretor de Operações da Sanesul, Onofre Assis de Souza, explicou que as obras desta fase devem começar em janeiro de 2020, tendo prazo de 12 a 24 meses para terminar. Este financiamento junto a Caixa Econômica será pago pela própria Sanesul, através das tarifas junto à população.

“Se a empresa (Sanesul) não tivesse estrutura e capacidade financeira, não teria condições de fazer este empréstimo, ainda vamos melhorar mais o trabalho quando fizermos o PPP (Parceria Público-Privada) do Saneamento, para investirmos mais”, disse Azambuja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VICENTINA - TESTE COVID-19
Saúde e técnicos da JBS realizam testes de Covid-19 em todos os funcionários residentes em Vicentina
VICENTINA - DESAPARECIDO HÁ 73 DIAS
Desaparecido há 73 dias, família não perdeu a esperança de encontrar seu Manoel em Vicentina
# FIQUE EM CASA
Com 3ª maior taxa de contaminação, MS já tem 1.262 casos de coronavírus e 65 internados
ALERTA REGIÃO DE DOURADOS
MS pode perder controle sobre coronavírus e entrar em colapso em junho, alerta Saúde
AÇÃO PARLAMENTAR
Governo atende pleito de Onevan e prorroga entrega da Declaração do Proacap
CORONAVIRUS NO MS
Governo faz testes em massa de coronavírus em regiões com surto de Covid-19
FÁTIMA DO SUL - COVID-19 - BOLETIM
Fátima do Sul já tem 04 recuperados de Covid-19 e não registra novos nas últimas 24h, veja o BOLETIM
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura em MS abre seleção para psicólogos com salário de R$ 4,3 mil
AUXILIO EMERGENCIAL
A 2ª parcela do auxílio de R$ 600 foi cancelada? Saiba como resolver o problema
VAMOS AJUDAR - COMPARTILHE
Casa pega fogo, família com 8 crianças fica só com a roupa do corpo e precisa de doações