Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 26 de fevereiro de 2021
SADER_FULL
Busca
MS FORTE

Mato Grosso do Sul é o sexto estado mais competitivo do país

O Estado de Mato Grosso do Sul continua em posição de destaque no Ranking de Competitividade

17 Set 2020 - 15h24Por Portal do MS

O Estado de Mato Grosso do Sul continua em posição de destaque no Ranking de Competitividade, do Centro de Liderança Pública (CLP), divulgado nesta quinta-feira (17/09). O estado ocupa o sexto lugar no ranking geral e figura entre os dez melhores do país em Infraestrutura, Capital Humano, Sustentabilidade Social, Segurança Pública, Inovação, Sustentabilidade Ambiental e Potencial de Mercado.

"Percebemos um estado mais eficiente, com base para atrair investimentos e gerar mais emprego e renda", avalia Riedel.

Durante a apresentação nacional do ranking, o secretário de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Corrêa Riedel (representando o governador Reinaldo Azambuja), enfatizou que as iniciativas do governo de gerenciamento de recursos públicos e o cuidado com a saúde da população foram fundamentais para conquista dos resultados:  “A responsabilidade fiscal é base e premissa para os nossos objetivos. Temos conseguido avançar de maneira objetiva em cada uma das áreas, mesmo diante da pandemia que nos trouxe uma série de desafios entre eles a oportunidade e a capacidade de estruturar o sistema de saúde de forma muito rápida. Por isso, não tivemos um cidadão sul-mato-grossense com problema de atendimento até o momento”.

Em comparação ao ano anterior, Mato Grosso do Sul avançou nos indicadores de Inovação (de 8º para o 5º lugar) e de Capital Humano (de 17º para 10º lugar). O estado se classificou entre os dez melhores do país em sete de um total de dez indicadores que compõem o ranking: Infraestrutura (6º), Sustentabilidade Social (7º), Segurança Pública (6º), Inovação (5º), Sustentabilidade Ambiental (9º) e Potencial de Mercado (8º lugar).  Nos demais pilares Mato Grosso do Sul ficou em 10º em Capital Humano, 11º em Eficiência na Máquina Pública, 12º em Educação e 15º em Solidez Fiscal.

“A metodologia de gestão adotada pelo Governo do Estado resultou no avanço dos indicadores de competitividade e isso se mantém. A pandemia traz uma série de consequências, mas o Governo do Estado de MS ao adotar protocolos na iniciativa privada, desde o início, conseguiu manter as atividades econômicas”, salientou Riedel. Na sequência, o secretário ainda falou da importância do agronegócio na manutenção de empregos. “A atividade econômica não sofreu tanto, está vivendo um bom momento e opera com em baixa densidade demográfica. A nossa recuperação, em relação ao coronavírus, deverá ser mais rápida”.

Por fim, Riedel falou das ações do Governo desde o início do mandato. “Percebe-se um estado mais eficiente de maneira geral, com base para atrair investimentos, isso gera crescimento do PIB e, consequentemente, mais emprego e renda, inclusive para os mais jovens”.

Também participaram do lançamento da 9ª edição do Ranking de Competitividade os governadores de Alagoas, Renan Filho; do Maranhão, Flávio Dino; de Minas Gerais, Romeu Zema; do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite;  da Paraíba, João Azevedo; do Espírito Santo, Renato Casagrande e do Amazonas, Wilson Lima.

Mais informações e as notas de todos os estados podem ser conferidas no site www.rankingdecompetitividade.org.br.

Texto: Ana Brito (Subcom) e Jéssika Machado (Segov).

Fotos: Saul Schramm.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Mineradora anuncia projeto de R$ 40 milhões para extração de basalto em Inocência
TOQUE DE RECOLHER
Governo prorroga toque de recolher e restrições seguem até 12 de março
AÇÕES DO GOVERNO MS
Parceria vai levar assist. documentação e benef. para 8 comunidades ribeirinhas na região pantaneira
CASA PRÓPRIA
Atualização de dados cadastrais para sorteio de 150 apartamento encerra na próxima segunda-feira
VOLTA ÀS AULAS NO MS
VOLTA ÀS AULAS: Governo de MS decide pela retomada das atividades da Rede Estadual de forma remota
PROCON NOS POSTOS
Procon cobra explicações pelo aumento repentino do etanol em MS
PREÇO ELEVADO
Procon Estadual dá 10 dias para sindicato explicar aumento do etanol
MS - 3.270 MORTES
Após correção nos sistemas oficiais, MS passa a registrar 3.270 óbitos por coronavírus
AÇÕES DO DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha pede que Estado faça campanhas para prevenir aumento de queimados pelo uso de alcool gel
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS congela pauta fiscal da gasolina e garante economia ao consumidor