Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de julho de 2021
Busca
manifesto

Timão se manifesta pelo fim de gritos homofóbicos nos estádios

12 Set 2014 - 15h32Por Fox

O Corinthians lançou, nesta sexta-feira (12 de setembro), um manifesto contra o que considera homofobia por parte de alguns torcedores durante suas partidas como mandante. A medida foi tomada para evitar eventuais punições ao clube por alguns gritos proferidos contra jogadores adversários nos jogos disputados na Arena Corinthians.

“Pelo fim do grito de ‘bicha’ no tiro de meta do goleiro adversário. Porque a homofobia, além de ir contra o princípio de igualdade que está no DNA corinthiano, ainda pode prejudicar o Timão”, diz parte do manifesto publicado pelo Corinthians em seu site oficial.

A diretoria do clube paulista quer evitar problemas com o STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), que, por outro tipo de preconceito – racismo, contra o goleiro Aranha, do Santos – excluiu o Grêmio da Copa do Brasil.

O posicionamento do clube contra a homofobia também pode estar relacionado à piada feita por um site sobre o possível envolvimento de Elias no corte de Maicon da Seleção Brasileira. Os boatos, que apontavam uma relação homossexual entre o volante e o lateral direito, ganharam repercussão internacional e revoltaram Elias, que já declarou que processará quem criou a história.

Abaixo, a íntegra do manifesto publicado pelo Corinthians em seu site oficial:

Aqui é o Time do povo.

Do povo e para o povo.

Desde 1910, aqui se combateu o elitismo e o racismo. Aqui houve pioneirismo na inclusão social e racial.

Aqui não tem pobre, rico, negro ou branco.

Aqui somos todos Corinthians.

Aqui nos engajamos para ir às ruas e brigar pelas “Diretas Já” em um movimento inédito e histórico que uniu futebol e democracia.

Como fazemos na arquibancada e em campo, aqui lutamos até o fim para que todos sejam iguais.

E aqui não há, e nem pode haver, homofobia.

Pelo fim do grito de “bicha” no tiro de meta do goleiro adversário.

Porque a homofobia, além de ir contra o princípio de igualdade que está no DNA corinthiano, ainda pode prejudicar o Timão.

Aqui é Corinthians!

Deixe seu Comentário

Leia Também

OLIMPÍADA
Rebeca é prata e faz história na ginástica olímpica em Tóquio
JOGOS DE AZAR
Estereótipos sobre jogos de azar
FATIMASSULENSE NO PÓDIO FATIMASSULENSE NO PÓDIO
Fatimassulense é 1º Lugar na prova Estadual de contra relógio de ciclismo
SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
Como se apresenta a mesa dos vencedores da Copa América após a recente vitória da Argentina?
JOGOS ONLINE
O casino online quando quiser e pelo tempo que quiser
ESPORTE
Bolsista do Governo de MS representa o Brasil nas Olímpiadas de Tóquio
ESPORTES
MS vai com quatro atletas ao Brasileiro Sub-15 e Sub-23 de Wrestling
FINAL COPA AMÉRICA
Copa América: Argentina vence nos pênaltis e garante duelo Messi X Neymar
BRASILEIRÃO
Santos conta com a Lei do Ex e vence o Athletico na Vila Belmiro