Menu
SADER_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
punição

STJD pune Atlético-PR com perda de 12 mandos; Vasco recebe sanção de 8

13 Dez 2013 - 17h46Por Terra

As equipes foram a julgamento no STJD por causa da pancadaria que torcedores de ambos os times promoveram nas arquibancadas da Arena Joinville, onde a partida era disputada, com apenas 10min de bola rolando. A partida ficou paralisada por uma hora e 17 minutos, o que também levou o árbitro a julgamento. Após o confronto, três torcedores foram internados em estado grave - o último torcedor do Atlético-PR recebeu alta nesta sexta. A polícia segue à procura de identificar todos os envolvidos.

Relator Wanderley Godoy: absolveu o árbitro Ricardo Marques Ribeiro, absolveu as duas federações, não interditou a Arena Joinville, ao Atlético-PR: multa de R$ 50 mil no artigo 191 ("deixar de cumprir ou dificultar o cumprimento de medidas para garantir a segurança dos torcedores antes, durante e após a realização da partida"), já em relação ao artigo 213 ("por deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens na praça de desporto, além de atirar objetos no gramado"), puniu com perda de 12 mandos de campo com multa de R$ 120 mil, sendo metade delas com portões fechados. Vasco da Gama: perda de oito partidas de mando, sendo metade com os portões fechados. Multa de R$ 80 mil. 

Auditor Lucas Rocha Lima: absolveu o árbitro, absolveu as federações, não interditou a Arena Joinville, absolveu o Atlético-PR do artigo 191, mas puniu no artigo 213 com perda de 12 mandos de campo com multa de R$ 120 mil. Acompanhou também o relator com perda de oito mandos para o Vasco da Gama e multa de R$ 80 mil. Metade dos mandos perdidos também serão com portões fechados. 

Marcelo Coelho, terceiro votante: absolveu o árbitro, deu multa de R$ 20 mil para ambas as federações, ao Atlético-PR aplicou multa de R$ 20 mil no primeiro artigo e pediu a interdição da Arena Joinville até que se resolva o problema das grades de evacuação da torcida visitante. Ao Atlético-PR, aplicou perda de mando de campo de 12 partidas (metade com portões fechados) e multa de R$ 120 mil. Já ao Vasco pediu oito perdas de mando, sendo quatro com portões fechados, e multa de R$ 80 mil. 

Presidente da sessão Paulo Bracks, último votante: absolveu o árbitro, condenou as federações em R$ 20 mil, pediu pena de 12 mandos de campo ao Atlético-PR, todos com portões fechados e oito ao Vasco da Gama, todos com portões fechados,.

Resultado final: Atlético-PR perde 12 mandos de campo, metade com portões fechados, Vasco sofre pena de perda oito mandos de campo, metade com portões fechados. Atlético-PR recebeu multa total de R$ 140 mil, enquanto o Vasco de R$ 80 mil. O árbitro Ricardo Marques Ribeiro foi absolvido. assim como as federações. A Arena Joinville não foi interditada pelo STJD. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

COPA DE 94
'Bebê do Tetra', na Copa de 94, filho do jogador Bebeto é pai pela primeira vez
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em Caarapó, Reinaldo Azambuja inaugura indústria com 300 empregos e entrega reforma de escola
DEMITIDO
Funcionário de funerária é demitido por tirar foto com o corpo de Maradona
100 COPINHA
FPF anuncia o cancelamento da Copa São Paulo Junior de 2021
LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
FATIMASSULENSES DESTAQUES
Fatimassulenses ficam em 3º e 4º lugares na 3ª Maratona Mountain Bike MTB Nova Alvorada do Sul
ELIMINATÓRIAS
Brasil vence Uruguai e segue 100% nas eliminatórias da Copa do Mundo
FUTEBOL
Filho de Eliza Samudio e Bruno joga como goleiro em escolinha de MS
BRASILEIRÃO
Santos com 11 desfalques (Covid - 19) vence o Internacional com base "molecada" por 2x0
JOGOS ONLINE
Cassinos: história, evolução e variedades