Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 30 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
MUNDO DA BOLA

Santos terá de devolver R$ 42 mi por contratação de Damião

9 Jan 2014 - 09h24Por UOL ESPORTES

O presidente do Santos, Odílio Rodrigues, confirmou que o clube terá que devolver os R$ 42 milhões investidos pelo fundo maltês Doyen Sports na contratação do atacante Leandro Damião, ex-Internacional. A cúpula santista mantém sigilo em relação à parceira com o grupo representado pelo empresário Renato Duprat no Brasil, porém o fundo revelou em nota oficial em seu site que fez apenas um financiamento ao clube paulista.

Segundo o presidente santista, a Doyen Sports só lucrará com a correção monetária do montante que será devolvido no futuro. O clube tem cinco anos, período do contrato de Leandro Damião na Vila Belmiro, para quitar a dívida com o fundo de investimentos.

"Na Europa esse fundo é importante na transação dos jogadores por conta do Fair Play financeiro, que chegará ao Brasil. Querem que os clubes comprem entre clubes e que os atletas não pertençam a terceiros. O Doyen não pode comprar e ter participação de jogador. Definimos quem queremos, o Santos negocia com o clube o valor do jogador, faz o contrato com a Doyen, que dá esse dinheiro ao Santos", afirmou Odílio Rodrigues.

"Os direitos federativos são do Santos. O Doyen não tem participação e temos que um dia devolver esse dinheiro. O contrato é de cinco anos. Se vendermos o jogador ou se quisermos permanecer com ele no final, pagamos integralmente e com o valor corrigido. Se vendermos por um valor superior dentro do período, o Santos tem a participação na mais-valia", completou.

Em nota oficial, o fundo maltês fez questão de explicar que não é dono dos direitos federativos de Leandro Damião e também não detém parte dos direitos econômicos do atleta.

"Agora que o processo está concluído entre a Doyen e o Santos, a Doyen Sports pode confirmar o seu envolvimento na maior transferência, até esta data, entre clubes brasileiros. Ao contrário de alguns relatos, a Doyen não tem especificamente nenhuma porcentagem (third party ownership) de Leandro Damião ou de qualquer outro jogador de futebol. Acordo sim uma fonte transparente de financiamento para o Santos poder suportar o valor da transferência, estando acordado os termos para a devolução ao longo de um determinado período", esclarece a nota.

O presidente do Santos, Odílio Rodrigues, também mandou um recado ao presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, que vê problemas para o clube do litoral paulista no futuro por causa da parceria com a Doyen Sports. O dirigente santista também ignorou o fato de o Corinthians recusar a parceria com o fundo maltês.

"Eu jamais daria palpite na forma de atuação do São Paulo ou do Corinthians. Quero ser ético. Temos um contrato com o Doyen e achamos que ele atende as nossas expectativas. O departamento jurídico aprovou e o Comitê Gestor também. Não temos preocupações", disse o dirigente santista.

Leandro Damião assinou contrato de cinco temporadas com o Santos. Os R$ 42 milhões investidos fazem do centroavante a contratação mais cara da história do clube. O jogador se apresentou ao técnico Oswaldo de Oliveira na manhã desta quarta-feira, no CT Rei Pelé, mas foi liberado em seguida para realizar exames cardiológicos em São Paulo. Nesta quinta-feira, o centroavante será apresentado oficialmente pelo clube em antigo deposito de café no centro da cidade de Santos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em Caarapó, Reinaldo Azambuja inaugura indústria com 300 empregos e entrega reforma de escola
DEMITIDO
Funcionário de funerária é demitido por tirar foto com o corpo de Maradona
100 COPINHA
FPF anuncia o cancelamento da Copa São Paulo Junior de 2021
LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
FATIMASSULENSES DESTAQUES
Fatimassulenses ficam em 3º e 4º lugares na 3ª Maratona Mountain Bike MTB Nova Alvorada do Sul
ELIMINATÓRIAS
Brasil vence Uruguai e segue 100% nas eliminatórias da Copa do Mundo
FUTEBOL
Filho de Eliza Samudio e Bruno joga como goleiro em escolinha de MS
BRASILEIRÃO
Santos com 11 desfalques (Covid - 19) vence o Internacional com base "molecada" por 2x0
JOGOS ONLINE
Cassinos: história, evolução e variedades
CORONAVIRUS NO ESPORTE
Cinco atletas do Coritiba testaram positivo para COVID-19