Menu
SADER_FULL
quinta, 25 de fevereiro de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
zebra da Copa Sul-Americana

Ponte Preta empata São Paulo e está na final da Copa Sul-Americana

28 Nov 2013 - 07h15Por Uol

A Ponte Preta está na final da Copa Sul-Americana 2013. Dono de uma boa vantagem, após a vitória por 3 a 1 na semana passada, o clube de Campinas entrou no gramado do Romildão, em Mogi, nesta quarta-feira podendo perder por dois gols de diferença, mas nem precisou.  Com a mesma autoridade que atuou no Morumbi, o time alvinegro demonstrou brio, empatou com o São Paulo por 1 a 1, e conquistou vaga para a primeira decisão de uma competição internacional em seus 113 anos de história.

Com um sistema defensivo sólido e com o apoio da torcida, que viajou de Campinas até Mogi, ignorando o veto ao Moisés Lucarelli, a equipe comandada pelo técnico Jorginho conteve a pressão são-paulina com a mesma intensidade ao longo dos 90 minutos e foi premiada com um lugar na final.

O gol que confirmou a classificação da Ponte veio aos 41 minutos do primeiro tempo. Após contra-ataque rápido pela esquerda, Rildo cruzou rasteiro, Rodrigo Caio afastou mal e a bola sobrou para Leonardo livre na entrada da área. O atacante finalizou a primeira nas pernas do camisa 7 tricolor, mas aproveitou o rebote e concluiu para as redes. Luis Fabiano, que entrou no segundo tempo, igualou já no fim.

Agora o clube de Campinas aguarda o vencedor do duelo entre Libertad-PAR e Lanús-ARG para saber quem será o adversário na decisão. Os argentinos venceram o primeiro confronto por 2 a 1.

São Paulo e Ponte Preta disputam a semifinal da Sul-Americana14 fotos

4 / 14
27.11.13 - Muricy orienta Aloísio na semifinal entre São Paulo e Ponte Preta pela Copa Sul-Americana Rodrigo Capote/UOL

Além da vaga, a Ponte acabou com a reação do São Paulo no segundo semestre. Ameaçado de rebaixamento no Campeonato Brasileiro, o time tricolor se recuperou com a chegada do técnico Muricy Ramalho e passou a crescer na competição. A eliminação em Mogi também pode ter marcado a última partida de Rogério Ceni em um torneio internacional com a camisa do clube paulista. Com contrato até o fim do ano, o goleiro ainda não definiu se continua ou vai se aposentar.

A queda não é negativa apenas para o São Paulo, mas também para o técnico Muricy Ramalho. Com a eliminação contra a Ponte, o treinador acumulou sua sexta queda consecutiva em competições internacionais pelo clube do Morumbi – quatro Libertadores e duas Sul-Americanas.

O jogo começou da mesma forma da semana passada. Mesmo com uma escalação diferente em relação à semana passada, a entrada de Douglas no lugar de Lucas Evangelista para dar mais apoio ao ataque, a equipe tricolor começou a partida valorizando o passe a posse de bola.

A primeira chance do duelo aconteceu logo aos dois minutos de jogo. Douglas recebeu lançamento e foi derrubado na entrada da área. Rogério Ceni foi para a cobrança e acertou o meio da barreira.

Ponte Preta x São Paulo - Sul-Americana

Sem pressa, a Ponte manteve um plano mais defensivo e buscou atuar no erro dos são-paulinos. A tática quase funcionou aos nove. Arthur aproveitou a bola alçada na área e cabeceou firme, exigindo boa defesa de Ceni. Com o passar do primeiro tempo, a ideia tática dos times ficou mais clara e o São Paulo praticamente alugou a intermediária alvinegra, buscando furar o bloquei na velocidade de Ademilson pela esquerda ou no pivô de Aloisio.

Se o clube da capital não conseguiu sequer criar grandes oportunidades e ainda perdeu Denilson, que deixou o campo sentindo um mal estar para a entrada de Welligton, a Ponte aproveitou a melhor chance que teve. Aos 41, Rildo cruzou rasteiro, Rodrigo Caio rebateu para a entrada da área e sobrou para Leonardo. O atacante precisou chutar duas vezes para marcar para os campineiros.

O segundo tempo começou da mesma forma. Mesmo precisando marcar três vezes, Muricy voltou do vestiário com o mesmo time da etapa inicial. As mudanças só vieram aos 20 minutos, quando Luis Fabiano e Welliton entraram nos lugares de Paulo Miranda e Ademilson.

Já na base do desespero, o São Paulo passou a alçar bolas na área, sempre buscando Luis Fabiano como referência, mas não obteve sucesso algum, ficando refém do sistema defensivo adversário, focado e em ceder o menor espaço.

Enquanto isso, a Ponte começou a explorar as aberturas na defesa são-paulina e passou jogar de forma mais solta. O segundo gol do time alvinegro quase saiu aos 31. Magal cruzou para a área e encontrou Adaílton livre. O meia cabeceou com estilo, no contrapé de Rogério Ceni, mas viu a bola caprichosamente ir para fora.

O empate do São Paulo veio aos 38. Após confusão na área, a bola sobrou para Luis Fabiano, que cabeceou firme no canto direito do goleiro Roberto e igualou o placar. Mas pouco fez diferença. Àquela altura de jogo, a vaga já tinha dono.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ALÔ NAÇÃO RUBRO-NEGRA
VÍDEO: 'Jorge' o Urubu queridinho de Culturama viraliza nas redes sociais da Nação Rubro-Negra
FATIMA DO SUL EM DESTAQUE
Atleta Junior Prego de Fátima do Sul é contratado pela Portuguesa de São Paulo
JOGOS ONLINE
Caça-níqueis temáticos ajudam a celebrar Carnaval
AÇÕES DO GOVERNO MS
Programa Bolsa Atleta e Bolsa Técnico contempla neste ano 265 profissionais; inscrições já estã
Os jogadores dentro da loteria fazendo as apostas. (Foto: Henrique Kawaminami) SORTUDO DE MS
Apostador de MS acerta quina e fatura R$ 42.795,90 na Mega Sena
JOGOS ONLINE
Como fazer apostas esportivas
SPORTINGBET
Como criar conta na Sportingbet
MUNDIAL DE CLUBES
Palmeiras falha final do Mundial de Clubes
JOGOS ONLINE
Casino com bônus
JOGOS ONLINE
O que está acontecendo com o bingo online?