Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 26 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
BOXE DE LUTO

Morre boxeador Rubin Carter que ficou quase 20 anos preso injustamente

20 Abr 2014 - 14h23Por UOL/ENTRETENIMENTO

Morreu neste domingo, o boxeador Rubin Carter, conhecido como "Hurricane" (furacão, em inglês). O ex-pugilista estava com 76 anos e lutava contra um câncer de próstata. Em 40 lutas como peso médio, ele conquistou 27 vitórias em uma carreira que foi interrompida abruptamente aos 29 anos, quando ele foi preso injustamente.

Negro, Carter se tornou um ícone da luta contra o racismo. Isto porque em 1966 ele e um amigo, John Artis, foram presos injustamente por conta de um assassinato de três pessoas em Nova Jérsei. Entretanto, depois de 19 anos encarcerado, ele foi solto após uma anulação de pena, uma vez que ele era inocente.

Em 1999, sua história ganhou as telas do cinema com um filme biográfico, "Hurricane: o Furacão", estrelado por Denzel Washington.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEMITIDO
Funcionário de funerária é demitido por tirar foto com o corpo de Maradona
100 COPINHA
FPF anuncia o cancelamento da Copa São Paulo Junior de 2021
LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
FATIMASSULENSES DESTAQUES
Fatimassulenses ficam em 3º e 4º lugares na 3ª Maratona Mountain Bike MTB Nova Alvorada do Sul
ELIMINATÓRIAS
Brasil vence Uruguai e segue 100% nas eliminatórias da Copa do Mundo
FUTEBOL
Filho de Eliza Samudio e Bruno joga como goleiro em escolinha de MS
BRASILEIRÃO
Santos com 11 desfalques (Covid - 19) vence o Internacional com base "molecada" por 2x0
JOGOS ONLINE
Cassinos: história, evolução e variedades
CORONAVIRUS NO ESPORTE
Cinco atletas do Coritiba testaram positivo para COVID-19
ALERTA - CLONADO
Campo Belo Resort tem perfil do Instagram clonado, cuidado e não forneça dados pessoais