Menu
SADER_FULL
segunda, 27 de setembro de 2021
Busca
FINALISTA

Lucas Paquetá põe Brasil na final da Copa América

O Brasil é finalista da Copa América. Nesta segunda-feira, venceu por 1 a 0 o Peru

6 Jul 2021 - 07h41Por Gazeta Esportiva

O Brasil é finalista da Copa América. Nesta segunda-feira, venceu por 1 a 0 o Peru, no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro. Foi uma partida dura, pegada e suada. Depois do gol de Lucas Paquetá, outra vez, os peruanos cresceram e deram trabalho. Agora, basta esperar o ganhador de Argentina e Colômbia, jogo nesta terça-feira. E que venham os hermanos de Messi e companhia bela.

A seleção começou a partida sufocando. Peru mal conseguiu passar do meio campo. As chances foram acontecendo naturalmente. Casemiro, de falta, deu trabalho para Gallese. Cebolinha cortou para dentro e chutou. Goleiro só encaixou. De novo Casemiro e depois Paquetá deu com açúcar e com afeto para Neymar, que chutou em cima do arqueiro. No rebote,  Richarlison desperdiçou.

A rigor, peruanos tinham uma saída: bola no centroavante Lapadula pela direita. Do outro lado, Cueva se esforçou. Os dois, porém, bem marcados não representaram perigo para o Brasil. A postura alta do meio campo do time de Tite empurrou a seleção peruana para o seu próprio campo.

O gol era uma questão de tempo. Neymar disparou pela esquerda, levou três zagueiros e cruzou. Lucas Paquetá bateu com gosto e abriu o placar, 1 a 0. Destaque para tabelinha entre Neymar e Paquetá. Um show de bola, como nos velhos tempos. Na etapa final, o Peru voltou a fim de complicar. Lapadula pegou forte e Ederson evitou.

O técnico Gareca abriu o time. Saiu de uma retranca de 5-4-1 para um esquema agressivo, na base do 4-1-4-1. Deu um branco na Canarinho. Garcia arriscou de fora e de novo o goleiro pegou. De repente, Cebolinha chutou nas mãos de Gallese.  Com toques rápidos e sem errar passes, peruanos envolveram o adversário, que só respondeu em contra-ataque. O caldo engrossou.

Tite, então, colocou Everton Ribeiro no lugar de Cebolinha. Richarlison sofreu pênalti (foi empurrado pelas costas) e a arbitragem mandou seguir. Ederson saiu mal em um cruzamento e Callens perdeu empate certo de cabeça. Entraram Éder Militão, Fabinho e Vinícius Junior saindo Fred, Richarlison e Renan Lodi.

Caçado em campo, Lucas Paquetá deu lugar para Douglas Luiz. Desesperados, peruanos exageraram nas faltas. Algumas desleais. Brasil, porém, trocou passes, marcou em cima e administrou o resultado. Partida difícil, principalmente no segundo tempo. Mas valeu o espírito de luta, a humildade e a dedicação de todos no gramado.

E tenho dito!

Leia Também

Foto: Facebook Marcos - Diretor de Esportes VICENTINA NO PÓDIO
VICENTINA e Três Lagoas ficam com o título da Região Leste da Liga MS de Voleibol
PAN AMERICANO JUNIOR
Atleta de MS carregará as cores do Brasil no vôlei de praia nos Jogos Pan-Americanos Júnior
Foto: Paulo Pinto/Fotos Públicas/Arquivo LOTERIAL A RETOMADA
Governo sanciona lei que permite retomada da loteria de Mato Grosso do Sul
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Parque dos Poderes: Reforma mantém interdições, mas não afeta Amigos do Parque neste fim de semana
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo amplia em 45,9% o número de auxílios do Bolsa Atleta e Bolsa Técnico
OS MELHORES
Os melhores cassinos do Brasil
VALORIZANDO O ESPORTE DE MS
Governador recebe medalhista paraolímpico e anuncia novos investimentos no esporte
EM SANTIAGO
Brasil vence o Chile e mantém os 100% nas Eliminatórias
ESPORTE
Campo Grande será a casa do handebol brasileiro de base neste fim de semana e feriado
FUTEBOL
Betano Brasil assina contrato com Fluminense