Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quinta, 26 de novembro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
GP da Malásia - F1

Hamilton faz a pole e confirma a força da Mercedes; Massa é o 13º

29 Mar 2014 - 08h58

O brasileiro Felipe Massa não foi bem nos treinos classificatórios e largará apenas em 13º no GP da Malásia de Fórmula 1, no próximo domingo, no circuito de Sepang. A pole position foi novamente da Mercedes, assim como havia sido no GP da Austrália, de novo com o inglês Lewis Hamilton.

O britânico fez 1min59s431 e ficou à frente do alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, que completa a primeira fila depois de marcar 1min59s486. Companheiro de Hamilton na Mercedes, o alemão Nico Rosberg largará em terceiro, depois de fazer 2min00s050.

A 33ª pole de Hamilton o faz ficar apenas atrás de Senna, Schumacher e Vettel na história. Ele se igualou ao francês Alain Prost e ao britânico Jim Clark.

As atividades deste sábado foram atrasadas por cerca de 50 minutos em função das chuvas torrenciais que caíram em Sepang. Houve até risco de elas não acontecerem e serem transferidas para domingo antes da prova.

O Q1 chegou a ser interrompido depois que o sueco Ericsson, da Caterham, rodou, perdeu o controle do carro e bateu no muro, ficando com o carro destruído.

Na segunda parte do treino, o espanhol Fernando Alonso tocou seu carro com a Toro Rosso do austríaco Kvyat e quebrou a suspensão da Ferrari. Mais uma vez os carros tiveram que deixar a pista. Mas o bicampeão mundial ainda voltou e fez o quarto tempo.

No Q2, Felipe Massa não avançou para a etapa que definiria os dez primeiros depois de perder tempo na definição dos pneus. Restando cinco minutos para o fim, tinha apenas o 11º tempo, mas foi para os boxes e trocou os pneus. Retirou os específicos para chuva, que todos vinham usando, e colocou intermediários. Não deu certo.

Voltou novamente para os boxes e com pneus para pista molhada, mas teve a chance de fazer apenas uma volta e marcou 2min02s460, o que lhe deixou fora da parte final do treino e apenas com a 13ª colocação. As duas trocas o fizeram perder tempo, e a tática da Williams de apostar nos intermediários foi questionada, já que todos os pilotos estavam usando os para a chuva.

"Eu estava com pneu de chuva no início da Q2, mas parece que o Bottas (companheiro de equipe) estava melhorando (o tempo) com o intermediário, meu engenheiro disse que ele estava melhorando. Então eu falei que se ele tava melhorando, era bom arriscar. Não é que eu não andei no final, eu andei mas acho que não tinha o que fazer", explicou, em entrevista à TV Globo.

Há novamente probabilidade de chuva para a corrida, a segunda do ano, que será realizada neste domingo, às 5h (horário de Brasília).

Deixe seu Comentário

Leia Também

LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
FATIMASSULENSES DESTAQUES
Fatimassulenses ficam em 3º e 4º lugares na 3ª Maratona Mountain Bike MTB Nova Alvorada do Sul
ELIMINATÓRIAS
Brasil vence Uruguai e segue 100% nas eliminatórias da Copa do Mundo
FUTEBOL
Filho de Eliza Samudio e Bruno joga como goleiro em escolinha de MS
BRASILEIRÃO
Santos com 11 desfalques (Covid - 19) vence o Internacional com base "molecada" por 2x0
JOGOS ONLINE
Cassinos: história, evolução e variedades
CORONAVIRUS NO ESPORTE
Cinco atletas do Coritiba testaram positivo para COVID-19
ALERTA - CLONADO
Campo Belo Resort tem perfil do Instagram clonado, cuidado e não forneça dados pessoais
TRISTE NOTÍCIA
Motoqueiro morto em acidente deixa mulher e 2 filhos, era integrante dos Guaranis MC Dourados
ESPORTE
Brasileiros ficam fora de lista de talentos da Premier League