Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 24 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
TUDO CERTO

Guanandizão será reinaugurado com presença de público na Supercopa de Vôlei, regras de biossegurança

Guanandizão será reinaugurado com presença de público na Supercopa de Vôlei, regras de biossegurança

12 Out 2020 - 11h18Por Lucas Castro, Fundesporte

Com protocolos rígidos de biossegurança, a reinauguração do Ginásio Poliesportivo Avelino dos Reis, o Guanandizão, terá a presença de público durante a realização da Supercopa de Vôlei 2020, em Campo Grande. A competição de clubes, que abre a temporada nacional do voleibol, terá o principal complexo esportivo sul-mato-grossense como palco, nos meses de outubro e novembro. O lançamento oficial do evento foi feito nesta quinta-feira (8), em solenidade na Governadoria, entre Governo do Estado, Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e Prefeitura de Campo Grande.

O torneio é realizado anualmente e reúne quatro das principais equipes do Brasil, colocando frente a frente os atuais vencedores da Copa Brasil e da Superliga Banco do Brasil. A disputa pelo título, em ambos os gêneros, ocorre em jogo único.

O primeiro campeão nacional da temporada 2020/21 será conhecido em 30 de outubro. No masculino, EMS Taubaté Funvic (SP) e Sada Cruzeiro Vôlei (MG) duelam às 20h30 (horário de MS). Já a disputa feminina será entre Dentil/Praia Clube (MG) e Sesc Flamengo (RJ), no dia 6 de outubro, no mesmo horário. Os dois confrontos terão cobertura televisiva do SporTV 2, canal por assinatura pertencente ao Grupo Globo.

Os preparativos para sediar a competição que abre a temporada do vôlei nacional estão sendo finalizados

A expectativa é de que o ginásio, totalmente reformado pela administração estadual em parceria com a Prefeitura, receba cerca de 600 pessoas durante a Supercopa. “Estamos nas tratativas finais junto à CBV e Prefeitura, e elaborando protocolos de biossegurança extremamente rígidos, devido à Covid-19, para termos de 8% a 10% da capacidade do Guanandizão voltada ao público. É uma forma experimental para marcar a retomada de eventos com espectadores, priorizando essencialmente a segurança da população”, explicou o diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Marcelo Ferreira Miranda.

O secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, observou que Mato Grosso do Sul é referência no combate à pandemia de Covid-19. Segundo ele, a abertura de eventos ao público é extremamente simbólica ao processo de retomada das atividades esportivas e culturais, desde que feita baseando-se em relatórios científicos e com orientação de profissionais e técnicos da Secretaria Estadual de Saúde (SES).

“Com base na ciência, Mato Grosso do Sul sempre teve muita cautela e seriedade na forma de conduzir suas atitudes em relação à pandemia. Não à toa, temos obtidos resultados positivos no enfrentamento à Covid-19. Então, não é surpresa conseguirmos fazer um evento esportivo com a presença de público, porque sabemos da responsabilidade que o Governo tem com protocolos sanitários”, afirmou o secretário.

Com forma de valorização a ex-atletas, o objetivo é convidar personagens do esporte que fizeram parte da história da principal praça poliesportiva do Estado, em várias modalidades. “São pessoas que merecem estar no Guanandizão novo. O ideal seria abrir à população em geral, mas infelizmente a pandemia não nos permite. Sem a venda de ingresso, vamos chamar as federações esportivas que tiveram vínculo com a história do ginásio e combinar a distribuição de convites”, destacou o diretor-presidente da Fundação Municipal de Esportes de Campo Grande (Funesp), Rodrigo Terra.

Reinauguração em grande estilo

O maior ginásio coberto de Mato Grosso do Sul passou por modernização em sua estrutura e está alinhado ao padrão internacional de eventos, graças ao projeto de reforma geral e adequação realizado pelo Governo, junto à Prefeitura Municipal de Campo Grande. A reforma teve investimento de R$ 1,88 milhão dos cofres estaduais.

De acordo com o diretor-executivo da CBV, Radamés Lattari Filho, o Guanandizão oferece todas as exigências feitas para sediar eventos nacionais e internacionais. “É um ginásio de primeiro mundo, de alto nível e que pode receber competições de grande porte de várias modalidades, o voleibol dará apenas o saque inicial para uma série de eventos expressivos no futuro”.

A Supercopa 2020, além de relançar o Guanandizão, será o evento-teste para a Liga das Nações, que será realizada entre 11 e 13 de junho do ano que vem. A competição internacional reunirá as seleções masculinas de vôlei de Alemanha, Brasil, Itália e Rússia. O evento tem aporte financeiro do Governo do Estado de R$ 1,3 milhão, repassados à Federação Internacional de Voleibol (FIVB, na sigla em inglês), via CBV.

“Com a Supercopa, Campo Grande terá ainda neste ano a presença de inúmeras campeãs olímpicas e do Bernardinho, um dos técnicos mais vitoriosos do mundo. Todos esses atletas e técnicos vão começar a tomar gosto de vir a Mato Grosso do Sul, um Estado que se mostra apaixonado por esportes”, finaliza Lattari Filho.

Integrantes do CBV, junto com equipes do Governo e Prefeitura, estiveram no Guanandizão definindo detalhes da competição

Após a reunião, o diretor-executivo, acompanhado de diretores técnicos da Confederação, visitou o ginásio para definir os primeiros detalhes da estrutura que será montada pela entidade para a Supercopa. Também vieram à Capital o gerente de eventos da CBV, Cadu Gerônimo, e a gerente de competições de quadra, Cilda D’Angelis.

As delegações de EMS Taubaté Funvic (SP) e Sada Cruzeiro Vôlei (MG) chegarão no dia 28 de outubro e, no dia seguinte, será realizado treino de reconhecimento de quadra. O último treinamento será realizado no dia da disputa, 30 de outubro, pela manhã. Uma semana depois, as equipes femininas de Dentil/Praia Clube (MG) e Sesc Flamengo (RJ) seguirão o mesmo cronograma até o confronto decisivo. Ambas desembarcarão na Cidade Morena no dia 4 de novembro.

Na sala de reuniões da governadoria também participaram o ex-secretário Especial de Governo, Carlos Alberto Assis; o gerente da Unidade de Esportes de Participação e Lazer (Uepla) da Fundesporte, Rodrigo Barbosa de Miranda; o presidente da Federação Estadual de Voleibol (FVMS), José Amâncio da Mota (“Madrugada”) e o diretor técnico Zacarias Moysés Bacha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

É VERDADE
Pescador fisga 'peixão' de 1,4 m no Rio Aquidauana
PAGAMENTOS IGAMING
Pagamentos mobile no IGAMING não para de crescer
SORTUDO DE MS
Apostador acerta a Quina da mega-sena e leva R$ 42 mil, ele é do MS
BRASILEIRÃO
Com possível 'adeus' de Soteldo, Santos vence o Coritiba fora de casa
ESPORTE
Competições esportivas com presença de público são liberadas em Campo Grande
JOGOS ONLINE
Alguns conselhos para o vídeo bingo
ZONA DE REBAIXAMENTO
Corinthians termina rodada na Zona de rebaixamento, após derrota para o Ceará
INVENCIBILIDADE
Marinho decide com dois de pênalti, Santos vence Grêmio e se aproxima do G4
TÉCNICOS DE ENFERMAGEM CONVOCADOS
Governo de MS convoca 231 técnicos de enfermagem em processo seletivo da Funsau
DOIS SORTUDOS NO MS
SERÁ QUE FOI VOCÊ: 02 ganhadores dividem o prêmio principal do Nota MS Premiada