Menu
SADER_FULL
domingo, 25 de julho de 2021
SADER_FULL
Busca
campeonato brasileiro

Ganso ou Everton? São Paulo x Cruzeiro terá duelo de garçons

13 Set 2014 - 08h29Por Terra

A partida deste domingo entre São Paulo e Cruzeiro, no Morumbi, às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, colocará frente a frente os principais armadores de jogadas do Brasil atualmente. Quando o juiz apitar o início do confronto Everton Ribeiro e Paulo Henrique Ganso terão a missão de colocar seus atletas em condições ideais de gols, como tem feito durante este certame.

Os jogadores são os líderes de assistências no torneio nacional. Everton Ribeiro, recém-chegado da Seleção Brasileira, tem um passe para gol a mais que o camisa 10 tricolor. O 17 celeste já deu oito assistências enquanto Ganso fez sete.

Se contar as vezes que ambos colocaram os companheiros em condições boas de finalizar, Ribeiro e Ganso também se destacam e estão nas primeiras colocações. O cruzeirense está ao lado de Jadson do Corinthians com 40 participações. Já o são-paulino está com 38.

O craque Everton Ribeiro, que abre mão de vestir a camisa 10 do Cruzeiro, sabe que terá uma partida complicada pela frente, com o mando de campo do adversário e arquibancadas lotadas, além de se tratar do vice-líder.

“A gente vai encarar a partida como uma final, é um jogo que eles podem diminuir nossa vantagem então precisamos de inteligência para jogar lá”, disse o atleta ressaltando a diferença de pontos do Cruzeiro para o São Paulo de sete pontos.

Históricos diferentes dos garçons 

Destaques do futebol brasileiro atualmente, armadores Paulo Henrique Ganso e Everton Ribeiro tem históricos bastante diferentes no mundo do futebol. O craque do clube paulista surgiu no Santos, em 2009, com boas apresentações no Campeonato Brasileiro daquele ano. O auge na equipe paulista foi com o título da Copa Libertadores, em 2011, onde se brilhou ao lado de Neymar. No ano seguinte se transferiu para o São Paulo e somente agora volta a se destacar no cenário nacional. As constantes lesões, entretanto, sempre perseguiram o jogador.

Everton Ribeiro, por outro lado, foi desprezado no Corinthians. Inicialmente foi lateral esquerdo, mas com a habilidade mostrada em campo e velocidade nos dribles, rapidamente foi chamado para o centro do gramado. Com poucas oportunidades em 2008 foi emprestado para o São Caetano. De volta ao Corinthians, mas ainda sem chances, foi liberado para o Coritiba. Comandado pelo técnico Marcelo Oliveira teve oportunidades e mostrou seu futebol.

Em 2013, com a contratação de Oliveira para o Cruzeiro, Ribeiro foi chamado e apareceu no clube celeste. O jogador comandou o meio campo celeste no titulo brasileiro da temporada e ainda virou o craque do brasileirão. O jogador foi recentemente chamado por Dunga para servir a Seleção e, mesmo com pouco tempo para atuar, agradou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SELEÇÃO OLIMPICA
Brasil ameaça passeio em estreia contra a Alemanha, mas desperdiça chance de goleada histórica
COPA AMÉRICA 2021 - NO BRASIL
Como se apresenta a mesa dos vencedores da Copa América após a recente vitória da Argentina?
JOGOS ONLINE
O casino online quando quiser e pelo tempo que quiser
ESPORTE
Bolsista do Governo de MS representa o Brasil nas Olímpiadas de Tóquio
ESPORTES
MS vai com quatro atletas ao Brasileiro Sub-15 e Sub-23 de Wrestling
FINAL COPA AMÉRICA
Copa América: Argentina vence nos pênaltis e garante duelo Messi X Neymar
BRASILEIRÃO
Santos conta com a Lei do Ex e vence o Athletico na Vila Belmiro
FINALISTA
Lucas Paquetá põe Brasil na final da Copa América
BRASIL AO VIVO
Copa América: Brasil x Peru; onde assistir ao vivo, horário e escalações da semifinal
COPA HRT
3ª Copa HRT de Motovelocidade agita o Autódromo Internacional de Campo Grande