Menu
SADER_FULL
terça, 1 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CIA DO BICHO
Bom Senso F.C.

Clubes acertam com a CBF punição a times devedores e revisão de calendário

17 Out 2013 - 15h52

Uma comissão de clubes do futebol brasileiro entrou nesta quinta-feira em um consenso sobre as propostas feitas por jogadores do movimento Bom Senso FC. Durante uma reunião realizada na sede da CBF no início desta tarde, presidentes de quatro times admitiram rever o calendário do futebol nacional e acataram punições para quem atrasar pagamento de dívidas e salários de atletas --o fair play financeiro.

"A reivindicação dos atletas é a dos clubes", resumiu o presidente do Coritiba, Vilson Ribeiro de Andrade, ao deixar a CBF após quase duas horas de conversas lideradas pela vice-presidente da entidade, Marco Polo Del Nero. Além do presidente do Coritiba, estiveram na reunião os presidentes do Flamengo, Internacional e Vitória. Eram esperadas as presenças de dirigentes do Atlético-MG e do Fluminense, mas eles não compareceram ao encontro por problemas de agenda.

Vilson, do Coritiba, considerou a conversa muito boa. Disse que as reivindicações sobre o calendário do futebol são justas. Para que elas sejam postas em prática, basta saber o que pode ser feito já em 2014 e o que só seria possível em 2015. "Temos que entender que 2014 é um ano excepcional", afirmou. "Temos uma Copa do Mundo. Os jogos ficarão 40 dias parados."

Giovanni Luigi, do Inter, confirmou a dificuldade. No entanto, sinalizou que campeonatos estaduais e regionais devem ser reduzidos já em 2014 para dar mais tempo de descanso e pré-temporada aos jogadores. "Em 2014, já é possível fazer alguma coisa", disse ele, também após o encontro. "Em 2015, já poderíamos diminuir mais ainda."

Luigi e Vilson afirmaram que a decisão final sobre o calendário deve ser tomada na semana que vem, quando a CBF deve convocar clubes e atletas para discutirem juntos a questão. O presidente do Coritiba ressaltou que, no próximo encontro, o sindicato dos jogadores também será chamado a compor a mesa. "O Bom Senso FC só representa um grupo de jogadores", disse. "Queremos uma entidade representativa."

Nesta reunião, também devem ser discutidos detalhes do chamado fair play financeiro e trabalhista. Por ele, clubes que não estiverem em dias com os pagamentos de suas dívidas, salários e outros compromissos poderiam ser impedidos de participar de competições ou mesmo perder pontos em campeonatos.

Os jogadores estão certos em reclamar do calendário?

  •  
    Sim. São muitos jogos para pouco tempo de descanso
  •  
    Não. Eles ganham bem para encarar muitos jogos
Resultado parcial

 

Isso é uma das propostas do Bom Senso FC. Os clubes decidiram na reunião acatar esse sistema. Disseram que isso só deve começar a valer só em 2015. Eles ainda querem incluir a discussão do fair play junto com uma renegociação das dívidas dos times com o governo federal.

Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, afirmou que a ideia é estender o prazo de pagamento dos débitos tributários dos clubes. As agremiações não teriam nenhum desconto ou perdão de suas dívidas. Para ganhar um novo prazo, entretanto, teriam de comprometer uma parte do seu faturamento com o pagamento dos débitos.

"Esse é um caminho para um projeto de moralização do futebol", afirmou Bandeira. "Seria como uma Lei de Responsabilidade Fiscal do clube."

O alongamento dos prazos, apesar de ser consenso entre os clubes, teria de ser aprovado em um nova lei federal. Em caso de consenso entre clubes, atletas e CBF, um projeto seria encaminhado ao governo.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em Caarapó, Reinaldo Azambuja inaugura indústria com 300 empregos e entrega reforma de escola
DEMITIDO
Funcionário de funerária é demitido por tirar foto com o corpo de Maradona
100 COPINHA
FPF anuncia o cancelamento da Copa São Paulo Junior de 2021
LUTO NA TV
Fernando Vannucci, apresentador, morre aos 69 anos em São Paulo
FATIMASSULENSES DESTAQUES
Fatimassulenses ficam em 3º e 4º lugares na 3ª Maratona Mountain Bike MTB Nova Alvorada do Sul
ELIMINATÓRIAS
Brasil vence Uruguai e segue 100% nas eliminatórias da Copa do Mundo
FUTEBOL
Filho de Eliza Samudio e Bruno joga como goleiro em escolinha de MS
BRASILEIRÃO
Santos com 11 desfalques (Covid - 19) vence o Internacional com base "molecada" por 2x0
JOGOS ONLINE
Cassinos: história, evolução e variedades
CORONAVIRUS NO ESPORTE
Cinco atletas do Coritiba testaram positivo para COVID-19