Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
quarta, 29 de maio de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
VEJA AS OPÇÃO DE TURISMO EM MS

Não sabe aonde ir no feriado? Confira opções turísticas para contemplar a natureza em MS

28 Mar 2024 - 13h01Por Lethycia Anjos - Mídia Max

Procurando um destino para curtir o feriado de Páscoa em Mato Grosso do Sul? Não se preocupe, o Midiamax reuniu as melhores opções turísticas para quem pretende aproveitar o feriado sem sair do Estado. Das tradicionais cachoeiras ao ecoturismo radical do Pantanal e Cerrado, a lista inclui opções para todos os gostos e orçamentos.

Este ano, o feriado se estende do dia 28 de março, Sexta-Feira Santa, até o Domingo de Páscoa (31). No entanto, para os servidores públicos e estudantes, o feriado começou nesta quinta-feira (28), devido ao decreto de ponto facultativo.

Campo Grande e região

Vale do Inferninho

Um destino bastante conhecido entre os campo-grandenses para se refrescar e fazer trilhas, a Cachoeira do Inferninho é de fácil acesso e proporciona uma vista encantadora entre a mata preservada. Com mais de 30 metros, o ponto turístico fica distante 5 km de Campo Grande, partindo da sede do Detran-MS, bem próximo ao Céuzinho.

Usina do Ceroula

Focado no turismo ecológico, Parque das Cachoeiras deve ser lançado em  setembro em Campo Grande

Usina do Ceroula. (Arquivo/Jornal Midiamax)

Na mesma rota do Vale do Inferninho e da Cachoeira do Céuzinho, a Usina do Ceroula, conhecida como usina abandonada, é o destino ideal para quem gosta de escalada, trilhas e contato com a natureza.

Lá, os visitantes também têm acesso às ruínas da primeira usina hidrelétrica de Campo Grande, construída em 1920. O ponto turístico fica na saída para Rochedo, também próximo ao Detran-MS.

 

Morro do Ernesto

Se você gosta de se aventurar, com certeza já ouviu falar no Morro do Ernesto. A atração fica na fazenda Córrego Limpo, na região do Inferninho. Para chegar até a sede da fazenda, é só pegar a MS-080, saída de Rochedo.

Lá, além de fazer a trilha no Morro, os visitantes também podem desfrutar de um banho tranquilo no rio, que percorre a propriedade. Considerado um dos pontos ideais para visualizar o pôr-do-sol encantador de Mato Grosso do Sul, o trajeto de subida no Morro é bem íngreme, com vários obstáculos naturais. Vá preparado com proteção solar, água, roupas confortáveis e muita disposição.

Base da Cachoeira do Rio do Peixe em Rio Negro (Foto: Ranziel Oliveira / Estrada Alternativa)

Cachoeira do Rio do Peixe

Com morros imponentes e cenários de contemplação à fauna e flora do estado, o trajeto de Campo Grande até a Cachoeira do Rio do Peixe leva pouco mais de 2h. Conhecida também como a cachoeira de Fala Verdade, o ponto turístico fica 20 km da área urbana de Rio Negro.

Com uma queda de água surpreendente, de aproximadamente 70 metros, após fazer uma pequena e cautelosa trilha, os turistas podem se esbaldar em um banho tranquilo, na queda d’água.

Morro do Paxixi

(Foto: Ranziel Oliveira / Arquivo Pessoal)

Localizado a cerca de 150 km de Campo Grande, no distrito de Camisão, que pertence à Aquidauana, o Morro do Paxixi é um destino muito procurado por quem procura contato com a natureza e muita aventura. Até lá, todo o trajeto surpreende com as belas da fauna e flora.

Para chegar até o mirante do Morro, diferente do Ernesto que todo o trajeto é feito a pé, no Paxixi você pode ir com seu veículo. Em dado momento, será necessário estacionar e seguir andando, mas esse trajeto é curto e tranquilo.

Cachoeira Los Pagos

Mato Grosso do Sul, cachoeiras, balneários, rios e acampar

Cachoeira Los Pagos em São Gabriel do Oeste (Foto: Ranziel Oliveira / Arquivo Pessoal)

Em São Gabriel do Oeste está a cachoeira Los Pagos, destino ideal para quem gosta de adrenalina e contato com a natureza, distante 140 km de Campo Grande.

Com acesso fácil às duas primeiras quedas, para quem quer vislumbrar a cachoeira principal, é necessário um pouco mais de preparo físico, devido os obstáculos naturais que a trilha vai oferecer.

Dependendo o ritmo da caminhada, o percurso até a cachoeira pode demorar 40 minutos, mas a recompensa vem com uma paisagem exuberante.

Cachoeira de Furnas do Dionísio

Furnas do Dionísio é paraíso natural

Furnas do Dionísio é paraíso natural (Foto: Leonardo de França/Jornal Midiamax)

Para quem quer conhecer a beleza de Furnas do Dionísio, comunidade quilombola que fica em Jaraguari, precisa percorrer um trajeto de apenas 40 km da capital. Lá, a paisagem exuberante é composta por morros e cachoeiras, que propiciam também uma trilha imersa na vegetação, para quem busca aventura.

Opções de passeio no interior de MS

Buraco das Araras

Buraco das Araras Ecoturismo

Foto: Divulgação/VisitMS

Com a ave símbolo de Mato Grosso do Sul, o Buraco das Araras é perfeito para quem ama observar aves ao ar livre, em um percurso de 970m e dois mirantes contemplativos, o observador pode circular pela trilha na Reserva Particular do Patrimônio Natural e identificar os melhores ângulos para fotografar e observar as araras e as mais de 150 espécies de aves que já foram catalogadas no local. 

O passeio fica a 30 km de Jardim e 65 km de Bonito, a duração prevista é de 4 a 8 horas. O percurso inclui acompanhamento de monitor ambiental ou guia de turismo, chapéu de palha e/ou capa de chuva.

Corumbá

Corumbá

Foto: Divulgação

Datada de 1775, a cidade de Corumbá é uma das mais antigas de Mato Grosso do Sul. Rica em belezas naturais, o local possui diversas atrações voltadas aos turistas como o Forte Junqueira e Forte Coimbra, o Porto Geral e seus casarões antigos em estilo europeu (tombados pelo Patrimônio Histórico Nacional), parques, monumentos, museus e o Mirante São Felipe (Cristo Rei) ponto de parada obrigatória para quem visita à cidade.

Além de todo o contexto histórico e cultural, por estar situada na fronteira com a Bolívia, Corumbá é um destino muito procurado para o turismo de compras e para a pesca esportiva, que pode ser realizada nos passeios fluviais em chalanas e barcos-hotéis oferecidos na Rota.

Gruta do Lago Azul

Gruta do Lago Azul - Prefeitura de Bonito

Gruta do Lago Azul (Foto: Reprodução/ prefeitura de bonito)

Paraíso subterrâneo, a Gruta do Lago Azul é um dos principais atrativos turísticos de Bonito.

Ao adentrar a caverna, os turistas são envolvidos por uma atmosfera mágica. A luz do sol penetra pelas aberturas no teto e ilumina as águas cristalinas do lago, que ganham tons de azul intensos.

No passeio, os turistas têm a oportunidade de contemplar formações rochosas, estalactites e estalagmites que se formaram ao longo de milênios. A história geológica do lugar é fascinante e mostra o quão majestosa é a natureza.

A Gruta está localizada na rodovia Frida Garzella dos Santos, KM 20, em Bonito–MS.

Hotel Recanto Barra Mansa

Hotel recanto barra mansa

Foto: Divulgação

Localizada no Pantanal do Rio Negro, a pousada fundada há mais de 40 anos proporciona uma vivência das atividades típicas de uma fazenda pantaneira que inclui até a passagem de uma comitiva de gado pela fazenda.

Na pousada é possível acompanhar os peões no manejo do gado e da tropa de cavalos, aprender a laçar o boi, colher verduras na horta, auxiliar no cuidado com as galinhas e carneiros, participar da ordenha das vacas-leiteiras e ajudar as cozinheiras a fazer queijo e doce de leite.

A pousada fica na rodovia MS-170, em Aquidauana – MS.

Cabanas Arvorismo

Arvorismo

Foto: Divulgação

Realizada na copa de árvores centenárias com até 15 metros de altura, o passeio nas Cabanas Arvorismo conta com 18 obstáculos diferentes e duas tirolesas, sendo uma tirolesa aquática. A atividade desafia o equilíbrio e estimula a emoção. 

Localizado a 6 km de Bonito, o passeio tem duração de 1 hora e 30 minutos, com percurso de 250m de caminhada, 350m de extensão e 20 obstáculos. A atividade inclui monitores, capacete e todos os equipamentos necessários para a prática da atividade.

Pantanal Park Hotel

Pantanal Parkhotel

Foto: Divulgação/Redes sociais

O Pantanal Jungle Lodge está localizado na Estrada Parque Pantanal Sul, às margens do Rio Miranda. Especializada em ecoturismo, o local oferece serviços de hotelaria e atividades turísticas, além de agregar o rústico pantaneiro ao conforto da vida moderna.

Construída em madeira sobre palafitas, a pousada se adapta perfeitamente ao belo ciclo das águas típico do ecossistema da região, com objetivo de respeitar o meio ambiente e promover o equilíbrio entre o homem e a natureza. O parque está localizado na rodovia BR-262, km 712 – Zona Rural de Corumbá.

Pousada Pequi

Pousada Pequi

Foto: Divulgação/Pousada Pequi

Típica fazenda pantaneira, a Pousada Pequi, localizada em Aquidauana, preserva a cultura local e proporciona um atendimento familiar, acomodações aconchegantes e comida típica da região aos hóspedes.

No local, é possível contemplar as belezas do Rio Aquidauana, observar a vegetação pantaneira e a maneira como o ribeirinho pratica a pesca artesanal de peixes. 

A pousada também oferece passeio a cavalo, passeio de barco, safári fotográfico, pesca de piranhas, passeio de charrete, lida com gado, focagem noturna de jacarés e ordenha. Para chegar ao local basta pegar a estrada rural MS 171, no 40 KM, em Aquidauana.

Refúgio da ilha

Refúgio da ilha

Foto: Divulgação/Refúgio da ilha

Localizada em uma ilha formada por dois braços de rio, a pousada Refúgio da Ilha está à beira das águas cristalinas do Rio Salobra, entre a Serra da Bodoquena e o Rio Miranda.

Comprometida com a conservação ambiental, a pousada oferece atividades de mínimo impacto ambiental com expedições realizadas em pequenos grupos. O refúgio compreende rios, matas corixos, campos, baías em uma das maiores biodiversidades do mundo.

A pousada está localizada na rodovia BR-262, em Miranda – MS.

Pousada Aguapé

Pousada Aguapé

Foto: Divulgação/Redes sociais

Cercada por uma área formada por vegetação típica do Pantanal, mesclada com cerrado, baías (lagos), vazantes e corixos (lagoas), a pousada Aguapé é o ambiente ideal para observadores de aves, pois concentra mais de 300 espécies catalogadas.

Administrada pela mesma família há mais de 150 anos, a pousada Aguapé diversificou suas atividades a partir de 1989, e aliou o turismo ecológico à criação de gado, proporcionando uma experiência única aos hóspedes.

A pousada está localizada na Fazenda São José, na Zona Rural de Aquidauana, MS.

Boca da Onça

Boca da Onça Ecotour

Foto: Divulgação/VisitMS

Passeio tradicional para quem visita à região, o trajeto compreende uma trilha por mata preservada que passa por oito cachoeiras de águas cristalinas. O destaque fica por conta da cachoeira Boca da Onça, considerada a mais alta de Mato Grosso do Sul, com 156 metros de altura.

Na atividade também é possível relaxar em piscinas naturais, se refrescar no Rio Salobra e se aventurar no Buraco do Macaco. A trilha conta com quatro pontos para banho e local de descanso com bar e banheiros durante o trajeto.

O passeio fica na rodovia Bodoquena, S/N Km 26 Zona Rural – Bodoquena, MS.

Passeio de chalana 

chalana

Foto: Divulgação/VisitMS

Eternizada pela música do cantor e compositor Almir Sater, o passeio de chalana é uma das atrações mais procuradas no Pantanal, em Corumbá.

No passeio de chalana, é possível navegar de forma tranquila pelos rios, observar a diversidade de aves pantaneiras e animais como jacarés, ariranhas, lontras, cervos e famílias inteiras de capivaras. 

Para quem ama uma boa pescaria, o passeio na embarcação fluvial possibilita momentos descontraídos de pesque e solte.

 Receba notícias antes de todo mundo

Seja o primeiro a saber de tudo o que acontece nas cidades de Mato Grosso do Sul. São notícias em tempo real com informações detalhadas dos casos policiais, tempo em MS, trânsito, vagas de emprego e concursos, direitos do consumidor. Além disso, você fica por dentro das últimas novidades sobre política, transparência e escândalos.
 Participe da nossa comunidade no WhatsApp e acompanhe a cobertura jornalística mais completa e mais rápida de Mato Grosso do Sul.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Evento
Acontece nesse final de semana o Baile dos Namorados no Floresta Clube de Campo em Fátima do Sul
FUNTRAB - Foto: Bruno Rezende FERIADÃO CHEGANDO
Corpus Christi: confira o 'abre e fecha' dos órgãos públicos do Estado nesta semana
FÁTIMA DO SUL NAS TELINHAS
Filme produzido em Fátima do Sul reúne talentos locais e promete encantar público nesta quarta-feira
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter Top FAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'
Fotos: Chico Ribeiro AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Ações municipalistas impulsionam desenvolvimento com novos investimentos em 03 municípios

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL EM DESTAQUE
Conhecendo Fátima do Sul com Leandro Santos: Uma viagem cultural pelo Favo de Mel do MS
Fotos: Washington Lima / Fátima Em DiaFÁTIMA DO SUL - REFORMA ILHA DO SOL
Prefeita Ilda Salgado Machado inicia reforma transformadora da Ilha do Sol em Fátima do Sul, ASSISTA
FATIMASSULENSE EM DESTAQUE
Fatimassulense é pódio em mais um rodeio em touros, agora na Expotac 2024
Sósia
Professora acusada de se relacionar com ex-aluno adolescente desabafa
Estátua que seria homenagem para João Carreiro desagradou família / Redes Sociais/Repórter TopFAMÍLIA SE REVOLTA
Família se revolta com homenagem a João Carreiro: 'músicas sem autorização e estátua nada parecida'