Menu
SADER_FULL
sexta, 5 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
EMOÇÃO

Itaporaense reencontra mãe biológica após 34 anos

A itaporaense reencontrou a mãe, um casal de irmãos e mais três irmãos por parte do seu pai biológico, que já é falecido.

30 Mar 2020 - 12h03Por Itaporã News

A itaporaense, Jaqueline Lima Cabral de 34 anos, foi criada em Montese, sua mãe adotiva, Marinete Lima Cabral (dona Marina), a tratou com muito amor e carinho, mas apesar de todo o cuidado a filha sempre quis conhecer sua família biológica. Jaqueline buscou pistas por meio da família adotiva que a levassem a informações de sua origem.

A itaporaense por medo de magoar sua mãe de criação  foi "impedida" de procurar a família biológica, por muitos anos, até que sua mãe adotiva faleceu, a qual estava em idade avançada e contou com todo cuidado, amor e apoio de Jaqueline.

Após um ano e seis meses da morte de sua mãe de criação, Jaqueline começou a procurar por meio do rádio sua família biológica, não obtendo êxito. A itaporaense sabia somente o primeiro nome de sua mãe, mas isso não a impediu de seguir com as buscas.

Jaqueline passou a procurar por sua família biológica através das redes sociais. Após um período de buscas no Facebook, nos perfis de várias pessoas com o mesmo nome "Ilda" (nome da mãe biológica) Jaqueline encontrou um rapaz parecido com ela e descobriu que era seu irmão.

Em contato com o rapaz que era muito parecido com ela, a itaporaense teve a certeza que havia encontrado sua família biológica, após 34 anos.

A mãe biológica de Jaqueline, Ilda Garcia, é moradora do município de Maracaju. A itaporaense reencontrou a mãe, um casal de irmãos e mais três irmãos por parte do seu pai biológico, que já é falecido. 

"O sentimento hoje é de gratidão a Deus por ter encontrado meus parentes biológicos, a cada dia estou mais apaixonada por essa nova família também. Minha mãe de criação foi ótima, mas eu precisava me sentir completa", contou Jaqueline a redação do Itaporã News.

Jaqueline reencontrou sua família biológica e foi recebida com muito carinho. Hoje a itaporaense está feliz e realizada por preencher todas as lacunas de sua história e, ainda ter mais uma família para amar.

Jaqueline e dois irmãos que ela não conhecia

Deixe seu Comentário

Leia Também

VÍDEO - CAPIVARA BOA DE MERGULHO
Capivara boa de mergulho é flagrada em rio de MS, assista
BORA PRA BONITO (MS)
Hotel Águas de Bonito é a integração total com a natureza, reabertura 1º de julho em Bonito (MS)
SERVIDORES DE MS
Servidores estaduais ganham “feriadão” prolongado em junho
SORTUDOS
Aposta de Rio Brilhante acerta 15 números da lotofácil e fatura mais de R$ 730 mil
BOMBEIROS
Bombeiros raspam o cabelo em apoio a soldado com câncer em Maracaju
VICENTINA - DELIVERY - PESQUEIRO 7 BELLO
Pacu sem espinho e outras opção é no Delivery do Pesqueiro 7 Bello, entrega em Fátima e Vicentina
DESAPARECIDO
Mágico casado com filha de Leonardo some do mapa e cantor ainda não sabe
FÁTIMA DO SUL - CIA DO BICHO
Cia do Bicho de Fátima do Sul é destaque no programa Homeo Pet TV, Assista
ARTIGO LUCÉLIA FIGUEIREDO
A cura tem que passar pelo Coração...
SORTUDO
Sul-mato-grossense ganha sozinho prêmio máximo da Lotomania