Menu
SADER_FULL
quinta, 29 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
Drama continua:

Edilson agora encara processo por filha assumida sem DNA

2 Abr 2014 - 07h42Por Uol

O alívio de Edilson ao deixar a prisão pelo não pagamento da pensão de um dos seus filhos durou poucos dias. Não, ele não voltou a ser detido, mas já tem uma nova preocupação semelhante que precisa solucionar para não correr novos riscos: encara na justiça outro processo, agora pelo pagamento da pensão de uma filha que assumiu a paternidade sem sequer fazer teste de DNA.

O "capetinha" tem três filhos, sendo que Sofia, de quatro anos, foi a última na qual reconheceu ser pai. O advogado do jogador, Thiago Phileto, alega que ele paga normalmente a pensão da filha, só que diz que o valor é abusivo e não compatível com a renda atual do campeão mundial com a seleção brasileira em 2002.

"Ele admite essa paternidade, inclusive ele já fez um acordo nesse processo. Mas entendo que o valor que está sendo pago pra pensão é completamente fora da realidade. Foi pedido dez salários mínimos por mês, um valor próximo a R$ 10 mil. Não é condizente com as possibilidades financeiras dele. Não que ele não tenha esse valor. Mas agora esse valor já implica em deixar de ter saúde dele mesmo. O que ele pode pagar hoje é R$ 1.500. Só que ele não quer deixar nenhum filho na mão", falou.

Segundo Phileto, depois de usar o fim de semana para se recuperar psicologicamente do baque de ter dormido duas noites na prisão, agora é hora de Edilson reorganizar a casa para evitar que fique novamente vulnerável à situação não só no caso da filha, mas também no que passou essa semana

"Vamos pegar essa semana e arrumar a casa, ver a parte jurídica e ver os processos e buscar reduzir isso de uma maneira legal, e se não for possível vamos entrar com processo de revisão."

Edilson foi preso na última quarta-feira e só na noite de sexta deixou a penitenciária. O pentacampeão mundial estava detido em decorrência de um processo por falta de pagamento de pensão alimentícia para um filho, mas a família dele depositou R$ 102 mil em juízo e conseguiu a liberação.

A ação movida por ela tinha valor de R$ 7,1 milhões, mas a defesa do ex-jogador alegou que esse valor era irreal. 

A 9ª Vara Familiar de Salvador havia expedido em dezembro do ano passado um mandado de prisão para Edilson. No entanto, o ex-jogador foi interpelado pela Polícia Militar somente na tarde da última quarta-feira, em ação na Avenida Anita Garibaldi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BORA PRA BONITO - MS
Faça agora sua reserva para o Passeio de Flutuação no Aquário Natural em Bonito (MS)
JOGOS ONLINE
Você já experimentou o cassino online?
É VERDADE
Pescador fisga 'peixão' de 1,4 m no Rio Aquidauana
PAGAMENTOS IGAMING
Pagamentos mobile no IGAMING não para de crescer
SORTUDO DE MS
Apostador acerta a Quina da mega-sena e leva R$ 42 mil, ele é do MS
MUNDO DOS FAMOSOS
Jorge, da dupla com Mateus, engravida amiga da sua ex-esposa
100 SALÁRIO
Artistas douradenses protestam contra prefeitura pela falta de pagamento
FAMOSIDADES
Luan Santana e Jade Magalhães terminam noivado de 12 anos
MÊS DA CRIANÇA
IASD de Fátima do Sul incentiva crianças ao plantio de árvores frutíferas no Jardim Brasilândia
BRASILEIRÃO
Com possível 'adeus' de Soteldo, Santos vence o Coritiba fora de casa