Menu
SADER_FULL
sábado, 28 de maio de 2022
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
FESTIVAL DE PESCA EM BONITO

Destino de ecoturismo, Bonito terá festival de pesca esportiva neste fim de semana

Festival desafia amantes do anzol e atrai participantes de várias cidades sul-mato-grossenses, do Paraná e de São Paulo

12 Mai 2022 - 10h09Por Correio do Estado

Melhor destino de ecoturismo do Brasil, as belezas e os atrativos de Bonito vão muito além de suas águas translúcidas, abismos, lagos subterrâneos, grutas, balneários e da biodiversidade da Serra da Bodoquena, na transição entre Cerrado e Mata Atlântica. 

As áreas de nascentes e banhados dos rios que encantam o mundo são intocáveis, porém a pesca esportiva também faz parte do leque de opções que a região oferece aos visitantes.

Bonito tem o Rio Miranda, um dos principais da bacia do Rio Paraguai, maior tributário do Pantanal, e o endereço para uma boa pescaria é o distrito de Águas do Miranda. 

Com pouco mais de seis mil habitantes, o povoado cresceu ao lado do rio, no limite de Bonito com Anastácio, e hoje conta com excelente estrutura (hotéis, pesqueiros e ranchos) para quem busca emoções na fisga de um dourado, espécie abundante.

Distante 180 km de Campo Grande e 70 km de Bonito, Águas do Miranda ganha visibilidade com os investimentos do governo do Estado (o acesso pela MS-345, antiga Estrada do 21, está sendo pavimentado) e os incentivos do município para desenvolver um turismo sustentável e focado nas famílias.  

O ordenamento da atividade e a chegada da infraestrutura começam a atrair outro perfil de turista, com o distrito já fazendo parte do roteiro de quem visita Bonito.

PESCA E AVENTURA

Neste fim de semana, será realizado no local o primeiro Festival de Pesca Esportiva, com a participação de pescadores de várias cidades do Estado e também do Paraná e de São Paulo. 

O torneio é um divisor de águas, segundo o prefeito bonitense Josmail Rodrigues, incentivador da prática do pesque-solte. “Queremos potencializar a pesca no distrito, mas com uma mentalidade nova, sem predação, em família e de puro lazer”, diz Rodrigues.

O festival terá a presença do governador Reinaldo Azambuja, entusiasta da pesca esportiva, e começa na sexta-feira, com abertura e show do grupo Alma Serrana.  

A prova adulta será no sábado, a partir das 7h, com show do grupo Tradição às 21h. No domingo, será a vez das crianças e dos jovens, de cinco a 16 anos, praticarem a pesca de barranco. O evento realizado pela prefeitura sorteará um barco, motor 15 HP, e um caiaque entre os participantes.

A chegada do asfalto no distrito – as obras em 100 km estão sendo executadas em quatro frentes – vai potencializar a região, não apenas para a pesca, apostam os empresários locais.  

“Aqui, o céu não vai ter limites para o turismo”, afirma Pedro Henrique Garcês, 42 anos, dono do Hotel-Fazenda Genipapo, um dos principais equipamentos de Águas do Miranda. “Vamos ganhar uma estrada-parque, e com ela virão os estradeiros, os observadores da natureza”, completa.

BOAS ACOMODAÇÕES

A estrutura do Genipapo já está pronta para receber esse novo público: além de três piscinas, sauna, tanque com as principais espécies de peixes nativos, salão de jogos e academia, o hotel está construindo quatro quadras de beach tennis.  

Mas o pesque-solte no Miranda, localizado próximo à sede, ainda é o grande atrativo. Em setembro, o Genipapo vai receber um grupo de 15 norte-americanos. “Eles vêm atrás do dourado”, conta Pedro Henrique.

Apesar de só agora existir de fato no mapa turístico do Estado, Águas do Miranda conta com uma rede de hospedaria que chega a 600 leitos e amplo comércio voltado à venda de equipamentos de pesca e de isca viva.  

A comunidade surgiu há 50 anos, e um dos pioneiros é Maria Aparecida de Souza (Dona Cida), paranaense, que guarda na parede do seu restaurante a foto com um pacu de 16,5 quilos fisgado no Miranda. “Peixe aqui é fartura”, garante.

Um dos hotéis mais antigos é o Cabana do Pescador, em atividade há 50 anos. Distante 10 km da vila, oferece pescaria completa e também trabalha com day use. “Com o acesso mais fácil, vamos atrair o turista que chega a Bonito e não tinha conhecimento do nosso potencial pesqueiro”, afirma a gerente Leia Rezende. Outra opção de hospedagem é o Pesqueiro Santa Inês, que disponibiliza cozinha e quiosques com churrasqueiras para os visitantes.

Serviços

Águas do Miranda está localizado a 180 km de Campo Grande. O acesso é pelas BRs 262 e 419 (Anastácio, sentido Nioaque), com entrada 20 km à direita para pegar a MS-345.

 Do trevo ao distrito são 30 km. A estrada está em boas condições de tráfego, mas é preciso atenção por conta dos desvios e da movimentação de máquinas e de operários com as obras do asfalto.

Para participar do Festival de Pesca Esportiva é preciso garantir a inscrição, pois a prova é limitada a 60 barcos com duas ou três pessoas. Contato com Henrique Filho, um dos organizadores, pelo WhatsApp: (67) 99629-5622. 

O valor da inscrição é um quilo de alimento não perecível. A prova principal será realizada em uma extensão de 20 km do Rio Miranda.

 

 

 

Leia Também

FOTO: O NOVELÃO RESUMO DAS NOVELAS
PANTANAL: Confira o resumo desta sexta-feira, 27 e sábado 28
EDITAL DE PROCLAMAS Nº 6.045
Cartório do 2º Ofício de Fátima do Sul divulga o Edital de Proclamas
Sertanejo passou por cirurgia no quadril - Crédito: Instagram SERTANEJO CONRADO
Sertanejo Conrado segue na UTI, confira as últimas informações
LIÇÕES DA BIBLIA
Estudo adicional
BIOPARQUE PANTANAL
Jacarés do Bioparque Pantanal recebem chips; marcação garante controle da saúde dos répteis
TURISMO EM BONITO E MS
MS leva capacitação sobre turismo de Bonito e Pantanal para a BNT Mercosul
FASP 2022
Reinaldo Azambuja abre o Fasp 2022 destacando a latinidade que pulsa em Corumbá
EDITAL DE PROCLAMAS Nº 6.044
Cartório do 2º Ofício de Fátima do Sul divulga o Edital de Proclamas
Foto:Deivid Correia - Site Oficial Michel Teló COMEÇA HOJE
Michel Teló abre hoje o Festival América do Sul Pantanal 2022, confira a programação
LIÇÕES DA BIBLIA
Jacó partiu