Menu
quarta, 24 de abril de 2024
Busca
Busca
JATEÍ EM DESTAQUE

Projeto com estudantes de JATEÍ (MS) brilha em São Paulo e recebe prêmio nacional

3 Abr 2024 - 15h33Por ELIAS FERREIRA / LUPA NEWS

O município de Jateí ainda comemora um fato inédito na história recente no meio estudantil local. É que, na semana passada, estudantes da comunidade jateiense conquistaram importantes colocações na literatura, num evento nacional de pesquisa científica. Elas participaram da Feira Brasileira de Ciências e Engenharias (Febrace) e conquistaram o “Prêmio Projeto Destaque Unidades da Federação – MS” e “Prêmio 2º Lugar em Ciências Humanas”.

A conquista foi resultado de muito trabalho pesquisa para que o projeto se desenvolvesse e conseguisse participar de diversas feiras científicas e literárias, inicialmente no Mato Grosso do Sul. A base do trabalho das estudantes jateienses foi o livro Jateí, História e Cultura, organizado no ano de 2008 e publicado em 2020. Os artigos do livro foram escritos em sua maioria por mulheres que militam na educação jateiense.

A equipe inicial do projeto de pesquisa sobre as escritoras de MS foi formada por Edilaine Rodrigues Rocha, junto com as estudantes Ana Laura Dias Garcia (Jateí), Ana Julia Souza Silva Leite (Fátima do Sul) e Maria Clara Narciso Maciel (Vila Vargas). Esta equipe  conseguiu construir o arcabouço de mais de 200 escritoras.

Com a formatura das alunas em 2022 e 2023, uma nova equipe foi formada pelas estudantes do IFMS – campus Dourados,  Isabella Dias Garcia (Jateí), Sofia Lopes de Souza (Glória de Dourados), Julia Alves Araújo (Dourados) e Marina Signor Tirloni (Dourados), que continuam com essa pesquisa, porém tendo contato maior com as escritoras através das entrevistas.

Falando em nome do grupo, Edilaine disse que sentiu extremamente honrada em poder representar Jateí na maior feira científica do Brasil. “Pude levar o livro da história e cultura do meu município para que outras pessoas também pudessem conhecer, tudo isso graças ao trabalho das diversas pessoas que ajudaram na construção desse livro, em especial as organizadoras Elza Augusta Nogueira da Silva e Maria Raimunda Bezerra da Silva”, expressou Edilaine.

Edilaine atualmente está cursando Relações Internacionais na Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). O Projeto “Escritoras no Mato Grosso do Sul é orientado pela professora doutora Karina Kristiane Vicelli, professora de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira e Coordenadora de Pesquisa e Inovação do IFMS – campus Dourados.

O principal objetivo do projeto é divulgar a escrita em diversas áreas do conhecimento, produzidas por mulheres que tenham nascido, sido naturalizadas ou escrevam sobre o estado. “Inicialmente foi feita uma coleta de dados em nossos municípios, em 2022 – ano em que começamos a desenvolver a pesquisa – éramos em 4 estudantes moradoras de cidades diversas da região da Grande Dourados. Visitamos bibliotecas municipais e a de nossa escola em busca de escritoras locais. Após isso, passamos a realizar a pesquisa remotamente via internet em sites de editoras locais, sites de universidades, portais de notícias municipais e redes sociais”, explica.

Por ser uma pesquisa de teor quantitativo, as estudantes coletaram o máximo de escritoras que conseguiram.  Essas informações foram adicionadas a uma planilha na qual continha o nome da escritora, a cidade do MS em que ela mora/nasceu, uma mini-biografia, a obra que ela escreveu, onde ler ou comprar essa obra e uma foto da escritora, quando possível.” Realizamos reuniões semanais com toda equipe para a revisão e aprimoramento desses dados durante os 6 primeiros meses”, detalha Edilaine.

Como o objetivo era divulgar as escritoras e suas obras, foi criado um perfil na plataforma digital Tumblr. “Atualmente contamos com 222 escritoras catalogadas em nossa página de livre acesso ao público <https://escritorasms.tumblr.com/>. Utilizamos também  como ferramenta de divulgação o Instagram, onde publicamos os resultados e acontecimentos do projeto disponível no link <https://www.instagram.com/escritorasms/> ou pelo perfil @escritorasms”, informa Edilaine.

A primeira conquista do projeto Escritoras MS foi a aprovação no Edital PICTEC 2 da FUNDECT MS, na qual fomentou nossa pesquisa durante 1 ano. “Participamos da Feira de Ciências da Grande Dourados (FECIGRAN) promovida pelo IFMS – campus Dourados durante os anos de 2022 e 2023 e em ambos ganhamos o Prêmio de Melhor Diário de Bordo. Em outubro de 2023 participamos da XIII Feira de Tecnologias, Engenharias e Ciências de Mato Grosso do Sul (FETECMS), em Campo Grande-MS, a maior feira científica do estado, onde o projeto foi premiado em 3º Lugar em Ciências Humanas na categoria FETEC PICTEC. Ainda em 2023, participamos como convidadas na maior feira literária do Mato Grosso do Sul, a Feira Literária de Bonito (FLIBonito), em Bonito-MS, a apresentar a mesa redonda “Escritoras MS: Um percurso pela escrita feminina no Mato Grosso do Sul”, onde também tivemos a oportunidade de conhecer várias das escritoras na qual havíamos pesquisado”, assinala a estudante.

Porém, de todas as conquistas, a maior delas veio em 2024, com a participação na  Feira Brasileira de Ciências e Engenharias (FEBRACE), a maior feira de ciências e engenharias do Brasil. “Fomos agraciadas com o Prêmio Destaques Unidades da Federação (Mato Grosso do Sul) que tem por objetivo reconhecer o melhor projeto de cada Estado, na qual recebi um certificado digital de Menção Honrosa e o Prêmio 2º Lugar em Ciências Humanas, na qual recebi uma medalha e um certificado digital”, comemora Edilaine.

“Todos esses prêmios apenas ressaltam a importância da luta pela igualdade de gênero em nossa sociedade. Se cada cidade, cada estado, cada país fizer esse resgate histórico-cultural através da pesquisa de obras publicadas por mulheres, poderemos fazer com que a história não se perca e que essas mulheres não sofram um processo de apagamento de sua contribuição para a construção de nossa história. Por isso, a ideia do projeto é que a cada ano passe uma nova equipe de meninas que continuem esse trabalho de catalogação e tenham um contato maior com as escritoras através de entrevistas disponíveis em nosso perfil do Instagram (@escritorasms) e canal do YouTube <https://www.youtube.com/@escritorasms>”.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

FOTO: UNIGRAN DOURADOS UNIGRAN DOURADOS
Sustentabilidade é foco da 15ª Jornada Acadêmica de Arquitetura e Urbanismo
SAD - Foto: Bruno Rezende/Arquivo GABARITO DIVULGADO
SAD divulga gabaritos do concurso da Saúde e abertura de prazo para recurso; confira
UNIGRAN DOURADOS - CONGRESSO
VIII Congresso da Saúde vai reunir mais de 30 profissionais renomados na UNIGRAN
Coordenadores, a Reitora da Instituição e o general de Brigada Abelardo Prisco de Souza Neto UNIGRAN DOURADOS
Coordenadores da UNIGRAN recebem 'Diploma de Amigo da 4ª Brigada' no Dia do Exército
Fotos: Arquivo Escolar AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com investimentos e oferta em tempo integral, educação escolar indígena de MS é destaque

Mais Lidas

FOTO: BLOG FAVO DE MELFÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul com tristeza se despede do querido amigo Mirão, família informa sobre velório
MEGA-SENA - Foto: Tânia Rego/ Agência BrasilSORTUDOS DE MS
Sortudos de MS faturam R$ 202,8 mil na quina da Mega-Sena; DEODÁPOLIS e mais 13 cidades na lista
FEMINICÍDIO
Família se despede de Andressa em velório após ser atropelado por marido
José Braga tinha 77 anos de idade - (Foto: Rede social)LUTO
Morre José Braga, ex-vereador em Dourados e Fátima do Sul
ASSASSINATO
Mulher morta com 30 facadas desistiu de programa por achar assassino 'muito feio' em MS