Menu
SADER_FULL
quarta, 28 de outubro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
AÇÕES DO GOVERNO MS

Oportunidade gerada pelo Vale Universidade já beneficiou mais de 8 mil acadêmicos da Capital

O Governo do Estado paga 70% e a Instituição de Ensino Superior 20%.

28 Ago 2020 - 08h19Por Portal do MS

O Programa Vale Universidade, programa do Governo do Estado que é gerido pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), já ofertou mais de 8,8 mil vagas somente para a Capital nos últimos anos. Uma parceria que tem ajudado no desenvolvimento humano e social da cidade por meio do acesso à educação.

No Vale Universidade o acadêmico arca com apenas 10% do valor da mensalidade. O Governo do Estado paga 70% e a Instituição de Ensino Superior 20%. Além do benefício social, uma outra oportunidade oferecida também aos acadêmicos da Capital é o estágio, sempre realizado em instituições parceiras envolvidas com a área afim de estudo do aluno.

“O Programa Vale Universidade foi criado com a finalidade de proporcionar auxílio financeiro aos acadêmicos de baixa renda, que não possuem condições de arcar com as despesas da sua formação superior. Por intermédio do estágio nós temos aprimoramento profissional e com repasse financeiro o apoio material necessário para que possam concluir a almejada formação. Vemos que o Programa Vale Universidade vem alcançando não só o seu objetivo e finalidade regimental, mas também proporciona o fomento econômico com a inclusão desses jovens no mercado de trabalho”, destaca a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

Para o futuro publicitário, Matheus Barreto, ser beneficiário do Vale Universidade também oportunizou crescimento profissional. “Comecei a faculdade de Publicidade e Propaganda em 2017 e logo no segundo semestre já ingressei no estágio diretamente na minha área. Hoje estando no último semestre fico muito grato por ter tido a oportunidade de ser beneficiário do programa. A bolsa de estudo fornecida foi de grande importância visto que arco apenas com 10% da mensalidade e a experiência que adquiri durante minha formação será de extrema importância para o meu futuro como profissional da minha área”, aponta o estudante.

“São inúmeros relatos e testemunhos que desde 2015, quando ingressei a equipe técnica do programa, tenho recebido. Além da realização pessoal e profissional de cada um deles, que é a igualdade na condição de poder disputar uma vaga, o Vale age levando o progresso não só para o acadêmico e sua própria família, mas também para economia da nossa Capital e do estado”, complementa a coordenado do Vale Universidade, Karla Sandim.

Os mais de 8 mil acadêmicos beneficiados representam a soma desde a criação do programa em 2007, nas diversas áreas do conhecimento, conforme dados da Superintendência de Projetos Especiais (Suproes) da Sedhast.

Leomar Alves Rosa, Sedhast 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ARTIGO DO LEITOR
Professor Fatimassulense escreve sobre Mato Grosso do Sul na Política Nacional
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Professora destaca obra literária de resgate histórico em Jateí
HONESTIDADE
Cortador de cana acha carteira com R$ 8 mil e devolve ao dono, em Goiás
FÁTIMA DO SUL - EDUCAÇÃO FÍSICA
Em avaliação do MEC, cursos de Educação Física de MS variam entre 'muito fraco' e de 'excelência'
OBRAS PARALISADAS
Novo prefeito terá desafio de criar 3 mil vagas nas creches em Dourados
Educação
Governo forma primeira turma de médicos da Universidade Estadual de MS
DOURADOS - UNIGRAN
Cursos da UNIGRAN têm nota máxima no Enade 2019
100 SALÁRIO
Artistas douradenses protestam contra prefeitura pela falta de pagamento
MÊS DA CRIANÇA
IASD de Fátima do Sul incentiva crianças ao plantio de árvores frutíferas no Jardim Brasilândia
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo divulga cronograma de reposição de vagas do concurso da Polícia Civil