Menu
SADER_FULL
quarta, 2 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
CIA DO BICHO
OBRAS PARALISADAS

Novo prefeito terá desafio de criar 3 mil vagas nas creches em Dourados

Desafio do próximo gestor será zerar lista de espera e ativar obras que estão paralisadas

22 Out 2020 - 10h43Por Dourados Agora

O novo prefeito de Dourados vai encontrar uma fila de cerca de 3 mil crianças na espera por uma vaga nos Centros de Educação Infantil Municipal (CEIM) e pelo menos quatro obras paralisadas, algumas, desde a gestão anterior, há 4 anos (ver Dia1).

De acordo com o Ministério Público Estadual o déficit é de 423 no Berçário I; outros 985 em Berçário II; mais 798 a Maternal I; e 540 a Maternal II, além de 233 a Pré I; e 66 a Pré II. O município foi condenado em 2012 a zerar a fila de espera.

A situação se agrava ainda mais após a desistência da Escola Infantil Creche André Luiz em continuar atendendo de forma conveniada com a Prefeitura, após um longo período de atraso no pagamento, o que dificultou a continuação desse serviço. Com isso os 200 alunos que estavam lá terão que ser redistribuídos para outras conveniadas.

A especialista em educação infantil Eliane Eurides Serafim, disse que a situação é preocupante. Ela destaca a importância da escola na primeira infância. "A formação do caráter é construído até os seis anos de idade e vai determinar o que será pelo resto da vida. Além disso tem a questão do desenvolvimento da criança como a autonomia, a coordenação motora, a fala entre outros estímulos que recebe na escola", ressalta, observando que a educação infantil deve ser levada mais a sério pelos gestores.

A professora Carliana Cordeiro Maldonado é um dos milhares de exemplos de mães que tiveram que parar de trabalhar porque não tinha com quem deixar a filha recém-nascida. Moradora no 4º Plano, região cercada por Ceims, ela lamenta não ter conseguido sequer uma meia bolsa para ajudar. "A gente vê pelo menos três Ceims aqui próximo de casa, alguns com obras paradas e fica muito decepcionada", lamenta.

Ministério Público

Recentemente a promotoria pediu esclarecimentos sobre quais os valores gastos, até o presente momento, com as construções de cada um dos seguintes CEIMs: Parque das Nações I, Vila Erondina, Parque do Lago I, Jardim Vitória e Sitioca Campina Verde. Segundo o Ministério Público, em acordo judicial ficou estabelecido que a Prefeitura tinha até o início do ano letivo de 2020 para dar início as atividades do Ceim do Parque das Nações I e que, teria até o dia 31 de março de 2020, para dar início as atividades do Ceim da Vila Erondina, sendo que cada um deles, respectivamente, deverá atender 224 crianças em turnos parciais e/ou, proporcionalmente, 112 crianças em período integral (turno matutino e vespertino). Os Ceims do Parque do Lago I e Jardim Vitória, deverão atender 224 crianças.

Deixe seu Comentário

Leia Também

VALORIZAÇÃO
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
AULAS 2021
Período de pré-matrícula da REE começa nesta segunda-feira
DOURADOS - UNIGRAN
Diretor da Inova UNIGRAN conquista o 1º lugar no ranking de líderes do InovAtiva Brasil
EDUCAÇÃO NA PANDEMIA
Protocolo de Volta às Aulas da Rede Estadual prevê ensino híbrido em 2021
GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
HONESTIDADE
Casal descobre tesouro em casa recém-comprada e devolve pro antigo dono
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Emoção marca agradecimentos de autoras de livro ao prefeito que está resgatando história de Jateí
INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO
Missão educacional em Rio Brilhante se inova com tecnologia para desafios em tempos da pandemia
ARTIGO DO LEITOR
Professor de Fátima do Sul escreve sobre a volta de 15 de novembro nas eleições brasileiras
VOLTA ÀS AULAS EM MS
VOLTA ÀS AULAS presenciais na rede estadual só em 2021, diz governador