Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 5 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
ZANZI
educação

Inep vai aplicar questionário a candidatos ausentes no Enem

1 Nov 2013 - 16h41Por Agência Bras

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) vai aplicar um questionário aos candidatos que se inscreveram, mas não fizeram a prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no final de semana passado, com o objetivo de identificar o perfil desses estudantes.

O exame deste ano registrou 29% de abstenção. Dos mais de 7,1 milhões de candidatos inscritos, cerca de 2 milhões não compareceram à prova. O Inep estima um gasto de aproximadamente R$ 58 milhões com impressão de provas e contratação de profissionais que atenderiam a esses estudantes.

A taxa de abstenção mantém-se constante nas últimas edições, porém à medida que o número total inscrições aumenta, crescem também os gastos com o exame.

O Ministério da Educação (MEC) estuda medidas para evitar ou repor essas despesas. O questionário servirá para levantar o perfil dos participantes ausentes e servirá de base, segundo o Inep, para a elaboração de "uma solução estruturante para reduzir o índice de abstenção no exame".

O Inep também avalia a possibilidade de abrir um prazo para que os candidatos cancelem a inscrição no Enem, antes da impressão das provas.

O presidente do instituto,  Luiz Claudio Costa, disse à Agência Brasil que adoção de medidas punitivas para os participantes que faltam sem justificativa dependem de mudanças na legislação, como a cobrança em dobro da taxa de inscrição.

As provas do Enem foram aplicadas no último final de semana, nos dias 26 e 27 de outubro, em mais de 1,1 mil cidades. O gabarito do exame foi divulgado na terça-feira (29) e está disponível no site do Inep. O resultado final será divulgado na primeira semana de janeiro.

A nota do Enem é usada em programas de acesso ao ensino superior público, com Sistema de Seleção Unificada (Sisu), e ao privado, com o Programa Universidade para Todos (ProUni). É usado também para acessar o ensino técnico, pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). O exame é pré-requisito para obter um empréstimo do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e para participar do programa federal de intercâmbio acadêmico, Ciência sem Fronteiras. Além de poder ser usado para conseguir a certificação do ensino médio.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANO LETIVO 2021
ANO LETIVO 2021 começa em fevereiro, mas sem definição sobre aula presencial
TEMPOS DE PANDEMIA
Aplicativo é mais uma opção para estudante da Rede Estadual acessar Painel do Aluno
VALORIZAÇÃO
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
AULAS 2021
Período de pré-matrícula da REE começa nesta segunda-feira
DOURADOS - UNIGRAN
Diretor da Inova UNIGRAN conquista o 1º lugar no ranking de líderes do InovAtiva Brasil
EDUCAÇÃO NA PANDEMIA
Protocolo de Volta às Aulas da Rede Estadual prevê ensino híbrido em 2021
GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
HONESTIDADE
Casal descobre tesouro em casa recém-comprada e devolve pro antigo dono
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Emoção marca agradecimentos de autoras de livro ao prefeito que está resgatando história de Jateí
INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO
Missão educacional em Rio Brilhante se inova com tecnologia para desafios em tempos da pandemia