Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 31 de outubro de 2020
SADER_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
AÇÕES DO GOVERNO DE MS

Governo de MS estende pagamento do piso até 2027 e promete concurso aos professores

Governo de MS estende pagamento do piso até 2027 e promete concurso aos professores

1 Out 2020 - 15h21Por Campo Grande News

O secretário estadual de Governo, Eduardo Riedel, entregou aos deputados o projeto que muda o estatuto dos profissionais da Educação Básica. Entre as alterações está a transformação do salário em subsídio, que vai englobar todas as gratificações, em um único valor, assim como o compromisso do pagamento do piso em 20 horas, até 2027.

A proposta foi discutida durante cinco meses com a Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de MS), e se chegou a um acordo, antes de ser enviada para Assembleia. Inclusive houve uma reunião nesta manhã (01), com a participação do secretário, parlamentares e representantes dos professores.

Riedel ainda firmou o compromisso com a categoria que haverá concurso público para professores no ano que vem. “Desde o início estamos trabalhando na modernização da relação trabalhista entre o governo e o servidor público. A categoria dos profissionais de Educação é uma categoria grande para o Estado, extremamente importante”, descreveu.

O deputado Pedro Kemp (PT), presidente da Comissão de Educação, destacou que quando uma proposta chega em “consenso”, fica mais tranquilo para os parlamentares votarem a matéria. “Na reunião foi repassado que houve uma negociação e a proposta tem o aval de ambas as partes”.

Projeto – A proposta encaminhada pelo governo destaca que haverá o pagamento do piso salarial, em 20 horas aos professores, de forma escalonada até 2017, mantendo os percentuais previstos para 2020 e 2021. Também cita a mudança no sistema remuneratório e a politica de melhorias nas carreiras da Educação Básica.

“É relevante registrar que esse equacionamento só foi possível em decorrência da elevação do valor da remuneração do professor nos últimos 6 anos, com reajuste de 110% no período de janeiro de 2015 até a integralização prevista para outubro de 2020”, diz o projeto.

Também destaca a “progressão funcional” na carreira em relação ao tempo de serviço, mantendo aos atuais servidores a contagem (tempo) nos mesmos percentuais aplicados hoje. O presidente da Fetems, Jaime Teixeira, disse que a matéria evoluiu em dois pontos fundamentais, que era o piso em 20 horas e o compromisso do concurso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

JATEÍ E SUA HISTÓRIA
JATEÍ: 'Livro da história é realização de um sonho', diz professora
DOURADOS - UNIGRAN
UNIGRAN sorteará prêmios para professores e alunos inscritos na Feira das Profissões
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Professora diz que documentário impresso vai valorizar a educação e história de Jateí
ARTIGO DO LEITOR
Professor Fatimassulense escreve sobre Mato Grosso do Sul na Política Nacional
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Professora destaca obra literária de resgate histórico em Jateí
HONESTIDADE
Cortador de cana acha carteira com R$ 8 mil e devolve ao dono, em Goiás
FÁTIMA DO SUL - EDUCAÇÃO FÍSICA
Em avaliação do MEC, cursos de Educação Física de MS variam entre 'muito fraco' e de 'excelência'
OBRAS PARALISADAS
Novo prefeito terá desafio de criar 3 mil vagas nas creches em Dourados
Educação
Governo forma primeira turma de médicos da Universidade Estadual de MS
DOURADOS - UNIGRAN
Cursos da UNIGRAN têm nota máxima no Enade 2019