Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 10 de agosto de 2020
SADER_FULL
Busca
BANNER ECO TOUR
GLÓRIA DE DOURADOS - EDUCAÇÃO

Glória de Dourados discute criação do Plano Municipal de Educação

Em reunião que aconteceu no Centro de Múltiplo Uso (CMU) no Defap, o prefeito Arceno Athas

4 Dez 2013 - 08h15Por DEMERVAL NOGUEIRA / FÁTIMA NEWS

Em reunião que aconteceu no Centro de Múltiplo Uso (CMU) no Defap, o prefeito Arceno Athas Júnior, juntamente com diversos secretários municipais, vereadores, professores, diretores de escolas e inúmeros representantes de entidades representativas e órgãos oficiais, se reuniram para discutir as ações e medidas para a criação do Plano Municipal de Educação (PME) do município de Glória de Dourados.

O PME é um documento que define metas educacionais para o município por um período de 10 anos. Trata-se de uma exigência prevista na Lei Federal nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001, que instituiu o Plano Nacional de Educação (PNE).

Para o prefeito Arceno Athas Júnior (PROS), “a ausência de um plano de Educação para o sistema municipal de ensino prejudica essencialmente a continuidade dos projetos e das políticas públicas”, relata Athas salientando ainda, “o plano municipal é um instrumento de Estado, não de governo. Ele estrutura políticas públicas que duram muito mais do que o tempo de uma gestão, mas é necessária a participação de todos, de forma democrática e aberta, para que tenhamos um instrumento capaz de suprir as nossas necessidades na esfera educacional, mesmo porque, esse plano precisa chegar até o projeto político pedagógico de cada escola do nosso município”.

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB) os municípios estão incumbidos de organizar, manter e desenvolver os órgãos e instituições oficiais dos seus sistemas de ensino, integrando-os às políticas e planos educacionais da União e dos Estados. Ou seja, o plano municipal deve ser proposto em consonância com o estadual e o federal. A União é a responsável pela elaboração do Plano Nacional de Educação (PNE), em regime de colaboração com os outros entes federados. O plano deve ser resultado de um processo de participação social e reflexão sobre as necessidades da Educação do município.

A secretária municipal de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (SEMEC), professora Ligia Cibeli Tendulo Rodrigues disse que tudo depende de planejamento, assim como numa casa, na compra de um carro, da mesma forma como planejar a própria vida. “Entretanto, com referência à Educação, temos que elaborar o planejamento e deixá-lo por escrito e de forma conjunta. Temos que conhecer a realidade do município, tanto da rede pública, quanto das escolas privadas”, recorda Cibeli detalhando ainda, “precisamos vislumbrar a comunidade mediante um ponto vista amplo e conclamá-la a participar na contextura geral desse processo educacional”.

A secretária invocou o art. 214, da Constituição Federativa, ou seja, acabar com o analfabetismo; garantir que todos tenham acesso à escola; melhorar a qualidade de ensino; formar os cidadãos para o trabalho; fazer o país avançar nas questões da ciência, da tecnologia e na valorização do ser humano. Após a elaboração do Plano Municipal de Educação (PME), ele será apreciado e votado pelo Poder Legislativo gloriadouradense. Os nomes dos membros da comissão que vão formalizar o PME serão publicados através de instrumento legal, no diário oficial do município.

Deixe seu Comentário

Leia Também

FÁTIMA DO SUL - O ADEUS
INACREDITÁVEL: Um dia cheio de dor, tristeza e de dizer adeus em Fátima do Sul
VICENTINA - NOTA DE PESAR
Prefeitura se solidariza e destaca dedicação e contribuição de Cida Lima com a educação em Vicentina
COLAÇÃO DE GRAU
UNIGRAN inova e realiza colação de grau on-line pelo Google Classroom
ARTIGO DO LEITOR
Descubra: sem sombra de dúvidas, Deus tem um propósito pra sua Vida.
RETORNO ÀS AULAS EM MS
MS discute estratégias de retorno às aulas presenciais de forma segura
AULAS NA PANDEMIA
Enquanto MS tem mil novos casos de Covid-19, mais uma cidade libera volta às aulas
OPORTUNIDADE NO MS
Inscrições abertas para a seleção de professores temporários, Confira o Edital
DOURADOS - DIREITO DA UNIGRAN
Professor de Direito da UNIGRAN lança um dos primeiros livros sobre a Lei da Pandemia
FÁTIMA DO SUL - CHAMADA PÚBLICA
Escola Vicente Pallotti realiza chamada pública para adquirir merenda escolar em Fátima do Sul
VICENTINENSE EM DESTAQUE
Vicentinense se une a outros artistas para Festival Multicultural em favor dos povos Guarani-Kaiowá