Menu
SADER_FULL
terça, 1 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
SITIOCA ALVORADA
ameaça de morte

Força Nacional está fazendo a segurança do presidente da FETEMS após ameaça de morte

9 Dez 2013 - 10h15

O presidente da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Magno Botareli Cesar, após ser ameaçado de morte na quarta-feira passada (4), em virtude da entidade somar com mais 20 na defesa das questões indígenas e solicitar o cancelamento do chamado “Leilão da Resistência”, organizado por fazendeiros, com o intuito, conforme o divulgado pela imprensa, de contratar segurança armada para colocar nas áreas de conflito por terra, está tendo todo o respaldo e segurança realizados pela Força Nacional Brasileira.

A intimidação feita a Roberto na última quinta-feira (5) ocorreu por volta das sete horas, quando um motoqueiro que se apresentou como jornalista, mas não mostrou nenhum crachá de identificação, foi à sede da Federação procurar o dirigente. Pelas perguntas, o motoqueiro deixou claro que sabe detalhes da rotina do presidente da FETEMS. Quando a recepcionista disse que ele não estava, por exemplo, o rapaz perguntou: Ele não está fazendo a caminhada que faz todos os dias? Na quarta-feira (4), uma pessoa que se identificou como "Maurício Pistoleiro" foi mais explícita: ligou no telefone fixo da FETEMS e ameaçou o dirigente de morte.

Por orientação da própria Força Nacional o presidente da FETEMS deixou o Estado nesse final de semana e está sem previsão de retorno e a segurança também não divulgou o local onde ele se encontra.

Para garantir proteção ao dirigente Roberto Botareli e investigação séria e detalhada sobre os fatos, o presidente da CUT Nacional (Central Única dos Trabalhadores), Vagner Freitas, encaminhou na manhã de quinta, um ofício ao Ministério da Justiça e à Secretaria Geral da Presidência da República, que resultou na vinda Força Nacional para o caso.

Nas fotos o professor Roberto está com a capitã Renada e mais um policial da Força Nacional e os dirigentes sindicais, Alexandre Costa Júnior (Presidente do Sintss) e Genilson Duarte (Presidente da CUT/MS).

Deixe seu Comentário

Leia Também

AULAS 2021
Período de pré-matrícula da REE começa nesta segunda-feira
DOURADOS - UNIGRAN
Diretor da Inova UNIGRAN conquista o 1º lugar no ranking de líderes do InovAtiva Brasil
EDUCAÇÃO NA PANDEMIA
Protocolo de Volta às Aulas da Rede Estadual prevê ensino híbrido em 2021
GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
HONESTIDADE
Casal descobre tesouro em casa recém-comprada e devolve pro antigo dono
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Emoção marca agradecimentos de autoras de livro ao prefeito que está resgatando história de Jateí
INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO
Missão educacional em Rio Brilhante se inova com tecnologia para desafios em tempos da pandemia
ARTIGO DO LEITOR
Professor de Fátima do Sul escreve sobre a volta de 15 de novembro nas eleições brasileiras
VOLTA ÀS AULAS EM MS
VOLTA ÀS AULAS presenciais na rede estadual só em 2021, diz governador
Aluna testou positivo e pais informaram a escola sobre caso de covid. (Foto: Arquivo/Kísie Ainoã) CORONAVÍRUS EM MS
Aluna testa positivo para coronavírus e escola de Ensino Médio fecha por 14 dias em MS