Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 4 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
CIA DO BICHO
educação

Em MS, 61% dos professores do ensino médio são temporários, diz TCU

20 Mar 2014 - 16h55Por Campo Grande News

Em Mato Grosso do Sul, 61% dos professores têm contratos temporários. Os dados são de auditoria do TCU (Tribunal de Contas da União), que avaliou a oferta e a qualidade do ensino médio no Brasil.

No País, a média de professores contratados é de 30%. No entanto, Mato Grosso do Sul faz parte da lista dos 11 Estados que têm esta modalidade de contratação acima da média nacional.

O levantamento ainda mostra déficit de 625 profissionais com formação específica no Estado. A maioria é na disciplina de Física: 206.

O mesmo cenário foi retratado no diagnóstico nacional. Há um déficit estimado de 32.738 professores com formação específica nas disciplinas obrigatórias do ensino médio nas redes estaduais de educação em todo o Brasil.

Física é a disciplina com maior déficit: mais de nove mil professores. Ao analisar o quadro de docentes no Brasil, a auditoria revela que há 61 mil professores fora da sala de aula, sendo 40 mil em atividades administrativas, 16 mil em outros tipos de afastamento e 5 mil cedidos a outros órgãos não relacionados à área educacional.

O diagnóstico é resultado de trabalho realizado em sistema de colaboração entre o TCU e outros 28 tribunais de contas. O levantamento contou com 90 auditores e foram visitadas 580 escolas em todo o território nacional.

O TCU determinou ao Ministério da Educação que apresente plano de ação que contemple, entre outros aspectos, a elaboração de modelo avaliativo que possibilite exprimir a qualidade do ensino médio por escola, e a regulamentação de padrões mínimos de qualidade de ensino, de forma a permitir a definição de valor mínimo por aluno que assegure um ensino de qualidade e sirva de parâmetro orientador da complementação da União ao Fundeb de cada estado.

O Campo Grande News tentou falar com o presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores de Educação de Mato Grosso do Sul), mas Roberto Botarelli Cezar, não foi localizado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ANO LETIVO 2021
ANO LETIVO 2021 começa em fevereiro, mas sem definição sobre aula presencial
TEMPOS DE PANDEMIA
Aplicativo é mais uma opção para estudante da Rede Estadual acessar Painel do Aluno
VALORIZAÇÃO
Com 13º integral pela primeira vez, professora da REE agradece pela valorização dos convocados em MS
AULAS 2021
Período de pré-matrícula da REE começa nesta segunda-feira
DOURADOS - UNIGRAN
Diretor da Inova UNIGRAN conquista o 1º lugar no ranking de líderes do InovAtiva Brasil
EDUCAÇÃO NA PANDEMIA
Protocolo de Volta às Aulas da Rede Estadual prevê ensino híbrido em 2021
GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
HONESTIDADE
Casal descobre tesouro em casa recém-comprada e devolve pro antigo dono
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Emoção marca agradecimentos de autoras de livro ao prefeito que está resgatando história de Jateí
INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO
Missão educacional em Rio Brilhante se inova com tecnologia para desafios em tempos da pandemia