Menu
SADER_FULL
segunda, 23 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ALVORADA
Proposta

Aluno que desacatar professor será responsabilizado pelo ato e levado para delegacia

30 Abr 2014 - 13h10Por Correio do Estado

O investigador da 4ª Delegacia de Polícia da Capital, Francisco Melo, é idealizador do Projeto Tolerância Zero. A iniciativa visa reduzir os índices de violência nas escolas públicas de Campo Grande (MS).

O projeto será lançado hoje (30), às 14h30min, na Escola Estadual Waldemir de Barros, no Bairro Moreninha 2.

O investigador já se reuniu com pais de alunos de 23 escolas públicas, a fim de informar como funcionará o projeto.

O Tolerância Zero prevê algumas medidas, como encaminhar para a delegacia o aluno que desacatar o professor para que seja responsabilizado pelo ato. Ainda, será proibido o uso dos celulares na sala de aula. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

GREVE DE FOME
Professores fazem greve de fome por revogação de edital de temporários
HONESTIDADE
Casal descobre tesouro em casa recém-comprada e devolve pro antigo dono
JATEÍ E SUA HISTÓRIA
Emoção marca agradecimentos de autoras de livro ao prefeito que está resgatando história de Jateí
INOVAÇÃO NA EDUCAÇÃO
Missão educacional em Rio Brilhante se inova com tecnologia para desafios em tempos da pandemia
ARTIGO DO LEITOR
Professor de Fátima do Sul escreve sobre a volta de 15 de novembro nas eleições brasileiras
VOLTA ÀS AULAS EM MS
VOLTA ÀS AULAS presenciais na rede estadual só em 2021, diz governador
Aluna testou positivo e pais informaram a escola sobre caso de covid. (Foto: Arquivo/Kísie Ainoã) CORONAVÍRUS EM MS
Aluna testa positivo para coronavírus e escola de Ensino Médio fecha por 14 dias em MS
WEBINÁRIO DO MS
SES realiza webinário Sul-Mato-Grossense para enfrentamento à Covid-19
AULAS NO MS
Conselho Tutelar será acionado em busca de alunos que sumiram das escolas
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Com novos cursos, UEMS terá mais 590 vagas e retorno do vestibular