Menu
SADER_FULL
segunda, 12 de abril de 2021
BANNER EMAGRECEDOR VICENTINA
Busca
Empreendedorismo

Taxista vende carro, cria firma de varais, fatura R$ 2,8 mi e abre franquia

22 Fev 2016 - 15h59Por UOL

Taxista por mais de dez anos, Williams Duarte, 53, vendeu o carro com que trabalhava para fundar o negócio próprio, a empresa Só Varais, de São Paulo, especializada em soluções para áreas de serviço. Em 2015, faturou R$ 2,8 milhões, e iniciou a expansão pelo sistema de franquias.

O investimento inicial para uma unidade da franquia é de R$ 128,9 mil, incluindo custo de instalação, taxa de franquia e capital de giro. O faturamento médio mensal é de R$ 50 mil, com lucro que varia de R$ 12 mil a R$ 18 mil por mês, segundo o empresário. O retorno do investimento é a partir de 24 meses.

A ideia do negócio surgiu a partir de uma necessidade: ele precisava de um varal num corredor externo que não atrapalhasse a passagem. Não achou nada bom no mercado e resolveu fazer o seu próprio.

Varal eletrônico custa R$ 750

 

Divulgação
Varal eletrônico é acionado por botão

 

Com o dinheiro da venda do táxi, cerca de R$ 35 mil, fundou a Só Varais em 1996. Hoje, a empresa comercializa 20 modelos de varais, que custam entre R$ 180 e R$ 750. Há opções a manivela, dobráveis, para corredor e de chão. O público-alvo são as classes AB.

O modelo mais caro, e um dos mais vendidos, é eletrônico: o varal sobe e desce apenas apertando-se um botão, mesmo com o peso das roupas molhadas. Foi desenvolvido pelo próprio Duarte, com a ajuda de um técnico de eletroeletrônica.

Segundo o empreendedor, seu maior desafio foi mudar a cultura em relação aos varais. "Até então, as pessoas achavam que bastava ligar uma cordinha de um lado a outro e pronto. Mas a minha proposta é organizar a área de serviço, preservando a estética", afirma.

Parceria com arquitetos e construtoras

Para conquistar os primeiros clientes, ele fazia panfletagem em frente a prédios residenciais e apostou em parcerias com arquitetos e construtoras. Hoje, essas parcerias são responsáveis por metade do faturamento. 

O serviço é quase uma consultoria, pois um profissional vai até a casa do cliente tirar as medidas e avaliar a abertura de portas de armário, o local de luminárias e até se o teto é de gesso ou laje, para, então, indicar o produto mais adequado. Também são feitos projetos sob medida. 

A empresa atende toda a região metropolitana de São Paulo e a primeira franquia atua na região do ABC. A meta é abrir 12 novas franquias em 2016 e chegar a 75 unidades em cinco anos. 

Franquia nova é um risco

Para o consultor especializado em franquias Marinho Ponci, da empresa Dom48, o negócio em si não é inovador. "Vender varal não é uma coisa nova. A empresa deve focar seu discurso na praticidade, na economia de espaço e de tempo para conquistar clientes", afirma.

A experiência de 20 anos do empresário no setor é um ponto positivo, mas, por ser uma franquia nova, o investimento é arriscado. "Não existe um histórico enquanto rede, por exemplo. Um dos pontos a se avaliar é qual será o investimento em marketing para tornar a marca conhecida, além de olhar detalhadamente as planilhas financeiras."

Segundo Ponci, a empresa precisa ficar atenta a tendências de mercado, como o surgimento de lavanderias expressas, que podem diminuir o hábito de lavar roupa em casa, e consequentemente, fazer cair a demanda por varais. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXÍLIO EMERGENCIAL
Calendário de pagamentos da semana do AUXÍLIO EMERGENCIAL é divulgado
LEILÃO
Pátio Zero do Detran oferta 180 veículos em leilão online que termina no dia 23
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Oportunidades de emprego via Funtrab e Casa do Trabalhador somam 669 em todo Estado
CNH C D E
Mudanças no CTB: Habilitados em categoria alta devem renovar exames toxicológicos a cada 30 meses
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio Emergencial: Mais um pagamento liberado, veja quem recebe e o calendário dos pagamentos
INVESTIMENTOS NA SAÚDE
Sanesul prioriza qualidade de água com controle rigoroso e monitoramento diário
ENERGIA SOLAR
Governo prorroga isenção de ICMS sobre equipamentos para geração de energia solar
AÇÕES DO GOVERNO MS
Ritmo das obras intensifica no Estado, com mais de 80 trabalhos só na área urbana
Os trabalhadores podem consultar a situação do benefício pelo aplicativo do auxílio emergencial ou pelo site auxilio.caixa.gov.br. AUXÍLIO EMERGENCIAL
AUXÍLIO: Governo aprova mais 236 mil famílias para receber auxílio emergencial, VEJA O CALENDÁRIO
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em uma semana, Governo garante moradia para 418 famílias sul-mato-grossenses