Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 21 de janeiro de 2022
Busca
INVESTIMENTO DO GOVERNO DO MS

Rota do Saneamento já destinou mais de R$ 151 milhões em obras de água e esgoto em MS

O calendário de inaugurações prevê novas entregas até o dia 15 de dezembro com objetivo de atingir 45 cidades este ano

21 Nov 2021 - 07h46Por Portal do MS

A Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) fechará o ano com chave de ouro, entregando obras de infraestrutura de saneamento que totalizarão mais de R$ 151 milhões. Os investimentos fazem parte da Rota do Saneamento, um projeto ousado criado pela empresa que inclui, além da expansão do fornecimento de água, a universalização do esgotamento sanitário nos 68 municípios atendidos pela concessionária.

Assunto de interesse global, o saneamento básico impacta diretamente na vida da população, preserva o meio ambiente e, sobretudo, reflete fundamentalmente no desenvolvimento socioeconômico dos municípios atendidos pela companhia.

Depois de levar água tratada para 100% da população dos municípios onde opera, a Sanesul assumiu o compromisso de atingir a meta de universalizar o esgoto em Mato Grosso do Sul, onde atualmente a área de cobertura é de 55%, o que a elevou à condição de referência nacional num setor onde apenas 54,1% da população brasileira tem acesso à coleta de esgoto.

O diretor-presidente da Sanesul, Walter Carneiro Júnior, já percorreu 35 cidades entregando obras e anunciando novos investimentos, obedecendo ao cronograma estabelecido pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo secretário de Infraestrutura e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, pasta a qual a empresa é vinculada.

Desde que iniciou o extenso calendário de entrega de obras em 8 de julho pelo município de Dois Irmãos do Buriti, a diretoria da Sanesul tem levado serviços essenciais à população desses municípios, visando a prevenção de doenças, redução da mortalidade infantil, melhorias nos índices de educação e empregabilidade, preservação ambiental e expansão do turismo em algumas regiões com essa vocação.

Pela programação da Rota do Saneamento, Walter Carneiro Júnior irá inaugurar cerca de 60 obras com recursos próprios da Sanesul e por meio de parcerias institucionais envolvendo verbas públicas, principalmente da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) e do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento).

Além dele, a comitiva da Rota do Saneamento inclui a participação dos demais diretores da Sanesul, André Luis Soukef Oliveira (Administração e Finanças), Helianey Paulo da Silva (Engenharia e Meio Ambiente) e Onofre Assis de Souza (Comercial e de Operações).

Segundo Walter Carneiro Júnior, o calendário de inaugurações prevê novas entregas até o dia 15 de dezembro, com objetivo de atingir 45 cidades este ano, dentro da programação da Rota do Saneamento.   

Enquanto o Brasil ainda tem muito que avançar nessa área, o que requer grandes investimentos públicos e privados, o setor de saneamento é festejado em Mato Grosso do Sul como um dos mais promissores e consolidados em algumas regiões, onde já foram aplicados até agora R$ 151.071.129,94.

MUNICÍPIOS CONTEMPLADOS

De acordo com a Diretoria de Engenharia e Meio Ambiente, foram entregues 9 ETEs (Estações de Tratamento de Esgoto), mais de 100.000 quilômetros de rede coletora de esgoto e mais de 23 mil famílias foram contempladas com ligações domiciliares de esgoto.

A diretoria da concessionária inaugurou 6 poços de captação de água e 3 reservatórios de água. Além disso, em razão da parceria feita com a Caixa Econômica Federal, o programa Avançar Cidades fica mais próximo de concluir suas etapas e transformar Mato Grosso do Sul no Estado pioneiro na universalização do esgotamento sanitário.

A Rota do Saneamento já passou até o momento pelos municípios de Dois Irmãos do Buriti, Terenos, Miranda, Sonora, Coxim, Rio Verde de MT, Camapuã, Santa Rita do Pardo, Rio Negro, Amambai, Caarapó, Naviraí, Porto Esperança, Antônio João, Douradina, Itaporã, Angélica, Deodápolis, Água Clara, Ribas do Rio Pardo, Inocência, Chapadão do Sul, Laguna Carapã, Juti, Paranhos, Novo Horizonte do Sul, Rio Brilhante, Bonito, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul, Miranda, Ladário, Dourados, Batayporã e Ivinhema.

Assessoria de Comunicação da Sanesul

Foto do destaque: ETE de Bonito

Leia Também

MS FORTE
Tesouro Nacional classifica MS entre as melhores gestões do País
(Foto: Agência Brasil) SORTUDOS DO MS
Ganhadores de MS acertam a quina e levam prêmio de R$ 38 mil
Raquel dos Passos - SAD PROCESSO SELETIVO SES/AGEPEN
SAD divulga inscrições deferidas e indeferidas em processo seletivo da SES/Agepen
AÇÕES DO GOVERNO MS
MS-352: asfalto é alívio no acesso à Ponte do Grego, palco de tragédias e manifestações
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Funtrab ainda tem 916 vagas para indígenas trabalharem nas lavouras de maçãs em SC e RS
FERROESTE
De grãos a celulose, retorno da malha ferroviária vai movimentar cadeias produtivas de MS
Estimativas da safra de café de 2022 são abaixo dos resultados de 2020. Conab afirma que é reflexo das condições climáticas AGRONEGÓCIO
Conab prevê safra de café de 55,7 milhões de sacas em 2022
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
Confira as OFERTAS DA SEMANA do Mercado Julifran em Fátima do Sul
 REUTERS/Paulo Whitaker Colheita de cana-de-açúcar não deve sofrer alterações da previsão publicada em novembro de 2021 ECONOMIA
Moagem de cana no centro-sul deve atingir 565,3 milhões de toneladas em 2022/23
BAIXA RENDA
Auxílio Gás: governo libera o pagamento no valor de R$ 52