Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de outubro de 2021
SADER_FULL
Busca
CONTA DE LUZ MAIS BARATA

Projeto que reduz imposto da conta de luz é aprovado na Assembleia

22 Set 2021 - 16h14Por Bruno Chaves, Subcom

O projeto de lei do Governo do Estado que reduz em três pontos percentuais o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços) da conta de luz de todos os consumidores de Mato Grosso do Sul, no período em que a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) fixar a bandeira de escassez hídrica, foi aprovado pelos deputados estaduais nesta quarta-feira (22), em segunda discussão.

Oito dias depois de ser entregue na Assembleia Legislativa, a proposta volta às mãos do governador Reinaldo Azambuja para ser sancionada, virar lei e beneficiar milhares de sul-mato-grossenses.

Esta será a segunda vez que o Governo do Estado vai zerar a cobrança de ICMS na conta de energia elétrica. A primeira vez foi sobre a bandeira vermelha, em agosto. Agora, com a nova medida, pelo menos R$ 36 milhões em impostos que seriam pagos pelos consumidores deixarão de ser cobrados.

"Fomos o único Estado que teve coragem de enfrentar essa questão", ponderou o governador ao entregar o projeto de lei à Assembleia Legislativa, na semana passada. 

A medida faz parte de um conjunto de ações do Estado para minimizar os impactos negativos da pandemia de covid-19 na economia local.

Outros projetos de lei

Também de autoria do Governo do Estado, o projeto de lei que cria o "Programa MS Alfabetiza - Todos pela Alfabetização da Criança" e o "Prêmio Escola Destaque" foi aprovado em segunda votação. Com a iniciativa, o Governo quer fortalecer a aprendizagem e melhorar os indicadores educacionais dos estudantes das redes públicas de ensino.

Outras duas propostas do Executivo ainda foram aprovadas em segunda votação e seguem para sanção do governador. Uma trata sobre a regulamentação dos requisitos para qualificação de entidades sem fins lucrativos, que atuam em diversas áreas e outra autoriza o Estado a doar, com encargos, aos parceleiros do assentamento Carlos Roberto Soares de Mello, imóveis localizados no município de Sonora.

Leia Também

AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
CPI foi aberta após questionamentos quanto supostos abusos na prestação de serviços pela concessionária - Crédito: Divulgação CPI DA ENERGISA
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
PODEROSA DO AGRO
Pecuarista de Ivinhema integra "Lista Forbes das 100 Mulheres Poderosas do Agro"
Elaine Paes, SAD OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Inscrições abertas para o Processo Seletivo da Agepan, confira as vagas
PROCURA-SE PAPAI NOEL
Com economia aquecida, vagas de trabalho crescem 15% em 24 horas na Capital
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso público da Sanesul com 74 vagas recebe inscrições até 11 de novembro
MAIS SOCIAL
Governo entrega 1,6 mil cartões do "Mais Social" nesta segunda-feira na Capital
QUILOMBOLAS
Subs Racial finaliza a entrega de 5.600 cestas de alimentos para as comunidades quilombolas
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
De reforma de escola infantil a prédio da PM, trabalho prisional beneficia população em Coxim
CASA DOS ASSADOS
Neste domingo Casa dos Assados de Fátima do Sul terá assados para todos os paladares