Menu
SADER_FULL
sexta, 30 de julho de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
AGRICULTURA

Produção de milho superou expectativa de 7,4 milhões de toneladas em MS

9 Set 2014 - 08h45Por Conjuntura Online
A produção de milho em Mato Grosso do Sul referente a safrinha 2013/14 superou a expectativa de 7,4 milhões de toneladas e contabilizou 8,3 milhões de toneladas, aumento de 12% em relação a projeção inicial. 
 
Segundo dados da Aprosoja (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) os mesmos municípios se destacaram.
 
Maracaju somou 1,2 milhão de toneladas, seguido por Sidrolândia com 809 mil toneladas, Ponta Porã 693 mil toneladas e Dourados, em quarto no ranking, com 691 mil toneladas.
 
Para a associação a produção teve reflexos das altas produtividades, que ficou com média ponderada de 85,68 sacas por hectare, elevada por municípios como Alcinópolis, Coxim, Nova Alvorada do Sul e Pedro Gomes que tiveram produtividades acima de 92 sacas por hectare.
 
Os números divulgados foram acrescidos na última semana de agosto, baseados em levantamentos feitos em propriedades de 29 municípios. 
 
Os resultados oficiais foram divulgados nesta segunda-feira (8), por meio do Siga - Sistema de Informações Geográficas do Agronegócio.
 
Confirmada a produção na safra de inverno do milho, que representa aumento de 6,5%, em relação à safra passada, Mato Grosso do Sul se firma na terceira posição do ranking nacional, atrás de Mato Grosso que produziu aproximadamente 16,7 milhões de toneladas e do Paraná, com 10,2 milhões de toneladas, segundo levantamento da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento).
 
Segundo o presidente da Aprosoja/MS, Mauricio Saito, o sucesso na produção se deve à capacidade do agricultor e ao clima favorável. 
 
“Os produtores rurais de Mato Grosso do Sul têm habilidade para tornar situações que não os privilegiam, em produtividade. Estrategicamente não empregaram tecnologia de ponta devido à projeção de preços do milho na época da aquisição dos insumos. Apesar disso, o clima foi peça fundamental que manteve a sequência de recordes na produção agrícola do Estado”, afirmou Saito.
 
De acordo com a Associação a área desta safra teve elevação, passando da expectativa inicial de 1,5 milhão de hectares, para 1,6 milhão de hectares. 
 
Maracaju e Sidrolândia estão nas primeiras posições quanto à área destinada à safrinha 2013/14, já Dourados e Ponta Porã ficam em terceiro e quarto colocados, respectivamente.
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ETANOL
Neomille: nova indústria vai investir R$ 1 bilhão para produzir etanol de milho em Maracaju
GERAÇÃO DE EMPREGOS
Reinaldo Azambuja destaca melhor desempenho em 10 anos na geração de empregos
PAGAMENTO NA CONTA
Governo de MS deposita folha de julho nesta sexta e injeta R$ 408 milhões na economia
NOVA ANDRADINA
Sindicatos rurais da regional de Nova Andradina alinham demandas de infraestrutura prioritárias
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Investimentos de R$ 4 bilhões na geração de energia em MS vão criar 15 mil empregos
CORREIOS DE FÁTIMA DO SUL FÁTIMA DO SUL - CORREIOS
Correios abrem Feirão de Imóveis em Ribas do Rio Pardo e Fátima do Sul
PAGAMENTO AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo paga servidores neste fim de semana; folha de julho injeta R$ 408 milhões na economia
INADIMPLÊNCIA
Prazos para regularização de infrações, veículos e habilitação voltam a ser cobrados
RODADA DE NEGÓCIOS
Artesãos vão ganhar treinamento para participar de Rodada de Negócios
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Banco do Brasil prorroga inscrições de concurso com vagas em Fátima, Vicentina, Jateí e região