Menu
SADER_FULL
sexta, 4 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ZANZI
empreendedorismo

Jovem cria site para vender ingressos e fatura R$ 2,3 milhões em oito meses

21 Out 2013 - 16h23Por Uol

A venda de ingressos online para festas da universidade se transformou no negócio de Gabriel Benarrós, 24. Ele é fundador da Ingresse, site que vende ingressos para eventos, de festas particulares a grandes shows.

Nos primeiros oito meses de operação, a companhia faturou R$ 2,3 milhões. A meta é faturar R$ 4,5 milhões em 2013, com a comercialização de 60 mil ingressos. 

Na página, qualquer pessoa pode cadastrar seu próprio evento e vender ingressos, pagando uma taxa de 10% sobre o valor de cada tíquete.

A empresa, que iniciou suas atividades em janeiro deste ano, também criou um aplicativo que permite a validação dos ingressos via celular.

Além de eventos pequenos, Benarrós e o sócio, Marcelo Henrique, também comercializam entradas para festas universitárias de médio porte e eventos de grande porte, como os shows de Beyoncé e Bon Jovi.
 
A ideia de negócio surgiu quando ele ainda era estudante de economia comportamental na universidade de Stanford, nos Estados Unidos.
 
Durante a organização de uma festa para os estudantes, um dos dormitórios participantes, que ajudaria a financiar o evento, desistiu em cima da hora. Para cobrir o rombo no orçamento, ele resolveu vender ingressos online.
 
"Com o sucesso da iniciativa, resolvi pesquisar o mercado brasileiro e vi que não havia nenhum negócio do tipo. Continuei aprimorando a ideia, um dos meus professores se interessou e se tornou investidor-anjo", declara Benarrós.
 
A meta era arrecadar R$ 600 mil para tirar a ideia do papel, mas ele conta que, três meses depois, já tinha R$ 3 milhões em oferta de interessados em financiar o projeto. O capital inicial total foi de R$ 2,5 milhões, proveniente de investidores-anjo e fundos de investimento.
 

Empresa nasceu em Manaus

De volta ao Brasil, Benarrós, que nasceu em Manaus (AM), escolheu sua cidade natal para testar o negócio, em março de 2012.

"É um mercado interessante porque é grande e isolado. A região concentra mais de um milhão de pessoas, é o quinto PIB (Produto Interno Bruto) do país, e não há concorrentes que pudessem copiar a ideia", afirma.

Feitos os ajustes necessários no primeiro modelo, ele instalou a empresa em São Paulo, em janeiro de 2013. Até agosto, já tinham sido comercializados R$ 1 milhão em ingressos. Para concorrer com grandes empresas do setor, ele aposta em preço e tecnologia.

"Enquanto outras empresas do mercado cobram comissões de 20% a 30%, a nossa é de 10%. Oferecemos tecnologia avançada, que dispensa a necessidade de escâner ou catraca na porta do evento para validação dos ingressos. Disponibilizamos grátis um aplicativo de celular que faz isso", declara.

Integrada a redes sociais como o Facebook, a empresa também oferece a possibilidade de ver os assentos dos amigos que irão a um mesmo evento.

A empresa possui 36 funcionários, de perfil técnico e comercial, para prospectar clientes de médio e grande porte.

"Os clientes pequenos chegam até nós sozinhos, por pesquisas na internet ou indicações; então, não precisamos procurá-los", diz Benarrós. 

Nos próximos meses, a Ingresse pretende abrir escritórios no Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EMERGENCIAL IRREGULAR
Governo vai cobrar por SMS que 2,6 milhões de pessoas devolvam auxílio emergencial irregular
AÇÕES DO GOVERNO MS
Pacote de projetos do Governo contempla Refis Pandemia, que concede redução de até 95% nas dívidas
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Parque dos Poderes vai ganhar primeira revitalização em mais de três décadas
AÇÕES DO GOVERNO MS
Novo projeto de lei da Bolsa Atleta terá primeira votação nesta quinta-feira na Assemb. Legislativa
NOVOS PRAZOS
Detran-MS alerta para retomada de prazos que estavam suspensos por conta da pandemia
NOTA PREMIADA MS
No combate à sonegação fiscal, Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial é confirmado com valor médio de R$ 688; veja como e quem recebe
OPORTUNIDADES
Detran inicia nesta quarta-feira (02), leilão de 479 sucatas aproveitáveis de motos e automóveis
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu
A PEDIDO DOS SERVIDORES
A pedido dos servidores, Governo de MS paga 13° salário nesta terça-feira