Menu
SADER_FULL
quinta, 9 de abril de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
POLONIO IMÓVEIS
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS

Governo do Estado libera R$ 2,4 milhões por meio de recursos da assistência social para municípios

visando a continuidade no atendimento das famílias e indivíduos em situação de extrema vulnerabilidade e risco social.

25 Mar 2020 - 10h19Por Portal do MS

Campo Grande (MS) – Por meio de recursos provenientes do Fundo Estadual de Assistência Social, gerido pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), o Governo do Estado liberou para os 79 municípios de MS, R$ 2,4 milhões em recursos referentes as parcelas de janeiro e fevereiro de 2020, visando a continuidade no atendimento das famílias e indivíduos em situação de extrema vulnerabilidade e risco social.

“Esses recursos foram liberados para os 79 municípios do Estado. Neste momento estamos adotando uma excepcionalidade e liberando os recursos até mesmo para aqueles municípios que ainda necessitavam de entregar uma ou outra documentação. É um dinheiro que vai diretamente para os municípios e que beneficia o cidadão de forma contundente, por meio de ações do próprio município e também de organizações, como por exemplo, asilos, casas de recuperação e entidades que atendem crianças e adolescentes”, destacou a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

Somente em 2020, por meio de transferências do fundo estadual para fundos municipais de assistência social, o Governo do Estado, via Sedhast, vai liberar mais de R$ 18 milhões em recursos. Mais de 600 organizações da sociedade civil realizam trabalhos nos municípios do estado com esses recursos.

“A política de assistência social, por meio do Sistema Único de Assistência Social, é imprescindível em nossa sociedade. Em momentos como esse é que ela se faz ainda mais necessária”, finalizou Elisa, ressaltando ainda o olhar contínuo do Governo do Estado para com os municípios de MS.

A Sedhast também enviará nota de recomendação para as secretarias municipais –  que também pode ser conferida aqui– orientando sobre o prazo para regularização da documentação para que o município não tenha suspenso os próximos repasses.

Gestores municipais da assistência social podem esclarecer dúvidas quanto ao repasse, ou ainda sobre documentações pendentes, via Coordenadoria de Apoio a Gestão do Sistema Único da Assistência Social da Sedhast (CAGSUAS), com os telefones (67) 3318-4115, 318-4130 ou 3318-4132.

Leomar Alves Rosa – Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast)

Foto: arquivo Sedhast

Deixe seu Comentário

Leia Também

PANDEMIA
Governo isenta consumidores de baixa renda do pagamento da conta de luz
PANDEMIA
Pagamento das parcelas do FCO empresarial está suspenso até dezembro de 2020
CORONAVÍRUS NO MS
Reinaldo Azambuja destaca generosidade dos deputados e reforça pedido para pessoas ficarem em casa
BLA BLA BLA
Vereador do MS pede salões de beleza abertos: "Não tem marido que aguente"
FÁTIMA DO SUL - EMENDAS PARA SAÚDE
Deputado Jamilson investe no Hospital da SIAS e na saúde de Fátima do Sul
BENEFICIO DO GOVERNO
Caixa registra 22 milhões cadastros para auxílio emergencial
AUXILIO EMERGENCIAL
Calendário auxílio emergencial: confira as datas do pagamento das três parcelas
AÇÕES DO MPT-MS
Sem renda durante pandemia, catadores são contemplados com cestas básicas
INVESTIMENTOS EM DOURADOS
Como investidores douradenses podem proteger seu capital em todos os períodos
SAQUE FGTS
Governo acaba com Pis Pasep e libera saque de mais R$ 1.045 de contas ativas e inativas do FGTS