Menu
SADER_FULL
quarta, 16 de junho de 2021
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
MAIS SOCIAL

Equipes do Mais Social realizam visitas e busca por beneficiários com perfil é intensificada

A visita domiciliar, como prevê o Mais Social, é uma forma de garantir a segurança e veracidade dos dados do beneficiário e a transparência do programa.

10 Mai 2021 - 13h23Por Portal do MS

As equipes do programa Mais Social, programa do Governo do Estado, gerido pela Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), já estão trabalhando nas visitas domiciliares nos 79 municípios de MS. A visita domiciliar, como prevê o Mais Social, é uma forma de garantir a segurança e veracidade dos dados do beneficiário e a transparência do programa.

“Nossas equipes já estão visitando as famílias com perfil para o Mais Social. É um trabalho muito importante, respeitando o que o momento de pandemia exige, e que os nossos servidores da Superintendência de Benefícios Sociais (SUBS) estão realizando de forma muito eficiente. Não podemos, em nenhuma hipótese, dar brechas para a destinação incorreta do benefício. Começamos e vamos avançar muito com esse trabalho”, destacou a titular da Sedhast, Elisa Cleia Nobre.

Outro ponto que tem avançado, conforme explica a secretária, é a tratativa com o Banco do Brasil para a emissão dos cartões. Elisa explica que todos os procedimentos legais estão sendo trabalhados para que o pagamento dos benefícios comece o quanto antes, o que envolve a emissão dos cartões e a entrega ao beneficiário.

“Beneficiários que migraram para o Mais Social serão contemplados com pagamentos ainda neste mês de maio, sem nenhuma descontinuidade no que realizávamos com o Vale Renda. Estamos trabalhando no processo de ampliação do Mais Social, mas sem desproteger uma grande parcela de beneficiários que já eram atendidos”, completou a secretária.

Mais Social

O Mais Social é um auxílio pensado pela equipe do Governo do Estado de Mato Grosso do Sul para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social, insegurança alimentar e nutricional. O programa vai pagar R$ 200 mensais para beneficiários que têm renda mensal familiar per capita inferior a meio salário mínimo. As 100 mil famílias beneficiárias do Mais Social estão sendo extraídas conforme dados disponibilizados pelo CadÚnico. Conforme a regulamentação do programa será concedido um benefício por família.

Equipes da Sedhast estão realizando o contato com os beneficiários, portanto é necessário aguardar a visita desses grupos de trabalho que estarão devidamente identificados e respeitando as normas de biossegurança adequadas ao atual momento de pandemia.

 

Leomar Alves Rosa, Sedhast

Imagem: reprodução

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Aurora anuncia ampliação de unidades e investimento de R$ 140 milhões em Mato Grosso do Sul
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Confira as novas datas atualizadas referentes a 3ª parcela do Auxílio Emergencial
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Prefeitura de Dourados abre inscrição para contratar 19 médicos com salários de até R$ 8 mil
ANTECIPAÇÃO
Governo antecipa pagamento de parcelas do auxílio emergencial
CURSOS PROFISSIONALIZANTES
Com vagas limitadas, segue aberto período de inscrições para cursos do Pronatec/MS
TRANSFERÊNCIA DE VEÍCULO
Comunicação de Venda Online do Detran-MS evita problemas para quem vende um veículo
+ AUMENTO
Gás de cozinha fica mais caro a partir desta segunda feira, 14
CONCURSO PÚBLICO
Governo amplia vagas do concurso da Polícia Civil e nomeia 225 investigadores e escrivães
LEILÃO
Pátio Zero: Detran-MS realiza leilão com veículos para sucata aproveitável
ATIVIDADES SUSPENSAS
Atendimento na Rede Fácil está suspenso a partir desta segunda-feira (14)