Menu
SADER_FULL
sexta, 4 de dezembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Economia

Dólar fecha em alta sobre o real nesta sexta, mas cai quase 3% na semana

20 Set 2013 - 17h57Por G1

O dólar fechou em alta sobre o real nesta sexta-feira (20), mas acumulou queda de quase 3% na semana e de quase 7% no mês.

A moeda tenta buscar um patamar de equilíbrio após a decisão, na quarta-feira, do Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) de manter o atual ritmo do seu programa de estímulos monetários.

O dólar subiu 0,82%, a R$ 2,2195 na venda nesta sexta, depois de trocar de rumo várias vezes na sessão, oscilando entre R$ 2,19 e 2,22. 

Na semana, contudo, a moeda acumulou desvalorização de 2,73%. No mês, a queda acumulada é de 6,94%.

"A gente está vivendo a ressaca pela decisão da manutenção da política monetária nos Estados Unidos", afirmou à Reuters o economista-chefe da Gradual Investimentos, André Perfeito. "O mercado talvez esteja testando o nível de R$ 2,20", acrescentou.

Na quarta-feira, o Fed disse que continuará comprando títulos ao ritmo de US$ 85 bilhões por mês por enquanto, expressando preocupação de que um forte aumento nos custos de empréstimos nos últimos meses possa pesar sobre a economia.

Após o término da reunião do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, o dólar fechou em queda de 2,89%, a R$ 2,1942, seu menor nível desde 26 de junho.

Levantamento da CMA, empresa de tecnologia e informações financeiras, aponta que o real foi a moeda que mais se valorizou frente ao dólar em setembro no acumulado até o dia 18: 5,21%. A segunda moeda com maior valorização foi o rande sul-africano, com valorização de 4,31%.

"O mercado deve se acomodar por enquanto e aparentemente está sinalizando que esta taxa está começando a ficar ideal, mas ainda deve testar alguns níveis", afirmou o gerente de câmbio a corretora Treviso, Reginaldo Galhardo.

Nesta sexta-feira, o Banco Central realizou duas etapas de leilão de venda de até US$ 1 bilhão de dólares com compromisso de recompra. Na primeira, a taxa de recompra em 3 de janeiro do ano que vem foi de R$ 2,2514. Na segunda, a recompra em 2 de julho de 2014 será pela taxa de R$ 2,342985.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO MS
Pacote de projetos do Governo contempla Refis Pandemia, que concede redução de até 95% nas dívidas
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Parque dos Poderes vai ganhar primeira revitalização em mais de três décadas
AÇÕES DO GOVERNO MS
Novo projeto de lei da Bolsa Atleta terá primeira votação nesta quinta-feira na Assemb. Legislativa
NOVOS PRAZOS
Detran-MS alerta para retomada de prazos que estavam suspensos por conta da pandemia
NOTA PREMIADA MS
No combate à sonegação fiscal, Nota MS Premida distribui R$ 3 milhões em prêmios
AUXÍLIO EMERGENCIAL
Auxílio emergencial é confirmado com valor médio de R$ 688; veja como e quem recebe
OPORTUNIDADES
Detran inicia nesta quarta-feira (02), leilão de 479 sucatas aproveitáveis de motos e automóveis
AÇÕES DO GOVERNO MS
Governo apoia projeto de geração de renda com cerâmicas Kadiwéu
A PEDIDO DOS SERVIDORES
A pedido dos servidores, Governo de MS paga 13° salário nesta terça-feira
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Pavimentação da MS-389 está entre as obras do Governo Presente