Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 3 de agosto de 2021
Busca
Economia

Dólar cai no dia a R$ 2,448, mas sobe 9,3% no mês, na maior alta desde 2011

Moeda acumulou alta de 9,33%, no maior avanço mensal desde setembro de 2011,

30 Set 2014 - 17h57Por Uol

dólar comercial fechou em queda de 0,31% nesta terça-feira (30), a R$ 2,448 na venda, com investidores aproveitando a alta recente para vender dólares e embolsar o "lucro".

No mês, no entanto, a moeda acumulou alta de 9,33%, no maior avanço mensal desde setembro de 2011, quando tinha subido 18,15%.

No trimestre, a alta do dólar é de 10,77%. No ano, até agora, o dólar acumula alta de 3,84%.

A variação intensa da moeda se explica pelas inseguranças dos investidores quanto ao cenário político brasileiro. Com a proximidade das eleições, as incertezas se acentuam.

Segundo analistas consultados pela agência de notícias Reuters, se as chances de reeleição da atual presidente Dilma Rousseff continuarem crescendo, essa escalada do dólar não deve dar trégua.

O que fazer se precisa de dólar?

Com a alta recente do dólar, a situação ficou apertada para quem precisa da moeda para viajar.

A dica dos especialistas Leandro Martins, analista-chefe da Walpires Corretora, Mauro Calil, consultor da Academia do Dinheiro. e Nelson Gasparian, diretor da Cotação Corretora, é comprar tudo antes que a moeda suba mais.

Se o prazo da viagem for maior, porém, é possível ir comprando aos poucos, mas eles alertam: a tendência da moeda é de alta.

Leilão do BC

O Banco Central deu continuidade ao seu programa de intervenções no mercado de câmbio nesta terça, vendendo todos os 4.000 contratos ofertados de swap cambial, equivalentes à venda de dólares no mercado futuro.

Foram vendidos 2.000 contratos com vencimento em 1º de junho de 2015, e 2.000 com vencimento em 1º de setembro do ano que vem.

A operação movimentou o equivalente a US$ 197,3 milhões.

Inflação e rolagem de contratos

Investidores se questionam agora sobre possíveis reações do BC brasileiro à valorização recente do dólar, que alimenta temores de pressionar a inflação, por causa do aumento dos preços de produtos importados.

Por enquanto, o BC não anunciou novo leilão de swap cambial, que equivale à venda futura de dólares, para rolagem. Quase 100% do lote que vence em 1º de outubro foi rolado pelo BC.

O próximo lote vence em 3 de novembro, com volume equivalente a US$ 8,84 bilhões.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AUXILIO POPULAÇÃO
Trabalhadores nascidos em janeiro podem sacar auxílio emergencial
BORA TRABALHAR
BORA TRABALHAR: Semana começa com 1,3 mil vagas de empregos em 28 cidades de MS
RESTAURAÇÃO
Manutenção de rodovia no sul de MS vai custar R$ 41,3 milhões
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Atenção: Obra de reforma altera trânsito no Parque dos Poderes nesta semana
ETANOL
Neomille: nova indústria vai investir R$ 1 bilhão para produzir etanol de milho em Maracaju
GERAÇÃO DE EMPREGOS
Reinaldo Azambuja destaca melhor desempenho em 10 anos na geração de empregos
PAGAMENTO NA CONTA
Governo de MS deposita folha de julho nesta sexta e injeta R$ 408 milhões na economia
NOVA ANDRADINA
Sindicatos rurais da regional de Nova Andradina alinham demandas de infraestrutura prioritárias
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Investimentos de R$ 4 bilhões na geração de energia em MS vão criar 15 mil empregos
CORREIOS DE FÁTIMA DO SUL FÁTIMA DO SUL - CORREIOS
Correios abrem Feirão de Imóveis em Ribas do Rio Pardo e Fátima do Sul