Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 23 de abril de 2021
Busca
DIVIDA PÚBLICA

Dívida pública sobe em janeiro e atinge R$ 5,06 trilhões

Depois de ultrapassar a barreira de R$ 5 trilhões em dezembro, a Dívida Pública Federal continuou a subir em janeiro.

25 Fev 2021 - 08h15Por Agência Brasil

Depois de ultrapassar a barreira de R$ 5 trilhões em dezembro, a Dívida Pública Federal continuou a subir em janeiro.

No mês passado, o indicador encerrou em R$ 5,06 trilhões, com alta de 0,99% em relação a dezembro.

A informação foi divulgada pelo Tesouro Nacional.

A dívida pública mobiliária (em títulos) federal interna subiu 1,16% passando para R$ 4,821 trilhões. No mês passado, o governo emitiu R$ 25,41 bilhões a mais do que resgatou.

Além disso, houve a incorporação de R$ 29,92 bilhões em juros, quando o governo reconhece gradualmente os juros que incidem sobre a dívida.

A dívida pública externa caiu de R$ 243,45 bilhões em dezembro para R$ 237,88 bilhões em janeiro. Apesar de o dólar ter subido 5,37% no mês passado, o vencimento de R$ 18,59 bilhões em títulos brasileiros em circulação no mercado externo contribuiu para a redução do indicador.

Tradicionalmente, os resgates superam as emissões de títulos em janeiro porque, no primeiro mês de cada trimestre, ocorre a concentração de vencimentos de papéis prefixados (com taxas definidas antecipadamente).

No entanto, nos últimos meses, o Tesouro tem emitido mais títulos públicos para recompor o colchão da dívida pública (reserva financeira usada em momentos de turbulência), que foi parcialmente consumido no início da pandemia do novo coronavírus.

Em janeiro, o Tesouro emitiu R$ 155,354 bilhões, acima de R$ 150 bilhões pelo quinto mês consecutivo. No entanto, os resgates somaram R$ 129,94 bilhões, impulsionados principalmente pelo vencimento de R4 43,2 bilhões em títulos prefixados.

Por meio da dívida pública, o governo pega dinheiro emprestado dos investidores para honrar compromissos financeiros.

Em troca, compromete-se a devolver os recursos depois de alguns anos, com alguma correção, que pode seguir a taxa Selic (juros básicos da economia), a inflação, o dólar ou ser prefixada (definida com antecedência).

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRABALHO NA PANDEMIA
Ricardo Barros, líder do governo Bolsonaro, diz que 'só o professor não quer trabalhar na pandemia'
CASA PRÓPRIA
Agehab e prefeitura estudam substituir moradias precárias e construir mais casas em Caracol
EMPREGOS
Mais de 10 mil vagas de emprego intermediadas pela Funtrab no primeiro trimestre de 2021
LEILÃO
Leilão do Detran com 180 veículos para circulação encerra nesta sexta-feira
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Com pontes, asfalto e manutenção Governo Presente investe na malha viária do Sudoeste
Agepan Audiência Delta Energia 730x425 DELTA ENERGIA
Delta Energia busca apoio regulatório da Agepan no projeto de reativação da Usina William Arjona
AÇÕES DO GOVERNO MS
PRÓ-DESENVOLVE: Governo regulamenta fundo inovador de fomento à economia dos municípios de MS
MERCADO DE TRABALHO
Funtrab capacita mulheres para mercado de trabalho nesta quinta-feira
INVESTIMENTOS DO GOVERNO MS
Contorno rodoviário de Porto Murtinho garante agilidade na exportação recorde pela hidrovia
PROCESSO SELETIVO PREFEITURA DE MS
Prefeitura abre processo seletivo com salários de até R$ 10,6 mil em MS