Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sábado, 6 de junho de 2020
SADER_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
BEM VINDO

Demitidos fazem fila para sacar auxílio “bem vindo” na reabertura dos bancos

Agências delimitaram espaços entre as pessoas e disponibilizaram álcool em gel para clientes

31 Mar 2020 - 13h05Por Campo Grande News
Pelo menos 30 pessoas faziam fila antes da agência Caixa da Rua 13 de Maio com a Marechal Cândido Mariano Rondon, no Centro de Campo Grande, reabrir as portas, às 10h da manhã desta terça-feira (31). As marcações improvisadas na calçada designavam a distância mínima de 1,5 metro entre as pessoas - parte delas composta por trabalhadores demitidos na esteira da crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.
 
Dispensada na semana passada, a vendedora Ana Paula Arce, 24 anos, sacou aproximadamente R$ 100,00 do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Ainda que pequena, a quantia fez a agora desempregada correr para a agência assim que soube da reabertura dos bancos, permitida por decreto baixado ontem (30) pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD).
 
O pedreiro Cláudio Luiz, 47, também foi demitido há uma semana e fez fila na Caixa para também sacar o que tem direito do FGTS. “Agora que estou sem emprego é um dinheiro bem vindo, porque não sei quando vou conseguir voltar a trabalhar”, disse.
 
Por sua vez, o auxiliar de serralheria, Jair Serafim da Silva, 38, aproveitou o último dia para retirar o Saque Imediato do FGTS, cuja ação de pagamento contempla pelo menos 60 milhões de trabalhadores.
 
Presidente do Sindicato dos Bancários de Campo Grande, Neide Maria Rodrigues passou pela agência para verificar o cumprimento dos dispositivos do decreto baixado ontem, como atender apenas serviços que não podem ser feitos em caixas eletrônicos, internet banking e aplicativos; higienização dos terminais após cada uso; e máscaras para os funcionários.
 
Segundo ela, algumas agências optaram por não abrir nesta terça, uma vez que ainda não tiveram tempo de se adequar às restrições de segurança e higiene.
 
Na Caixa, aviso na porta lista quais serviços são atendidos pessoalmente, como saques sem cartão e senha e desbloqueios. A gerência organiza a entrada de pessoas, com dois ou três por vez.
 
Também na Rua Marechal Rondon, agência do Bradesco se preparava para receber seus clientes. Diferente da Caixa, o espaço mínimo entre as pessoas na fila foi marcada com fitas adesivas.
 
Na mesma rua, agência do Santander também se preparou para receber usuários. O local controla o fluxo de pessoas e disponibiliza álcool em gel.
 
 
 

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso federal com salário de até R$ 6 mil encerra inscrições nesta sexta-feira
AUXILIO EMERGENCIAL
Veja se o seu CPF foi usado e como denunciar a fraude
COVID-19
Micro e pequenas empresas terão acesso a crédito facilitado
DINHEIRO NA CONTA
Mais de 79 mil servidores já podem sacar pagamento de maio
BOA NOTICIA
Auxílio emergencial deve ser estendido em mais duas parcelas de R$ 300
DOURADOS - DIA SEM IMPOSTO
"Dia sem Imposto" tem fila que dobra quarteirão e gasolina 38% mais barata em Dourados
BORA PRA BONITO (MS)
Hotel Águas de Bonito é a integração total com a natureza, reabertura 1º de julho em Bonito (MS)
100 ACESSO
Ponte cai e deixa 40 famílias isoladas na região norte de Mato Grosso do Sul
600TÃO - PESQUISA
AUXÍLIO: Um terço da classe A e B pediu os '600tão' de Bolsonaro
AUXILIO DOENÇA
Como pedir concessão e prorrogação do auxílio-doença durante pandemia