Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 19 de outubro de 2021
Busca
AÇÕES DO GOVERNO MS

Com investimento de R$ 2,3 milhões, governo vai construir ponte de concreto em Porto Murtinho

O contrato foi assinado e publicado nesta quarta-feira (13), no Diário Oficial do Estado.

13 Out 2021 - 10h58Por Portal do MS

Para melhorar a infraestrutura e logística da região, o Governo do Estado irá investir R$ 2,3 milhões na construção de ponte de concreto no município de Porto Murtinho, que será implantada sobre o Rio Branco. O contrato foi assinado e publicado nesta quarta-feira (13), no Diário Oficial do Estado.

A empresa vencedora da licitação terá o prazo de 210 dias (7 meses) para concluir a obra, logo depois de receber ordem de serviços pela Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos). Os investimentos serão feitos com recursos do Fundersul (Fundo de Desenvolvimento do Sistema Rodoviário de Mato Grosso do Sul).

A ponte de concreto sobre o Rio Branco, em Porto Murtinho, terá a extensão de 55 metros, com 6 metros de largura, localizada em rodovia vicinal. O contrato é no valor de R$ R$ 2.331.214,85.  Se trata de mais um investimento em infraestrutura na região de fronteira do Estado.

"Uma ponte representa dois importantes fatores redução de custo e aumento da segurança. Mais uma obra de infraestrutura, que além de ajudar na logística e escoamento da produção, também visa dar mais qualidade de vida, geração de oportunidades, de emprego e de renda e, por isso, temos várias obras em execução, atendendo as demandas dos municípios", afirmou o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel.

Prioridade

Desde o início da atual gestão, o governador Reinaldo Azambuja definiu que uma das prioridades na área de infraestrutura era a troca de pontes de madeira por concreto, para dar mais segurança e facilitar o acesso a diferentes locais, assim como escoamento da produção.

Segundo a Agesul, investimento em implantação, restauração e construção das pontes de concreto ultrapassam R$ 1,8 bilhão desde 2015. O governo do Estado tem como meta entregar 163 pontes de concreto em Mato Grosso do Sul até o final 2022. De 2015 até 2018 já foram feitas 100 pontes de concreto à disposição da população e mais 63 estão em fase de projeto ou já em execução.

Muitos municípios já foram contemplados ou estão com obras em pontes, entre eles Guia Lopes da Laguna, Paranhos, Nioaque, Jardim, Rio Verde de Mato Grosso, Bela Vista, Dourados, Costa Rica, Aral Moreira, Anastácio, Rio Brilhante, Tacuru, Amambai, Caarapó, Maracaju, Japorã, Iguatemi, Novo Horizonte do Sul, Tacuru, Porto Murtinho.

Assim como Amambai, Deodápolis, Sete Quedas, Coronel Sapucaia, Jateí, Juti, Naviraí, Dois Irmãos do Buriti, Eldorado, Ivinhema, Camapuã, Cassilândia, Coxim, Paranaíba, Ponta Porã, Aquidauana, Bandeirantes, Gloria De Dourados, Rio Negro, Corumbá, Agua Clara, Bodoquena, Paraíso Das Aguas, Batayporã, Pedro Gomes, Corguinho, Campo Grande e Laguna Carapã. 

Leonardo Rocha, Subcom

Foto: Chico Ribeiro/Arquivo

Leia Também

ALERTA TEMPORAIS
Chance de Tempestades (La Ninã) no final do ano é de 87%, aponta atualização do NOAA
BONITO
Investimentos em obras e equipamentos modernos, aeroporto de Bonito amplia capacidade de operações
AUXILIO EMERGENCIAL
Presidente está de acordo a prorrogação do auxílio emergencial
CPI foi aberta após questionamentos quanto supostos abusos na prestação de serviços pela concessionária - Crédito: Divulgação CPI DA ENERGISA
CPI da Energisa será retomada semana que vem em MS
PODEROSA DO AGRO
Pecuarista de Ivinhema integra "Lista Forbes das 100 Mulheres Poderosas do Agro"
Elaine Paes, SAD OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Inscrições abertas para o Processo Seletivo da Agepan, confira as vagas
PROCURA-SE PAPAI NOEL
Com economia aquecida, vagas de trabalho crescem 15% em 24 horas na Capital
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Concurso público da Sanesul com 74 vagas recebe inscrições até 11 de novembro
MAIS SOCIAL
Governo entrega 1,6 mil cartões do "Mais Social" nesta segunda-feira na Capital
QUILOMBOLAS
Subs Racial finaliza a entrega de 5.600 cestas de alimentos para as comunidades quilombolas