Menu
SADER_FULL
sábado, 28 de março de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
Economia

Chuva e geada fazem MS deixar de colher 4 milhões de toneladas de cana

7 Out 2013 - 14h17Por G1

Quatro milhões de toneladas. Essa é a quantidade, segundo informações da Associação de Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul (Biosul), que o estado deve deixar de colher nesta safra de cana. As chuvas e a geada no final do mês de julho foram as principais causas na queda da produtividade.

Mais de 100 mil hectares de canaviais foram afetados. A maior parte fica na região sul do estado, responsável por 84% da produção. Segundo a Biosul, o reflexo para o plantio da próxima safra será inevitável. Deve haver atraso de pelo menos um mês.

“É o tempo em que nós vamos ter que recompor o canavial, na safra que vem não vamos poder fazer isso porque tivemos problemas com mudas, a oferta de mudas para expansão e renovação é diminuída”, diz Roberto Holanda, presidente da Biosul.

Não é só a produtividade que preocupa. A qualidade industrial da cana também caiu,. O total de sacarose deve baixar de 136 para 127 quilos por tonelada de cana, diferença de 7%. Estimativa é de que as geadas tenham provocado prejuízo de R$ 660 milhões ao setor sucroenergético. Segundo a Biosul, serão necessárias pelo menos duas safras para

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORONAVÍRUS NO MS
STF autoriza Mato Grosso do Sul a usar parcelas da dívida com a União contra o Covid-19
CORONAVÍRUS NO BRASIL
Senado votará na segunda auxílio de R$ 600 para trabalhadores
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
Confira algumas ofertas do SABADÃO DA ECONOMIA do Mercado Julifran em Fátima do Sul
LINHA DE CRÉDITO
Governo lança pacote de R$ 40 bi para socorrer pequenas e médias empresas
PRESSÃO
Prefeitura de Dourados não cede a buzinaço e, por enquanto, comércio permanece fechado
REFORÇO
Câmara aprova projeto que prevê R$ 600 por mês ao trabalhador informal por conta do coronavírus
FÁTIMA DO SUL - ABERTURA DO COMÉRCIO
Fátima do Sul pode ter comércio reaberto mas 'limitado' na próxima semana, Capital abre nesta sexta
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Saúde repassa R$ 7,8 milhões para municípios realizarem ações de enfrentamento ao coronavírus
FUNCIONAMENTO DO COMÉRCIO
Acifas discute flexibilização para funcionamento do comércio de Jateí, Vicentina e Fátima do Sul
ICMS
Coronavírus: governo dá mais prazo para contribuinte pagar ICMS