Menu
SADER_FULL
terça, 24 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
BANNER ALVORADA
ESTAÇÃO CHUVOSA

Verão deve ter recorde de chuva e temperaturas acima de 30 graus em MS

19 Dez 2013 - 10h30Por Mídia Max

O verão começa neste sábado (21) e, de acordo com prognóstico para o período divulgado pela Estação Meteorológica da Universidade Anhanguera-Uniderp, a estação tem o maior regime de chuvas do ano. As temperaturas apresentam máximas acima dos 30 graus em grande parte do Estado.

“Devido ao intenso calor e alta umidade que se intensificam gradativamente no decorrer do dia, serão frequentes as pancadas de chuva no final da tarde, seguindo pela noite. Essas condições irão se reduzindo em meados de março, quando o verão chega ao fim. Em algumas ocasiões, ocorrerão raios e, excepcionalmente, queda de granizo no centro-sul do MS”, informa o meteorologista Natálio Abrahão.

De acordo com Natálio, os totais mensais de chuva para janeiro, fevereiro e parte de março podem ficar acima das médias históricas de cada região, com exceção da região oeste e noroeste. “No centro-sul, há ocorrência de complexos convectivos de meso-escala. Esses sistemas provocam grande volume de chuva em curto espaço de tempo, ocorrendo ameaças de enchentes e inundações”, alerta.

Temperaturas elevadas – A incidência de raios ultravioleta no Estado, até meados de fevereiro, deve ficar acima do índice médio, o que é prejudicial à saúde humana. “Portanto, cuidados na pele e olhos são essenciais”, reforça o meteorologista.

Ele lembra que as temperaturas máximas podem atingir valores elevados em função da forte radiação solar e da verticalidade dos raios com mais horas de sol. “É o chamado fotoperíodo, quando os dias são mais longos e as noites mais curtas. No verão segue a estação chuvosa até meados de março com algumas irregularidades em microrregiões tornando as culturas expostas a ameaças de excessos de chuva ou ainda, de estiagens anormais”, afirma Natálio Abrahão.

O período de chuvas e as temperaturas elevadas formam a combinação ideal para o alastramento dos focos de mosquitos e outros insetos. “Esta condição favorável prevê atenção às doenças tropicais especialmente a dengue, para pessoas, e a ferrugem nas plantas”, conclui.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul
FALTA DE ENERGIA
Está sem luz? Energisa diz que temporal com '6 mil raios' é responsável por queda de energia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega 20 motos BMW para a PM e o Corpo de Bombeiros Militar
CALORZINHO NO MS
Cidade de MS bate recorde histórico de temperatura máxima 44,6 °C
SORTUDOS DE MS
SORTUDOS DE MS: 5 apostadores levam a quina da Mega-Sena, confira se foi você
MS DESTAQUE
Com práticas voltadas para Educação e Gestão Pública, MS é destaque em 1º Prêmio do Brasil Central
FERIADÃO CHEGANDO
Feriado prolongado na pandemia: consciência, reponsabilidade e cuidados redobrados