Menu
SADER_FULL
terça, 24 de novembro de 2020
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
ÁGUAS DE BONITO
QUESTÃO INDÍGENA

Valor de terras vira queda de braço e cresce risco de confronto

O preço a ser pago pelas terras consideradas indígenas e a metodologia de avaliação viraram uma queda de braço

11 Fev 2014 - 08h00Por Correio do Estado

Sem a decisão do governo federal sobre o valor a ser pago pelas áreas reivindicadas pelos indígenas em Mato Grosso do Sul, cresce o risco de novos confrontos no campo, principalmente na região de Miranda. Os produtores contestam a avaliação da terra feita pela União, através da Funai (Fundação Nacional do Índio).

 

  Incerteza ocorre  na região entre Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti (Foto: Gerson   Oliveira)

O preço a ser pago pelas terras consideradas indígenas e a metodologia de avaliação viraram uma queda de braço entre o Governo Federal e os produtores rurais, que contrataram, em conjunto, uma empresa particular para mostrar o valor das propriedades e contrapor os preços propostos.

A maior reclamação ocorre na área da Terra Indígena Buriti. As propriedades, juntas, foram avaliadas em R$ 78 milhões, enquanto os produtores dizem que a área não custa menos que R$ 150 milhões, mas aceitam receber R$ 100 milhões para vender as fazendas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul FÁTIMA DO SUL E CULTURAMA
Confira quantos eleitores vão às urnas neste domingo em Culturama e Fátima do Sul
FALTA DE ENERGIA
Está sem luz? Energisa diz que temporal com '6 mil raios' é responsável por queda de energia
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo do Estado entrega 20 motos BMW para a PM e o Corpo de Bombeiros Militar
CALORZINHO NO MS
Cidade de MS bate recorde histórico de temperatura máxima 44,6 °C
SORTUDOS DE MS
SORTUDOS DE MS: 5 apostadores levam a quina da Mega-Sena, confira se foi você
MS DESTAQUE
Com práticas voltadas para Educação e Gestão Pública, MS é destaque em 1º Prêmio do Brasil Central
FERIADÃO CHEGANDO
Feriado prolongado na pandemia: consciência, reponsabilidade e cuidados redobrados