Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
sexta, 30 de julho de 2021
Busca
Vicentina - DEBATE sobre mosca

Produtores rurais discutem sobre a mosca do estábulo em Vicentina

27 Ago 2014 - 10h12Por Éverton Ricardo / Assessoria

Na segunda feira (25) vários produtores rurais estiveram na Prefeitura Municipal de Vicentina, onde se reuniram com o Prefeito Municipal Hélio Toshiiti Sato, o Secretário de Meio Ambiente Reginaldo Reis "Maguila", Secretário de Agricultura José Quintiliano e o Agrônomo da Agraer Ronaldo Flores, onde foi discutida a proliferação da mosca-dos-estábulos, os produtores do ramo da pecuária estão sofrendo com a infestação descontrolada do inseto, eles alegam que esse aumento da mosca vem do empoçamento da vinhaça no campo, esteve presente também o representante da Central Energética Vicentina o Sr. Fábio Raimundo, que por sua vez, fez o compromisso de desempossar essa vinhaça que vem causando essa proliferação nas áreas afetadas, bem como não jogar mais vinhaças nos períodos chuvosos. Os produtores rurais também solicitaram que a usina faça a incorporação da palha da cana após o corte, já que agora é proibida a queima, pois a mesma pode ser mais um atenuante na proliferação da mosca. A usina também se prontificou a estudar todas as reivindicações dos produtores. Por parte dos produtores eles também se prontificaram a melhorarem o manejo dos seus currais, na questão higiênica, que também serve como foco da mosca.

Além da perda de sangue utilizado na alimentação da mosca, as suas picadas são muito doloridas. Altas infecções podem provocar estresse que causa alterações no comportamento dos animais, os quais diminuem o tempo de pastejo, acarretando prejuízos no ganho de peso e na produção de leite.
Foi decidido nessa reunião que as partes intensificarão o combate da mosca de forma preventiva, já que a mesma não tem o inseticida apropriado.

O problema
A vinhaça é o substrato da cana utilizada para produção de álcool. Apesar de conter nutrientes com alto potencial para a terra, por meio da fertirrigação, o excesso de líquido acumulado e a formação de poças em áreas livres tem se tornado ambiente propício para a reprodução da mosca da vinhaça, mosca-do-bagaço ou mosca-dos-estábulos (Stomoxys calcitrans), dentre outros 16 nomes.

A presença da mosca ocorre principalmente em áreas ao redor de estábulos, confinamentos e propriedades sucroalcooleiras. O inseto é hematófago (suga sangue), atacando preferencialmente equinos e bovinos, mas também pode atacar animais domésticos e o homem. Ele se desenvolve em resíduos orgânicos de origem vegetal ou animal, em processo de decomposição ou fermentação. As larvas são favorecidas na presença de umidade elevada (poças) e temperatura entre 15ºC e 30ºC com restos de culturas ou de alimentos (material verde picado, palha de forrageiras, de cana-de-açúcar, feno, silagem).

Deixe seu Comentário

Leia Também

PAGAMENTO NA CONTA
Governo de MS deposita folha de julho nesta sexta e injeta R$ 408 milhões na economia
ORLA DE FÁTIMA DO SUL TCHAU FRIOOO...!!!
Frio extremo e geadas vão embora e temperaturas voltam a subir neste final de semana
FÁTIMA DO SUL - TRISTE NOTÍCIA
Corpo da jovem Emily que perdeu a vida em acidente será velado e sepultada em Fátima do Sul
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em Rio Brilhante, Riedel assina ordem para recapeamento de avenida e visita obras Corpo de Bombeiros
ORLA DE FÁTIMA DO SUL FÁTIMA DO SUL - ASSISTA
Com sensação de -1ºC, Orla de Fátima do Sul tem amanhecer 'polar' nesta quinta-feira, ASSISTA
DEPUTADO BARBOSINHA AÇÕES DEPUTADO BARBOSINHA
Barbosinha destina R$ 650 mil em emendas na saúde para 16 cidades
PREVISÃO DO TEMPO
Frio ganha força e aumenta chance de geada nesta quinta-feira
OPORTUNIDADE DE EMPREGO
Banco do Brasil prorroga inscrições de concurso com vagas em Fátima, Vicentina, Jateí e região
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Riedel: 'Ilumina Pantanal levará desenvolvimento para milhares de pantaneiros'
Frio de gelar os ossos chega a MS e há possibilidade de geada no sul do estado (G1) FRIO INTENSO
Frio intenso com geadas e temperatura de até -5° entre quarta e sexta em MS