Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
terça, 1 de dezembro de 2020
SADER_FULL
Busca
UNIGRAN DOURADOS
MIRANDA

Produtores impedem invasão a tiros e trator é queimado na porta de fazenda

12 Nov 2013 - 11h10Por CAMPO GRANDE NEWS

Cerca de 20 índios da etnia Terena tentaram ocupar uma propriedade rural em Miranda, a 201 quilômetros da Capital, na madrugada desta terça-feira (12). Segunda um líder indígena, Teófilo Rodrigues, 58 anos, houve retaliação por parte dos fazendeiros e o grupo se dispersou após um tiro disparado próximo ao pé de um índio. Os produtores rurais garantem que os indígenas estavam munidos de espingardas, arco e flecha e que eles seriam os responsáveis por atear fogo em um trator estacionado na entrada da fazenda.

“Nós chegamos por volta das 5h30 e chamamos pelo dono da Fazenda Garrote. Ele nos recebeu alvejando o pé de um dos nossos índios, porém o tiro não acertou e nos dispersamos. Mesmo assim, deixamos um trator na entrada da fazenda, sendo que uma hora depois outros fazendeiros se juntaram e incendiaram totalmente o veículo”, acusa o líder.

Já o produtor rural Assunção Júnior, 45, que é vizinho de uma área invadida, ressalta que ação criminosa ocorreu por parte dos indígenas. "Eles já chegaram tentando intimidar a família, falando que ali ocorreria uma manifestação e que eles iriam tomar a terra do chacareiro. É um local de 55 hectares, onde reside uma família, inclusive com duas adolescentes de 12 e 14 anos. Enquanto o dono conversava com os índios, a esposa dele ligava para amigos e vários fazendeiros foram chegando, o que assustou os indígenas", comenta o produtor.

Neste momento, revoltados com a impossibilidade de ocupar o local, os indígenas conseguiram fechar a entrada da fazenda e colocaram o trator, conforme o produtor rural. "Eles colocaram fogo e inverteram a história, falando que é culpa do chacareiro. Vivemos aqui com medo dessa ameaças e muitos sabem que eles não falam a verdade", lamenta o produtor.

Neste momento, os indígenas estão na Aldeia Passarinho e aguardam a chegada da Polícia Federal para a realização da perícia. “Já foi feita uma ocupação nesta mesma sede no ano de 2007 e 2008. Sabemos de um estudo antropológico e queremos uma solução por parte do Governo Federal”, explica a liderança.

A assessoria de imprensa da Polícia Federal informou que uma equipe está se deslocando para o local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CNH EM 2021
Confira as 9 multas que não vão mais gerar pontos na CNH em 2021
EMPREGO E RENDA
Cerca de 5 mil indígenas de MS são contratados por empresas de SC e RS para a colheita da maçã
MIRANDA - MS - PROJETO SALOBRA
Mais uma parceria CRAS e Projeto Salobra, em Miranda
SEGURANÇA NO FIM DE ANO
Segurança no Estado durante as festas de fim de ano terá mais de 2 mil policiais nas ruas em MS
NOTA MS PREMIADA
SERÁ QUE FOI VOCÊ: Mais de R$ 640 mil ainda não foram resgatados do Nota MS Premiada
Política
Estado de MS destina novos equipamentos de borrifação aos municípios no combate ao Aedes Aegypti
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Governo de MS entrega veículos para potencializar produção de erva-mate na faixa de fronteira
AÇÕES DO GOVERNO DE MS
Em nova parceria, Estado e bancada federal entregam unidades de resgate para 05 cidades de MS
ALERTA DE SEGURANÇA
Defesa Civil emite alerta de chuvas intensas e rajadas de ventos de até 100 km/h
NAVIRAÍ E TODO MS DE LUTO
Morre deputado estadual Onevan de Matos