Menu
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
segunda, 24 de junho de 2024
FARMÁCIA_CENTROFARMA_FULL
Busca
Busca
jardim

Prefeito de Jardim veta horário livre do comércio

17 Out 2013 - 17h23Por Assessoria

O prefeito de Jardim, Erney Cunha, vetou o Ato Complementar da Câmara Municipal, que tornava livre a abertura do comércio local. A decisão foi tomada ontem à noite em reunião no Centro de Convenções, na presença de autoridades e de centenas de comerciários que foram ao local reforçar a necessidade de vetar essa proposta que representaria o esfacelamento da família.

“Foi uma grande vitória. O prefeito demonstrou maturidade e sensível à causa das famílias que precisam dos finais de semana para fortalecer os laços (familiares) e os jovens, durante a semana, de oportunidade de estudar”, afirmou Idelmar da Mota Lima, presidente da Força Sindical Regional Mato Grosso do Sul e presidente da Federação dos Trabalhadores no Comércio e Serviços de Mato Grosso do Sul- FETRACOM/MS.

Douglas Rodrigues, presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Jardim e Região, também presente à reunião com o prefeito, saiu satisfeito do encontro. Mas, segundo ele, os trabalhadores voltam com força total à Câmara de Vereadores, na próxima sessão, na terça-feira, dia 22, às 9 horas, para impedir que os vereadores derrubem o veto do prefeito.

“Os parlamentares precisam entender que Jardim ainda não comporta um comércio assim, dinâmico que fica aberto durante os 7 dias por semana e em horários estendidos que necessitariam dois ou mais turnos de trabalhadores para suprir o período”, afirmou Douglas Rodrigues. Ele afirmou que os comerciantes precisam melhorar seus negócios para ampliar as vendas durante o expediente normal e não extrapolar o horário comercial.

O diretor da Força Sindical, Adauto Cândido de Almeida também participou da reunião com o prefeito e disse que os trabalhadores precisam ter mais qualidade de vida nos seus ambientes de trabalho e que estender horários é prejudicial inclusive para o aperfeiçoamento profissional de cada um, pois com horários livres no comércio, as pessoas ficam impossibilitadas de estudar e de se aperfeiçoar.

Nelson Benitez, vice-presidente do Sindicato dos Empregados no Comércio de Campo Grande – SECCG, também foi a Jardim, em solidariedade aos trabalhadores no comércio daquela cidade. Ele disse enalteceu a posição do prefeito Erney Cunha e agora espera que os vereadores acatem esse veto e não ameacem mais o direito ao descanso nos finais de semana dos comerciários.

Participe do nosso canal no WhatsApp

Clique no botão abaixo para se juntar ao nosso novo canal do WhatsApp e ficar por dentro das últimas notícias.

Participar

Leia Também

Fotos: Bruno Rezende FOGO EM PORTO MURTINHO
Bombeiros combatem incêndios florestais perto da Estrada Parque e em Porto Murtinho
Fotos: Bruno Rezende FOGO NO PANTANAL
Governo de MS declara situação de emergência em cidades afetadas por incêndios florestais
FÁTIMA DO SUL - MERCADO JULIFRAN
Confira as OFERTAS da Segunda da Limpeza do Mercado Julifran em Fátima do Sul
FÁTIMA DO SUL - JORGE MERCADO ATACAREJO
SEGUNDOUUU no Jorge Mercado, confira as OFERTAS desta segunda e terça-feira em Fátima do Sul
FRIO - Foto: Bruno Rezende FRENTE FRIA DE INVERNO
Frente fria vem aí, a primeira do inverno que pode registrar mínima de 2°C; confira a previsão

Mais Lidas

FÁTIMA DO SUL DE LUTO
Fátima do Sul se despede da guerreira Ivani Ferreira, conheça sua história por Adélio Ferreira
IMAGEM: TOP MÍDIA NEWSACIDENTE FATAL
FATAL: Vídeo mostra motorista furando sinal e matando motociclista
(Foto: Idest)ACIDENTE FATAL
Motociclista morre ao bater na traseira de trailer de lanches
Brasil
Conheça os finais dos principais personagens de "América"
JATEÍ - FESTA DA FOGUEIRA
Prefeitura sorteará 80 crianças para área VIP do show da Ana Castela, veja como participar em JATEÍ